terça-feira, 18 de janeiro de 2011

ACTUALIDADE BENFIQUISTA - Dos direitos de transmissão, à competição.

--- Não me querendo alongar muito sobre assuntos dos quais não tenho grandes conhecimentos, quer técnicos, quer académicos, o momento actual do Benfica, passa pela importância vital para o clube, da negociação sobre os direitos de transmissão do clube.
   Parece-me a mim, que há dois princípios fundamentais neste negócio, por um lado, a valorização da marca Benfica e do "sharing" dos seus jogos, para se conseguir o melhor contrato de sempre nesta matéria, por outro lado, há que ter em atenção, que o mercado português, por ser pequeno, não oferece grande variedade de negociação, ou seja, poucos grupos empresariais nesta área existem, com capacidade financeira suficiente para que os direitos de transmissão dos nossos jogos entrem num leilão, o qual poderia beneficiar em muito o clube.
   Tenho ouvido as mais variadas críticas sobre a renegociação desse contrato com a "Olivedesportos" por um lado e por outro, uma nova empresa que tem por trás entre outros Emídio Rangel, críticas essas feitas pelos mais variados motivos,infelizmente, mais de carácter emocional que racional, pois eu sou a favor que qualquer empresa que faça uma proposta, ela deve ser devidamente analisada, pelo motivo que atrás referi da pequena dimensão do mercado nacional e deverá ficar com esses direitos, aquele que pagar mais, na defesa dos superiores interesses do clube.
  Por outro lado, relembro que a margem de escolha é reduzida, pois para além da "Olivedesportos", desta nova empresa que ainda não o é, pouco mais há por onde escolher, valendo-nos neste caso o mais importante trunfo que os nossos rivais não têm, a Benfica TV, ou seja, caso ninguém se aproxime dos valores exigidos pelo clube, será o nosso canal a ficar com os direitos de transmissão e a ser ele a negociar o retorno financeiro da publicidade que é quem paga a quem paga pelas transmissões televisivas, com os lucros que se conhecem e julgo que provavelmente, o Benfica poderia lucrar muito mais com os jogos transmitidos no seu canal, a serem pagos por ventura com valores mais altos, pela publicidade que passaria antes, no intervalo e depois dos jogos.
   Portanto, a minha visão é esta, em virtude da minha ignorância no ramo, mas folgo em ver por essa imensa blogoesfera encarnada, que existem os mais variados especialistas na matéria, pena que os seus argumentos sejam puramente emocionais, quando em negócios deve sempre imperar a razão.
   Outra actualidade marcante no clube, tem a ver com as anunciadas contratações, algumas confirmadas, outras nem tanto, visando a época 2011/12 e sinceramente, custa-me entender mais uma vez as reiteradas críticas à direcção, pelo simples facto, dela ter sido acusada de não ter preparado o reforço da equipa atempadamente na época em curso, agora que o faz, critica-se, enfim, vamos lá entender este tipo de coerência.
   Eu concordo em absoluto com 2 coisas neste assunto reforços: em 1º lugar, a redução de custos no reforço da equipa, dando total preferência a reforços com potencial a custo zero, pois como se viu, gastar muito pode não ser sinónimo de muito sucesso, há antes que gastar bem, em 2º lugar, a preparação atempada, na compra de substitutos com qualidade, às possíveis saídas que se adivinham no final da temporada, nomeadamente David Luiz, Coentrão e possivelmente Cardozo, só assim, poderemos reentrar fortes e com a estrutura da equipa montada no começo da pré temporada, ou seja, preparar a época seguinte de forma atempada, é para mim uma virtude e nunca um defeito, se bem que nestas coisas do futebol, tudo está bem quando a bola não bate no poste.
   Convém ainda salientar, que a rodar noutros lados, temos muita juventude com classe e categoria para na próxima época se impor no clube, refiro-me só para citar alguns, a Urreta, Rodrigo, David Simão, Miguel Rosa e Nelson Oliveira e espero sinceramente, que de uma vez por todas, se aposte também nos grandes valores da nossa formação que aqui estão mencionados, factor essa que seria também ele, uma clara inversão na política do clube, o que para mim, seria um sinal extremamente positivo.
  Mais importante que tudo isto, é a competição e as mais variadas frentes em que o Benfica, se vê envolvido e felizmente, ainda está em todas as frentes, num sinal claro de que todos aqueles que pediram a cabeça de Jesus, erraram, ficando mais uma vez provado que o pior erro que uma direcção pode cometer, é o de dar ouvidos à sua massa adepta, porque esta apenas consegue agir com o coração e pensar com o coração é normalmente sinónimo de erro crasso, basta olhar para o vizinho Sporting, pena que alguns adeptos do Benfica, sejam normalmente de memória curta e não saibam aprender com os próprios erros e com os alheios, tenho para mim, que isso é sinal de burrice.
   Por falar em competição, vem aí a 2ª jornada da Taça da Liga, prova em que o Benfica, por força da sua tradição na prova, tem uma acrescida responsabilidade em defender bem o seu troféu, contudo, tal facto, não invalida que haja provas prioritárias, como tal, cabe à equipa técnica, fazer uma adequada gestão dos meios ao seu dispor e parece-me a mim, que num plantel com o selo de qualidade do Benfica, existem muitas e boas alternativas válidas, motivo pelo qual, suponho que frente à Olhanense, iremos ter uma equipa alternativa em campo.
  A minha aposta, só pelo prazer de lançar um onze, será: Moreira, Maxi Pereira, Sidnei e Roderick, Peixoto, no meio campo, Javi Garcia, Aimar, Fernandez(estreia) e Carlos Martins, na frente Jara e Kardec, ora com um onze destes, tenho ou não razão para acreditar neste plantel?

2 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Começando pelo fim amigo Jotas, claro que tens razão para acreditar neste plantel!
Quanto às negociações pelos direitos televisivos, falando com o coração queria distância da Sporttv. No entanto, ao contrário de alguns benfiquistas se forem eles a oferecer o que nós queremos não me repugna que a SAD aceite. Agora essa cláusula do Porto receber igual é que não sabia. Só por isso já vale a pena mudar!
Como sabes, também gostaria de ver no plantel da próxima época alguns jovens da formação.

Abraço.

troza disse...

Ehe... eu ia só dizer que tens razão!

E com o treinador que temos, acredito que mais dia menos dia vamos voltar a jogar como o ano passado. Com muita garra, querer e ambição, este plantel tem de passar do papel à pratica e mostrar o seu valor. Temos conseguido fazer isso mais recentemente e vamos a ver se continuamos. É um troféu. De pouca importância, mas é um troféu. E não encaramos assim a supertaça e deu barraca... que não façamos o mesmo erro. Uma vitória e podemos ficar só dependentes de um empate. Vamos lá ver!

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista