segunda-feira, 22 de outubro de 2012

DAS ELEIÇÕES NO BENFICA AO REGRESSO DA CHAMPIONS - E ainda o momento Sporting.

   Em relação à eleições do Benfica, vou limitar-me a prestar aqui um esclarecimento:
  Alguns estranharão o facto de em pleno período eleitoral, não colocar posts sobre os candidatos e as eleições, apenas o fiz quando soube e para saudar a existência de 2 listas concorrentes, que julgava ser salutar para  debater ideias e projectos para o Benfica, mas como esse não tem sido o timbre da campanha, optei por não me envolver ao contrário de outros companheiros bloggers e muito menos por fazer disto uma guerra pessoal e uma campanha desesperada de apoio a um candidato, apenas porque não gostam de LFV, ou seja, nem que fosse o Zé da Esquina, esses senhores do Geração Benfica, fariam disto uma guerra.
   Ora, eu não pactuo com línguagem sem escrúpulos, com ofensas ao clube e a quem o dirige, nem darei argumentos para que os de fora os usem para atacar o Benfica, como tal, prefiro apenas manter-me neutro e deixar que os benfiquistas decidam em consciência, embora ressalvando o quanto foi fácil perceber que Rui Rangel não conhece a realidade do Benfica, não percebe o que é dirigir um monstro e ainda não mostrou qualquer ideia de projecto de crescimento ou de rumo para o Benfica, limita-se a alinhar em jogos e tentar  desferir ataques a esta direcção, muito pouco para quem quer ser alternativa.
    Concluindo, julgo que ninguém se deve deixar influenciar e que a decisão dos sócios passa apenas por esta questão: 
  Ou confiam e querem que o Benfica continue competitivo e a recuperação da diminuição do fosso que existia para o Porto, ou querem uma mudança completa de rumo, que não sendo sustentado, poderá ser um pau de dois bicos, como tal, apenas deixo no canto superior direito uma sondagem, para que os meus caros amigos, decidam quem querem para Presidente do Benfica, agradecendo desde já o vosso contributo.
    Regressa a Liga dos Campeões e logo com um jogo crucial para as aspirações do Benfica, em que uma derrota poderá tirar definitivamente o Benfica para fora da prova, pelo que este jogo é absolutamente decisivo.
   Na ante visão da participação do Benfica na edição deste ano, fiz uma abordagem que considero realista e não pessimista como na altura fui acusado por alguns amigos, disse e reafirmo, que o objectivo claro e que pode ser considerado positivo é o apuramento para a fase seguinte, tudo o resto será um prémio, o menos mau e que pode ser considerado objectivo mínimo é pelo menos continuar na Europa do futebol, via Liga Europa.
    Nesta visita ao terreno do Sp. Moscovo, o Benfica terá de enfrentar várias contrariedades, as quais, com alma, querer e ambição, terá de as tornear, desde logo o facto de jogar em relvado sintético, completamente diferente de um relvado natural, aliado a esse facto, as baixas temperaturas e o facto de também o clube moscovita encarar este jogo como absolutamente decisivo.
    Contudo, julgo que um Benfica coeso e ambicioso, poderá tornear tudo isso e trazer um resultado que sirva os seus interesses, um empate manterá as ambições intactas, com a equipa a depender apenas de si, ficando obrigada a vencer os 2 jogos em casa frente a este mesmo adversário e ao Celtic, se assim for, dificilmente não será apurado, mas caso vença em Moscovo, dará um passo de gigante.
    Uma das coisas que mais preocupa, é o de verificar o estado da equipa, ou seja, não percebendo como é possível depois das paragens da selecção, retomar as competições nacionais com a Taça em vez da Liga, à semelhança da pausa anterior, isto numa fase inicial da temporada, em que são é preciso jogos para a equipa atingir o seu auge e estas pausas de competição, neste momento, apenas servem para retirar dinâmica e ritmo competitivo, pelo que essa é a minha grande expectativa, perceber como reage a equipa a tão longo período sem competição.
    Ansiedade aos rodos e a esperança num bom resultado, mas perfeitamente consciente que querendo que o Benfica vença este jogo, considero a partida de Barcelos no Sábado, mais importante, pois o grande objectivo do Benfica é a Liga portuguesa e isso não pode ser descurado.
     Mudando de agulhas e embora seja um assunto sobre o qual não me diga grande respeito, julgo que a gravidade do momento Sporting, por se tratar de um histórico do futebol português, merece da minha parte algumas considerações:
     Julgo que a eliminação ontem da Taça de Portugal ante o Moreirense, é apenas a sequência natural de um clube em completo desnorte, sem rumo e estratégia, onde todos mandam mas ninguém tem razão, chega a ser degradante ver o que se passa com este Sporting.
   Creio que o primeiro problema reside na raiz, ou seja, nos próprios adeptos, os quais aparecem sempre muito felizes quando o Benfica não tem sucesso, independentemente do que se vai passando no seu clube, o que revela uma enorme falta de identidade para com um clube que dizem ser o seu e uma enorme falta de respeito para com o historial do Sporting, cujos adeptos, antigamente, preocupavam-se e ambicionavam as vitórias do seu clube, nunca se revendo em qualquer outro clube que não fosse o Sporting e embora naturalmente vibrando com o insucesso do seu rival, isso só os satisfazia em caso de terem eles sucesso.
    Hoje não é assim, hoje não se vê ambição e na ausência de capacidade de lutar por objectivos altos, a ambição actual dos seus adeptos não é ganharem eles, mas sim que o Benfica não ganhe, venerando por esse motivo as vitórias de um clube que ao longo dos tempos os foi fustigando, prejudicando, enxovalhando e pago para eles perderem jogos e quem sabe campeonatos, daí eu deixar desde já claro, que enquanto os adeptos do Sporting, continuarem a ignorar a sua história e a reverem-se nas vitórias de outro clube, tudo o que de mal lhes aconteça, deixa-me satisfeito, porque se isto fosse ao contrário, mesmo que nada ganhassem, o histerismo seria a palavra de ordem na sua satisfação.
    Depois, passa por uma direcção que no fundo é a continuação de todas aquelas que levaram o clube ao estado actual, culminando com a eleição de Godinho Lopes como Presidente, mas nunca se sabendo se efectivamente foi ele quem verdadeiramente ganhou as eleições, já que foi o segundo nome a ser anunciado como Presidente eleito, facto esse que o deixou fragilizado deste o começo do seu mandato.
    Numa sucessão de asneiras e numa política de bota para a frente, a situação culminou com este episódio surrealista do treinador que está identificado, mas que nunca mais aparece, isto tem revelado uma incompetência incrível de toda a estrutura e uma incapacidade de gerir o clube, que apenas pode levar mais tarde ou mais cedo à queda desta direcção.
    Por fim e de forma inacreditável, aparece um Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Eduardo Barroso, depois de proferir afirmações gravíssimas, a convocar de urgência o Conselho Leonino para a véspera de um jogo europeu decisivo, quando ele vai para Angola e não vai estar presente na reunião urgente que ele próprio convocou, isto é absolutamente surrealista e é caso para dizer que só mesmo no Sporting.

5 comentários:

71460_5/8 disse...

O Sporting deverá servir para que os benfiquistas percebam que em muitas ocasiões a mudança é negativa. Investir forte em jogadores não é garantia de resultados desportivos, principalmente quando depois nem dinheiro se tem para contratar um treinador.

Carlos Alberto disse...

O pior vai ser receber aqueles 500.000 euros...

Bruno Pereira disse...

Caro Jotas,
Há apenas um ponto em que discordo. A importância de um bom resultado na Rússia. Caso as coisas corram normalmente, penso que será elementar esperar que o FCBarcelona ganhe os jogos todos do grupo. Se assim acontecer, o SLBenfica tem apenas que ganhar os dois jogos em casa contra o Celtic e Spartak para se qualificar para os oitavos de final da Champions. Ou seja, este jogo poderá ter uma importância nula na qualificação para os oitavos da Champions. Claro que se ganharmos já amanhã, nem será preciso ganhar em casa ao Spartak. Isto se o FCBarcelona ganhar os jogos todos! Por todas as razões e mais algumas, deveremos querer ter nas nossas mãos a possibilidade de nos qualificarmos, razão pela qual seria bastante bom ganharmos já na Rússia (acho que JJesus vai jogar claramente para o empate...), mas caso não ganhemos, as coisas não ficam nada difíceis: desde que o Barça ganha em Glasgow.

Força Benfica, vence por nós!

Abraço,
Bruno Pereira
http://orgulhosamentelampiao.blogspot.pt/

Anónimo disse...

http://prixviagrageneriquefrance.net/ prix viagra
http://commanderviagragenerique.net/ viagra
http://viagracomprargenericoespana.net/ comprar viagra
http://acquistareviagragenericoitalia.net/ costo viagra

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ vente viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ viagra
http://precioviagraespana.net/ generico viagra

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista