terça-feira, 11 de janeiro de 2011

SEGUE-SE A TAÇA - obrigação de ganhar

--- Depois do campeonato, segue-se a Taça de Portugal, num jogo em que o Benfica, ciente das dificuldades que vai encontrar, tem a obrigação de ganhar.
   Nesta prova, já sem o Sporting, tem as portas para a final escancaradas para o Porto, atrevo-me mesmo a dizer que é sorte a mais nos sorteios para acreditar nela, já o Benfica, tem um caminho até agora, cheio de espinhos para conseguir o objectivo Jamor, o que também lhe irá conferir muito mais valor se o atingir.
   Julgo que a par da Liga, esta prova reveste-se de crucial importância para o Benfica e tem de ser encarada também como objectivo prioritário, não só pelo imenso e incomparável historial do Benfica na competição, mas também porque é um objectivo que há muito nos escapa, a dimensão e os resultados do clube, obrigam que a final da Taça de Portugal, seja uma regra e não uma excepção.
   Estando o Benfica num ciclo terrível de jogos, com um grau de dificuldade assinalável, mais que nunca, o seu plantel vai verdadeiramente ser posto à prova, a sucessão de jogos obriga à rotatividade e todos os jogadores têm de estar prontos a corresponder e julgo que é isso que vai acontecer neste jogo.
  Não faço a mais pálida ideia do onze que vai entrar em campo, mas atrevo-me a arriscar que será um misto de habituais titulares, com outros que jogam com regularidade e outros com menos minutos nas pernas.
   Sou da opinião, que pelo que vai mostrando sempre que entra em campo, pela vontade que revela em ser ressarcido de mais oportunidades, Jara, merece uma oportunidade e com a fome de jogo que demonstra ter, aliado a um momento de forma que me parece ser o melhor desde que chegou ao clube, julgo que essa valência deve ser aproveitada sem hesitações, mas claro, isso sou eu adepto comum, sem conhecimento profundo da equipa que o diz, com certeza, o treinador da equipa saberá melhor do que eu o que fazer.
   Já tenho bilhete, julgo que a hora do jogo vai tirar muito público da Luz, 18H45, a um dia de semana é um horário incompreensível e nitidamente á mercê dos superiores interesses televisivos, com isso pagam os clubes, contudo e dentro das possibilidades de cada um, na altura que a equipa está em claro crescendo, julgo que seria fundamental para os jogadores, terem muita gente nas bancadas e sentirem que os adeptos estão de novo com a equipa, essa força suplementar, pode vir a ser decisiva no futuro desempenho da equipa.
   Novamente como adepto e por gostar de o fazer, vou arriscar o meu onze, que considero ser ao mesmo tempo competitivo e justo para com o desempenho dos jogadores, aliando tudo isso à rotatividade necessária: Moreira, Ruben Amorim, Luisão e Sidnei, César Peixoto, no meio campo, Javi (porque não joga em Coimbra) Carlos Martins, Aimar e Gaitan, no ataque, Jara e Cardozo ou Kardec.
   Termino como novo apelo, TODOS À LUZ, A EQUIPA PRECISA DE NÓS E NÓS QUEREMOS ESTAR COM A EQUIPA, PELO BENFICA SEMPRE, ESTÁ NA HORA DE PASSAR DAS PALAVRAS AOS ACTOS.
  

4 comentários:

águia_livre disse...

O Benfica vai estar na final com os Dragonezes

Ai Jesus

troza disse...

Obrigação de ganhar é pouco.

Ganhar troféus... é para isso que o Benfica existe. Seja um campeonato e uma taça da liga, seja apenas uma taça de portugal, é importante e quase imperativo que o Benfica ganhe um troféu todos os anos. E a taça de Portugal é só o segundo troféu português em 4... e muito acima da supertaça como da taça da liga.

Força Benfica... esperemos que seja este o ano de regresso ao Jamor e às vitórias na taça de portugal.

Manuel Oliveira disse...

É claro que é para ganhar e alguns titulares devem ficar no banco, mesmo assim, pelo que se viu contra o Marítimo a vitória será nossa.

Abraço.

VHugo disse...

Vitória alcançada.

Venha o Rio Ave, mas antes disso venha a Académica!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2011/01/rumo-fase-seguinte.html

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista