sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

REGRESSO DA LIGA - Esperemos que sem "fait-divers"

--- Regressa a liga da mentira, como há muito não via e por muito que Villas Boas aluda aos 5 a 0 e afirme que esta questão das arbitragens é um "fait-divers", os factos falam por si e contra eles não há argumentos.
   Contudo entendo que ele fale das arbitragens como um "fait-divers", pois de facto, o que se tem passado é um entertenimento para o seu clube, que camuflado pela impunidade, reina como quer e faz dos árbitros uma diversão que o empurra para as vitórias, o que por sua vez faz com que ganhar campeonatos seja uma brincadeira e claro está, assim sendo, o termo por ele usado faz todo o sentido, o que não faz sentido é quem considera o tema das arbitragens um "fait-divers", tenha moral para as vir contestar quando os resultados lhe são adversos.
   O Benfica, por sua vez, para vencer, infelizmente tem obrigatoriamente e por força destas circunstâncias de ser muito mais forte e não deveria ser preciso para ganhar títulos ter de ser muito melhor, deveria apenas ser necessário ser melhor.
   Partindo desse princípio em que bastará ser melhor, o Benfica tem pela frente um ciclo muito complicado e decisivo e se há coisas vindas do lado daqueles que compram campeonatos que concordo, é que de facto, a pressão está mais do lado de quem vem atrás e essa é uma realidade que não pode nem deve ser ignorada, cabe ao Benfica a palavra.
   Este ciclo começa com o fim da 1ª volta e uma deslocação ao campo da U. de Leiria, um adversário moralizado, a fazer um campeonato excepcional, talvez até acima das melhores expectativas, curiosamente também ele muito ligado ao tema da corrupção e por esse motivo, todos os cuidados serão poucos.
   Numa equipa que independentemente dos factos já narrados, está a 8 pontos da liderança e esta é que é a realidade, só um resultado interessa, a vitória, só assim se pode sonhar com a herculiana missão de lutar pelo título, até por se saber que este está como um " fait divers" oferecido ao Porto, mas um clube como o Benfica, de forma empenhada, séria, apenas e só dentro do relvado, tem que contra todas as adversidades que lhe vão surgir, trabalhar para vencer e assim continuar o seu caminho de cabeça levantada e sem necessidade de justificar as suas vitórias com outro tipo de questões, que não o futebol em si mesmo.
     Já o Porto tem uma tarefa mais facilitada, não me refiro ao "fait-divers" de normalmente jogar em superioridade numérica, refiro-me apenas ao facto de entre o final da 1ª volta e o começo da 2ª volta, ao contrário do Benfica, ter 2 jogos seguidos em casa, com o Marítimo e depois com a Naval.
   Como tal, o Benfica, nos jogos de Leiria e Coimbra não pode escorregar, caso contrário termina o sonho.
   O Porto vai ter pela frente um adversário que tem sido muito irregular, com uma defesa algo permeável e com um ataque órfão do seu melhor jogador, Kléber e julgo que com maior ou menor dificuldade, o Porto vai ultrapassar este obstáculo, nem que para isso, uma escorregadela de um seu jogador ou um corte com o pé de um adversário, dê origem ao penalti da ordem e ao "fait-divers" de mais 3 pontos amealhados.
    Em relação ao Sporting, que neste momento não pode aspirar mais que ao 2º lugar, embora julgue que a sua equipa não tenha a necessária capacidade e até categoria para o alcançar, a menos que pelo caminho surjam demasiados "fait-divers".
   A equipa leonina tem também ela a vantagem de na viragem do campeonato, fazer 2 jogos em casa, a começar pelo Braga, um adversário complicado para qualquer equipa e que só um Sporting ao seu melhor nível pode levar de vencido.
   Julgo mesmo que este jogo é um verdadeiro teste à capacidade da turma de Alvalade, onde qualquer resultado que não seja a vitória, pode definitivamente lançar o Sporting para o marasmo e a equipa desacreditar completamente no seu objectivo de à vários anos a esta parte, que como sabemos, até pela forma com se vangloria de tamanhos feitos, é o 2º lugar.
   No entanto, se o Sporting vencer, pode a equipa receber uma injecção de moral importante, se bem que estas coisas por aquelas bandas são sempre uma incógnita, mas a verdade é que vencendo, continuará com o Benfica, a sua fonte de inspiração, no horizonte, perdendo, a sua época fica irremediavelmente perdida e até ao fim, vacilará entre cumprir calendário e a luta por um lugar na Liga Europa.
    Adivinha-se por tudo isto uma jornada interessante e para a credibilidade e valorização do nosso campeonato, apenas desejo que tudo decorra com normalidade, só assim os vencedores o são com mérito, algo que num clube de uma cidade nortenha, é um facto pouco relevante.

4 comentários:

VHugo disse...

Amigo Jotas, tens toda a razão. O jogo de Leiria é fundamental.
Os jogadores Leirienses estão eufóricos para vencer o Glorioso...espero que o Benfica lhes dê a devida lição!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2011/01/acabou-especulacao.html

troza disse...

Vamos lá ver.

Temos capacidade para ganhar estes dois jogos... e temos de ganhar. Não que eu acredite muito no título (devido a tudo aquilo que tu dizes) mas porque a forma no campeonato é duplicada noutras provas onde podemos arrecadar troféus e fazer boas campanhas (taça de Portugal, taça da liga e liga europa).

São dois jogos que valem mais que os 6 pontos, valendo claro a pressão toda de ganhar dois jogos fora de seguida. Então se o porto escorrega em casa...

E manter a vantagem para o Sporting. As arbitragens este ano mostram o costume: se lutam pelo título são roubados mas se lutam só para ficar em 2º lugar e à frente do Benfica lá vêm umas ajudas. Se o Sporting perder pontos num dos jogos em casa é um passo importante para libertar o Benfica da pressão de ter de garantir a posição e preocupar-se apenas com a persiguição ao Porto.

Para além disso... ganhar os 2 jogos significa ainda a hipotese de, ganhando em casa o 3º, ver os adversários perderem pontos fora.

Isto é importante pois nós ainda teremos o Sporting e o Sporting de Braga fora neste campeonato, jogos sempre muito complicados.

magalhães.Sad.SLB disse...

Caríssimo Jotas, eis um excepcional Post. Não me custava subscrever na íntegra.

O Jogo de leiria vai ser muito perigoso para o benfica. Não esquecer a história dos "fait-divers" penaltis que só à conta de porto e leiria vão em 12, 33% de todas as equipas do campeonato (2 equipas têm 2/3 dos penaltis) é apenas um fait-diver...

Depois, não esquecer também, da revolução que o treinador do leiria fez na deslocação ao estádio do dragão.... Eles andam de mãos dadas, numa especie de porto b, na época passada protagonizado pelo Braga...

Como dizes e bem, temos que ser muito melhores para ultrapassarmos todas estas adversidades...

Aqui a malta vai toda a Leiria, uns 10, só eu (RF) tenho pena mas o trabalho exige que fique por Lisboa.

Glorioso Abraço.

águia_livre disse...

Caro Jotas

O jogo de Leiria vai ser a chave do campeonato. Se ganharmos como espero caminharemos imparáveis rumo à renovação do título
Quanto às declarações do homem que gosta de vinho, o André Broas, não nos podemos esquecer que nos dois jogos em que a sua equipa empatou para o campeonato, ele foi expulso .

Cumpts
.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista