quinta-feira, 24 de março de 2011

UM TERRORISTA SERÁ SEMPRE UM TERRORISTA.

    Um terrorista será sempre um terrorista e não há volta a dar, é que a direcção do Porto faz lembrar a Al Qaeda, sempre a lançar bombas e sempre a acusarem os outros de serem os maus.
   Quando o líder supremo do fundamentalismo tripeiro, tem o descaramento depois de perpetuar, fomentar e provocar acções violentas, de acusar os outros de talibãs, referindo mesmo que é o Rui Gomes da Silva que tem contribuído com a sua acção num programa de desporto este clima de guerrilha, julgo que está tudo dito em relação à sua postura.
   Desconhecia, que os simples comentadores de um programa desportivo, a que ele, Pinto da Costa, alcunha de paineleiros com total intenção de os humilhar, afectava tanto as hostes portistas e que esse era o facto, como reconheceu, que conduziu a uma acção concertada da sua parte de constantes ataques e provocações ao Benfica e seus dirigentes, quando esse é o facto que faz despoletar tais reacções, então é porque de facto a banalidade dessa gente é evidente e mais grave assumida.
  Portanto, quando alguém que está ligado à maior podridão e aos maiores escândalos do desporto em Portugal, ainda se acha vitima e consegue alcunhar os outros de talibãs, julgo que está tudo dito em relação ao que essa pessoa vale, valha-nos a satisfação de termos já todos percebido que os seus comunicados são eles em si mesmo um acto terrorista e de implícito incitamento à violência.
  Aliás, basta comparar o teor e o tipo de linguagem usados nos comunicados do Benfica e do Porto e facilmente se percebe quem anda a fomentar a desgraça e a guerra no futebol português.
  A isto, já nem sequer se pode chamar de complexo de inferioridade ou de provincianismo bacoco, é mesmo ser ordinário.
  No fundo, os terroristas como Pinto da Costa são assim, matam, mas os culpados e os infiéis são os outros.
    Mas pior do que um cego é aquele que não quer ver e infelizmente existe muito boa gente que tenta iludir o evidente e ainda tenta defender alguém que fez da sua vida um rastilho de pólvora sempre pronta a explodir a quer quem que fosse que o afrontasse, o que me leva a concluir que pessoas de alguma inteligência que se revêm nos seus métodos, não o será por convicção, mas sim por medo de também eles serem vítimas de represálias.
   Acho lamentável e de muito mau tom que se tente comparar coisas absolutamente incomparáveis e que não se queira perceber o essencial da questão e o essencial é que ninguém vê os dirigentes do Benfica a lançarem em intervenções públicas constantes provocações ao Porto, aliás, por norma o Benfica é como o Porto, limita-se a falar do Benfica, ao invés, o Porto lança constantes provocações ao Benfica, faltando de forma insistente ao respeito a esta instituição e essa é a principal causa deste clima, aliado ao facto do silêncio lamentável e comprometedor das instâncias que regem o futebol.
   Há, infelizmente e de forma leviana e insistente, quem confunda as coisas, ao falar-se da morte de um adepto por parte de outro adepto do Benfica e querer comparar com a sucessão dos recentes episódios de violência é em si mesmo uma estupidez, porque só não percebe quem não quer, que essa situação foi um acto isolado, fora de um contexto de guerrilha, que um energúmeno teve, sem sequer ter medido com certeza as consequências do seu acto, toda a gente sabe que ali não houve intenção de matar, infelizmente matou-se e houve uma condenação por homicídio por negligência por esse acto.
   A diferença para quem não quer perceber, é que nessa altura uma acção isolada matou sem o querer fazer, mas que agora há acções que quem as comete sabe perfeitamente que pode matar e isso faz toda a diferença e julgo que para as pessoas minimamente inteligentes, é fácil perceber que só não houve mais mortes no futebol por pura sorte e isso é que é gravíssimo.
  Outra diferença é a impunidade, porque há claramente uma acção concertada com um alvo bem definido e julgo que isso é muito fácil de perceber, porque repito, de acções violentas de adeptos todos têm telhados de vidro, a diferença faz-se pelo facto do Benfica as condenar e o Porto as instigar.
  Acho mesmo curioso que as pessoas tenham uma memória tão fértil que se lembrem que o Benfica, quando o carro de Pinto da Costa foi atingido com uma pedra e não com um saco de pedras, não emitiu nenhum comunicado a lamentar o sucedido, sinceramente eu não me lembro, foi há mais de um ano, por isso seria para mim tão fácil dizer que o Benfica condenou esse acto como para outros dizer que não o condenou, mas gabo a memória daquelas que se lembram perfeitamente que o Benfica na altura não emitiu qualquer comunicado.
   Pessoas há também, não sei se pela necessidade constante e avassaladora ou se por uma questão de principio terem de estar sempre contra o Benfica, ou se por veneração a Pinto da Costa, o que me faz crer que se revêm nos seus procedimentos, o que lamento.
   Estranham eles e dizem que há uma diferença de tratamento dado pelos órgãos de comunicação social ao dado na altura do incidente com Pinto da Costa, lá está de novo a má fé a funcionar, porque os contextos são incomparáveis.
  Na altura do apedrejamento ao carro do Presidente portista, não havia o clima de hoje, não era tão notícia, porque não havia uma sucessão de episódios de violência, sempre com o mesmo denominador comum como agora e é essa sucessão de ataques, cuja gravidade vai sendo cada vez maior, que faz com que o destaque dado agora seja substancialmente diferente do dado naquela altura, nada mais elementar.
   A verdade, por mais que a  queiram camuflar, é que o Benfica sempre que se desloca ao Norte do País, tem sido violentado de forma constante e sinceramente, gabo a paciência que os adeptos do Benfica têm tido para aturar estes constantes actos de selvajaria, embora com uma ou outra represália, o que acaba por ser normal embora condenável na mesma, eu pergunto mesmo a alguns pseudo moralistas, nomeadamente de outros clubes, se andassem a ser alvo constante das provocações, das agressões e da violência por parte de elementos ligados ao Porto, se aguentariam tanto como os benfiquistas têm aguentado.
   Os adeptos desses clubes, nomeadamente do Sporting, ainda não perceberam, que eles só não são o alvo, porque neste momento não representam nenhuma ameaça, porque se a ameaça maior fossem eles, certamente seriam também eles o alvo, com aliás o foram em certas ocasiões do passado, pena a sua memória seja curta e que por outro lado, o seu ódio ao Benfica lhes tolde o raciocínio e os faça venerar e ser subserviente ao Porto e aos seus métodos.

12 comentários:

águia_livre disse...

Ahahaahaaa. Grande Jotas

Muito me ri com este artigo. Está divinal

Deveria ser posto no facebook

Abraço

magalhães.Sad.SLB disse...

GRANDE JOTAS, MAGNÍFICO POST!!!! DAQUI TE MANDAMOS MUITA FORÇA PARA CONTINUARES NESSA IMPORTANTE LUTA ANTI-TERRORISTA... VAMOS COPIAR..

gLORIOSO ABRAÇO..

Viriato de Viseu disse...

BRUTAL !!!!!!!!!!!

troza disse...

Bingo!

Carlos Alberto disse...

Post Glorioso.

Manuel Oliveira disse...

Amigo Jotas, concordo mais uma vez contigo. Todos sabemos que enquanto esse terrorista estiver à frente daquele clube nada mudará, a não ser para pior.

Abraço.

Berrante De Encarnado disse...

Excelente post

Concordo com tudo amigo Jotas, mas o final do post contém a maior e mais importante das verdades (não que as outras não o sejam também) e na qual não me canso de bater na sua tecla.

Grande parte da culpa do estado em que se encontra o futebol português e todos os seus meandros, é também do Sporting Clube De Portugal e dos seus adeptos, representantes em programas televisivos, jornalistas, opinion makers, etc, que por um ódio extremo e quase inexplicável ao Benfica, fecham os olhos a valores básicos não só no desporto como na vida e são coniventes para com tudo isto, ajudando a branquear, legitimar e proteger tal forma de agir por parte dos corruptos e incendiários deste pequeno país.

Não tenho duvidas que esse é um dos grandes males, para além dos originais, claro.

BENFICA SEMPRE!!

Cumprimentos

Flip Nunes disse...

Excelente post.
Saudações Benfiquistas !!

braga casuals disse...

ISTO É PARA AQUELES QUE ACHAM QUE FORAM ROUBADOS EM BRAGA COM A EXPULSÃO DO JAVI GARCIA E COM O SHOW DE BOLA QUE LEVARAM MAIS UMA VEZ,VEJAM COMO FOI NA PRIMEIRA MÃO E VEJAMOS QUEM FOI MAIS BENEFICIADO.

LAMPIÃO TEM MEMÓRIA CURTA.....

http://www.youtube.com/watch?v=TTp9He06d6I

N1981S disse...

braga casuals ,

o teu presidente é.... dragão de ouro.

que bracarense que ele é! ou então estará a fazer o estagio?

Miguel disse...

Pessoal, no próximo jogo SLB - fcp vamos gritar do princípio ao fim Corruptos. Espalhem a palavra e que chegue aos NN, DV e Grupo Manks, eles ao começarem, toda a gente os acompanha. Eles viam 65.000 a gritar CORRUPTOS e os responsáveis pelo desporto veriam que nem todos são cegos e que pode ser um fenómeno tipo Geração à rasca. Facebook e todos os canais possíveis!!! Também com cartazes a dizer o mesmo, como aqui também deram a ideia, seria fabuloso.

Juris disse...

Mas, o talibã cumerciante, cujo
embaixador da América alega que anda à solta no el país, não precisava de tantos preparos e efeitos visuais, é só por-lhe a túnica nas orelhas fica logo que nem um abade.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista