sábado, 10 de setembro de 2011

RUMO À LUZ - 3 pontos são essenciais.

---  Hoje é para mim dia de romaria, com a Luz ao fundo, conto estar no meu palco preferido, o qual gostaria de ver muito bem composto de público sempre, mas sempre a apoiar a equipa e os jogadores, confiante num bom resultado.
      Hoje, pelas 18H30, quando o Benfica entrar em campo frente ao Guimarães, já sabe que está a 5 pontos do Porto, ora sabendo-se de antemão, a pouca competitividade da nossa Liga e que raramente os campeões perdem mais que 15 ou 16 pontos no máximo, percebe-se facilmente que só a vitória interessa, pois um fosso de 4 ou 5 pontos e ainda com a ida ao Dragão marcada para breve, em caso de tropeção, poderá o Benfica estar desde cedo condenado a correr atrás de um prejuízo de complicada resolução.
    Julgo que a equipa continuará fiel ao sistema usado nos últimos jogos e que me parece ser aquele que melhor serve os seus interesses, face não só as características dos jogadores, mas também porque consegue conferir um maior equilíbrio nas transições defensivas, sem que se perca a qualidade ofensiva, ou seja, não são precisos carradas de avançados para se ser ofensivo, até porque só com bola se pode atacar, bola essa que é muito mais facilmente recuperada com a presença de 3 jogadores no meio campo, do que com dois.
   Veja-se as diferenças quando o Benfica joga apenas com Aimar e Javi, cava-se claramente um fosso entre sectores, dando a ideia de uma equipa partida ao meio, onde os adversários chegam com muita facilidade de uma área a outra, como se viu nos jogos contra o Gil Vicente e o Feirense.
  Já noutros jogos em que para além de Aimar e Javi se contou com Witsel, o poderio do meio campo foi outro, a recuperação e posse de bola foi muito mais consistente e acentuada, permitindo desse modo um maior número de jogadas ofensivas, muito por fruto de uma maior liberdade dada a Aimar.
    Espero por isso hoje, um Benfica autoritário, senhor de si, com capacidade criativa, dinâmica ofensiva e ao mesmo tempo muito menos exposto ao contra golpe do adversário.
   Como disse no post anterior, o Benfica vai ter pela frente um Guimarães muito menos permeável e muito mais moralizado, fruto não só da chicotada psicológica, como também da vitória robusta conseguida na Madeira, algo que transmitiu outra confiança a uma equipa composta por jogadores de qualidade, mas que me parece também algo permeável no seu sector defensivo, algo que o Benfica pode aproveitar.
   Estaremos portanto, na iminência de assistir a um bom jogo, até porque o adversário de hoje é uma equipa que por tradição costuma jogar futebol, procurar também ela atacar e com isso ganhará certamente o espectáculo que desejo seja bom e com uma vitória do Benfica pois claro.

Sem comentários:

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista