segunda-feira, 29 de agosto de 2011

REGRESSO - Após férias retemperadoras mas curtas...como sempre!

--- Viva caros e ilustres amigos da Catedral, o período de férias acabou, embora só regresse efectivamente ao activo dia 01 de Setembro, como dizemos sempre, foram curtas, mas boas.
    Quando parti para o repouso, desejei aqui vitórias do nosso glorioso, isso aconteceu e uma delas de extrema importância, refiro-me à nossa entrada na Liga dos Campeões, com uma tremenda exibição frente aos holandeses do Twente, cuja única derrota na presente temporada, foi precisamente frente ao Benfica, aliado a esse facto, um sorteio da fase de grupos que permitam que diga, foi muito generoso, tanto que na minha opinião, tudo o que não seja a passagem aos 1/8 de final, será uma má campanha nesta competição.
   Mas mais factos houve dignos de registo, um deles, não constitui em si nenhuma surpresa, constitui antes um estado de coisas que se mantém, refiro-me obviamente ao constante benefício dado ao Porto, conforme se viu na partida com o Gil Vicente, já não há vergonha sequer para disfarçar, o descaramento é total e com isso a equipa portista, à semelhança de tantas outras épocas, tem no início da liga muito mais pontos do que aqueles que deveria ter, assim se moralizam as tropas e daqui a uns tempos, toda a gente já esqueceu este início de época e um Porto moralizado pela pouca vergonha será alvo dos mais rasgados elogios, ou seja, um filme repetido e gasto, fazendo lembrar a SIC e a TVI que repetem nas tardes de cinema os mesmos filmes com enorme frequência.
   Outro facto teve a ver com aquilo que para mim foi surpreendente, o boicote de João Ferreira aos jogo Beira - Mar - Sporting, com a solidariedade dos seus colegas, facto esse que para além do protagonismo dado a um árbitro de Aveiro, só desprestigiou a classe dos árbitros e abriu um gravíssimo precedente.
  Todos sabemos que este comportamento leonino em relação aos senhores do apito é useiro e vezeiro, o choradinho já teve proporções bem maiores, tanto que a alcunha de calímeros advém desse facto.
  No entanto, neste caso em concreto, creio que a razão está do lado do Sporting, porque se um árbitro internacional ainda por cima, por causa daquilo que se disse e que não foi nada de especial, alega não ter condições para dirigir esse jogo, então meus caros, esse senhor pode ser tudo na vida, menos árbitro.
  Mais incrível é a omissão regulamentar existente nestes casos, ou seja, o árbitro pode recusar-se a apitar e nada de especial lhe acontece, já um clube que resolva faltar a um jogo é severamente punido e não me venham dizer que a arbitragem é amadora, porque aquilo que eles ganham e as regalias profissionais que têm em nada se coaduna com o amadorismo.
  Outra questão é a de se entender que o Sporting usou ou não uma estratégia de condicionamento ao árbitro, se assim foi, a Liga que instaure o competente processo disciplinar e puna exemplarmente, o árbitro é que não pode deixar de cumprir com as suas obrigações.
   Para mim a questão é simples, João Ferreira não pode ser árbitro, pois é frágil psicologicamente.
   Esta historieta, demonstrou ainda que estes senhores são serventis e andam a reboque de quem os molda e não será inocente com toda a certeza, o facto do Presidente portista estar do seu lado, pudera, os benefícios são evidentes e claro que a eles, interessa que este estado de coisas se mantenha e de preferência com silêncio e conivência.
   Conivência tem sido a palavra exacta para descrever a postura leonina até então em relação a arbitragem, pois na época passada, os empurrões ao Porto foram bem mais evidentes, e os pontapés ao Benfica mais graves que aqueles de que o Sporting tem sido vítima na presente temporada e os dirigentes leoninos na altura, rapidamente condenaram a postura benfiquista em relação à arbitragem e depressa se meteram ao lado dos interesses instalados, se calhar esperando daí recolher dividendos que não se verificaram.
   Já em relação as críticas de Godinho Lopes a Proença, parecem-me ridículas, fora de contexto e aqui sim, como uma clara confrontação aos árbitros, como forma de esconder os verdadeiros problemas de um Sporting que cometeu erros grosseiros, que não convence ninguém e não perdeu por culpa do árbitro, sendo até incompreensível que uma vitória contra um bando de rapazes louros, tenha sido tão valorizada, quando a vitória não foi nada convincente e a obrigação seria passar o Nordjeland com uma facilidade que não se viu.
   Proença errou? Claro que sim, mas para os dois lados, se é verdade que anulou um golo limpo a Evaldo, embora seja dos tais lances no limite que pela sua dificuldade se deve aceitar qualquer decisão, esse lance seria um 1 a 0 e não o 2 a 0, conforme referiu de forma mentirosa o Presidente do Sporting e a verdade é que o Sporting se colocou em vantagem e não conseguiu segurá-la.
  Quanto ao pseudo penalti sobre Schaars, ridículo, não existe nada a não ser uma disputa de bola, onde o contacto físico existe, mas por ambos os jogadores e o Marítimo também sofre o golo do empate num lance em que a falta seria ao contrário.
  Curiosamente, a comunicação social, de forma leviana e se calhar intencional, branqueou esse lance, é que existe claramente uma campanha pró Sporting por parte dos senhores jornalistas e eu entendo as razões: Vendo o poder da comunicação social, noemadamente a SportTv, que vai perder a sua galinha de ovos de ouro, o Benfica, nada melhor do que tentar levantar o Sporting para não perder tudo, a comprovar o que digo, basta ver que os jornalistas, analistas e afins, reclamam que a equipa do Sporting é uma equipa nova, pedindo-lhe tempo, mas constata-se que não só, o Sporting joga com um onze assente no da temporada passada, como o Benfica tem muito mais jogadores novos que eles, no seu onze jogam sempre 4 ou 5 reforços e ninguém diz que o Benfica precisa de tempo.
  Isto são factos concretos!
   Portanto, folgo em ver, que quer Domingos, quer os dirigentes leoninos, já achem aquilo que não acharam a época passada e tantas vezes por mim denunciado neste espaço, é que os campeonatos decidem-se desde o seu início, isso tem sido um facto relevante ao longo dos anos e esta época não está a ser diferente, pelo que este campeonato está já adulterado e é já uma completa farsa.
  Esta Liga mentirosa irá continuar, com a impunidade e a falta de vergonha que a caracteriza, pena tenho que os adeptos de todos os clubes, não se unam e boicotam este futebol em nome da verdade, deixando de ver os seus jogos na televisão e deixando de frequentar os estádios, eu sei que é difícil, eu adoro ir à Luz e ver os jogos do meu clube, mas esta seria a única resposta dura, dada por quem verdadeiramente ama este desporto e que no fundo são os principais enganados, ou seja os adeptos e se houvesse uma corrente unida para tomar tal atitude, garanto que aderia, é que eu já não acredito no que vejo, porque em Portugal, muitas vezes, não ganha o melhor, mas ganha o mais aldrabão.
  Hoje, o Benfica tem um jogo muito complicado na Madeira, frente ao Nacional, uma equipa muito forte em casa, uma equipa que por tradição nos causa muitas dificuldades e onde curiosamente já se pagou a árbitros para o Benfica perder e isto começou bem, com a nomeação de Artur Soares Dias, pelo que a minha expectativa para este jogo é tudo menos agradável, pois suspeito que possa assistir a mais uma mentira, oxalá me engane e que se o Nacional vencer eu possa dizer que foi apenas por mérito.

7 comentários:

magalhães.Sad.SLB disse...

Bem-vindo e em grande nível!! Boa crónica!!

Só um reparo: O Benfica tem de jogar o suficiente para ultrapassar o Nacional e o Artur Soares Dias e, assim será!!

BENFICA SEMPRE!!!!

PS: O Godinho Lopes que explique o negócios dos Paquetes/Cruzeiros da Expo 98..... Acordou tarde e coloque o seu clube a jogar à bola...

Manuel Oliveira disse...

Benvindo, amigo Jotas.
Acabei de publicar um post no meu Blog do Manuel em que reproduzo as declarações do Rui Santos no Tempo Extra da SIC precisamente sobre as arbitragens, o FCP, o SCP e o João Ferreira.
Quanto ao Benfica, terá de suar bastante para ganhar hoje, não só pelo adversário que joga sempre contra nós motivadíssimo (e quem sabe se com mala branca como dizem no Brasil), como também pelo facto do jogo ser apitado pelo filho do sistema.

Abraço.

Karlos disse...

Hoje temos é de ganhar e ficar em 1º lugar pois em termos emocionais é de extrema importância.
Vamos lá a ver como se porta o Jardel!

Carlos Alberto disse...

Grande Jotas,

Regressado em grande forma das férias.

Abraço

BT26 disse...

Bem-vindo.

Em relação a arbitragem do sporting dizer o seguinte: Acho piada o sporting ter-se metido com o arbitro que menos conotação tem com o sistema (lembrar que este foi o arbitro que indicou no relatório que holk e companhia andaram a porrada no tunel da Luz); Que um arbitro da 3º distrital tenha menos erros do que os árbitros que andam nesta liga; E em relação ao ultimo jogo, o golo foi bem invalidado, no fora-de-jogo conta o corpo todo dos atletas, e a cabeça de Evaldo estava a frente dos últimos defesas, para mim é penalti, o jogador é empurrado (como é óbvio deixa-se cair, mas isso não faz com que deixe de ser), e tal como tu disseste o 2º golo vem por falta mal assinalada.

Em relação ao Benfica, já disseste tudo, vamos jogar contra um arbitro do sistema, num campo em que os corruptos já pagaram para nós perdermos...

Benfica sempre.

AG disse...

Bem-vindo.

Pois é o Benfica hoje terá um jogo dificil mas tem mais que qualidade para vencer,o Nacional foi afastado da Liga Europa e isso pode ser um fator extra.

Abraço

carlos disse...

Nunca percebi porque aqui só comentam benfiquistas. EU gosto de falar co meu tio de bola, mas quando o assunto é benfica e sporting, sinceramente prefiro nao falar, mas como gosto de falar indo insisto. Mas tá comprovado que n vale a pena, por isso secalhar a conivencia ao Porto de toda a malta. Nao nos dá nada é verdade, mas eu gosto é de ir à bola ao Domingo de preferencia e não ficar em casa. Só eu sei porque nunca ficarei em casa.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista