segunda-feira, 7 de março de 2011

SC de BRAGA - Um fedelho que quer ser homem.

--- Por mais que queiram dizer o contrário, os factos falam por si, o Braga, é um pequeno clube, com a mania que já é gente, com a mania que é grande, uma espécie de fedelho que quer ser homem, mas na verdade um clube que nunca ganhou nada, por mais que se cole aos amigos dos Porto, não pode ser grande, apenas pode ter a mania das grandezas.
  A guerra movida ao Benfica, fazendo lembra a Palestina, faz com que deixe de poder ter qualquer respeito por uma instituição que admirava, nem pela instituição e muito menos pelas suas gentes, que mais parecem um bando de servos ao serviço do patrão, assim como uma espécie de cão obediente, isso revela no mínimo falta de personalidade.
  É por isso com muito agrado, que registo que mais uma vez, o Braga nada vai ganhar, a Taça de Portugal e da Liga foram-se, na Liga estão fora dos lugares europeus, mas antevejo que alguém os lá coloque e 5ª feira, serei do Liverpool desde pequenino, até porque não posso torcer por quem desrespeita as mais elementares regras de sã convivência, quem age como selvagem e quem nem sequer tem personalidade para pensar pela sua própria cabeça e anda a reboque de outros.
   Estou ansioso pelo dia em que verei este clube a ter o mesmo destino do Boavista, estou certo que tal irá suceder, porque apesar de neste país o crime ir compensando, há um momento em que o castigo surge, que o diga o Boavista e aí festejarei alegremente.
   Cada adepto bracarense na Luz, é hoje para mim alguém indesejável, porque quem não se sente, não é filho de boa gente, alguém que infelizmente merece tudo menos respeito, aos animais como o jogador Alan, um projecto de jogador, que mais parece um artista de teatro, um autêntico palhaço que espero bem que um dia pague as favas pelas suas atitudes de arruaceiro.
  O que ele fez, quando Jesus dava instruções a Fábio Coentrão, qual cusco, a tentar escutar a conversa em tom provocatório, com o treinador do Benfica a brincar com ele, porque já o treinou e julgou estar na presença de um ser normal, é condenável a sua atitude, queixar-se veemente ao árbitro e ao 4º arbitro por uma gesto de intimidade que o seu ex-treinador teve com ele, é lamentável e digno de um palhaço sem o mínimo de carácter, aliás, Alan foi para o campo com o único propósito de expulsar alguém do Benfica e conseguiu e só tenho pena que quem foi expulso não lhe tenha partido uma perna, pois era o que merecia.
   Tal acto, foi algo que nunca desejei a ninguém, mas quem tem a postura que Alan tem, não merece da minha parte um pingo de respeito, desculpem, mas eu sou assim, não sou hipócrita nem de falsas falinhas mansas.
  Sobre o que se passou em Braga, já tudo disse no post anterior e não adianta chover mais no molhado, porque no fundo, não foi por esta derrota que o Benfica perdeu o campeonato, o campeonato estava perdido desde o momento que ganhou o anterior, isso ficou bem patente desde a 1ª jornada.
   Reafirmo sem papas na língua, porque sou assim, que esta liga foi a Liga da Vergonha e numa liga da vergonha, só pode haver um campeão vergonhoso, é o que eu considero, o Porto vai ser um campeão vergonhoso, porque de facto, para alguma máfia que rege o nosso futebol, há uma maneira de estar no futebol e na vida, que consiste em ganhar a qualquer preço.
   Que sejam felizes assim, pois o mérito conquista-se pelo respeito e pela postura, algo que ao Porto nunca pode ser atribuído porque um clube que compra árbitros, os recebe em que o seu presidente os recebe em casa, que lhes paga viagens, oferece fruta e café com leite, não pode ter mérito.
   Infelizmente, maior vergonha do que aquilo a que se assistiu desde a 1ª jornada deste campeonato, é verificar a impunidade que grassa neste país, um país com regras, mas as quais não são obrigadas a ser compridas, um país que as viola, mas que não condena.
   Esta liga era obviamente inacessível, era uma liga cuja única indefinição que havia, era a do 2º lugar para baixo, porque o 1º lugar foi claramente pré-definido e é por isso que considero a época do Benfica até ao momento simplesmente brilhante, está na melhor posição que lhe permitiram alcançar, está a um passo da final da Taça de Portugal, está na final da Taça da Liga e a discutir a Liga Europa e se conseguir vencer estas competições, será o Benfica o grande vencedor da temporada e este é o espírito que tem de ser incutido aos nossos briosos atletas, para que no final da temporada, possamos dar uma enorme bofetada de luva branca a todos os corruptos e corruptores que há muitos anos minam o futebol português com total impunidade.
  

1 comentário:

Manuel Oliveira disse...

Jotas, concordo plenamente contigo, quem não se sente não é filho de boa gente. E digo mais, deixei-me de patriotismos. Na 5ª feira sou do Liverpool e do CSKA!!! Tenho cá uma fé neles que nem imaginas.

Abraço.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista