sábado, 28 de janeiro de 2012

VITÓRIA DA RAÇA - Num jogo muito complicado.

    Se havia jogo que se previa muito complicado pelas mais diversas razões, era este e isso veio-se a confirmar, foi preciso um Benfica de luta, com raça, para vencer um grande Feirense que nunca deu o jogo por perdido, valorizando ainda mais esta vitória,
   FEIRENSE 1 BENFICA 2 -  Num terreno com as dimensões mais reduzidas de todas as equipas da Liga e um relvado que levantava tufos com grande frequência, a tarefa do Benfica que até entrou mal no jogo, foi muito complicada.
    A partir dos 15 minutos a equipa equilibrou e Rodrigo desperdiçou, obrigando Paulo Lopes à sua primeira grande defesa, contudo, o Feirense, em passes longos nas costas da defesa do Benfica, criava alguns sustos, mas a verdade é que exceptuando um cruzamento falhado em que a bola bateu na barra, não criou verdadeiras oportunidades, ao invés, foi novamente o Benfica, com um fulminante golpe de cabeça que fez Paulo Lopes a brilhar novamente.
   Mas já antes, havia ficado um penalti por marcar contra o Feirense por mão de um defesa na sua área, que o árbitro não vislumbrou.
    Até ao intervalo assistiu-se sempre a um jogo mais lutado que jogado, sem que houvesse muitos lances de perigo.
Na 2ª Parte, o Feirense voltou a entrar melhor no jogo, na pior fase do Benfica, que parece ter tido um período de algum adormecimento, e foi nesse espaço de tempo que o Feirense marca um golo mal invalidado por fora de jogo, embora tenha algumas dúvidas se o lance não foi precedido por pé em riste, o qual não foi assinalado.
  Viu esse golo ser invalidado, mas marcou logo de seguida por Varela, que respondeu com um belo golpe de cabeça, após a marcação de um pontapé de canto e diga-se que pela forma como o Feirense entrou, justificou o golo.
    Varela que até estava a fazer uma exibição fantástica, acabou por estar ligado a todos os momentos do jogo, pois pouco depois de colocar a sua equipa em vantagem, desviou um cabeceamento de Cardozo para dentro da sua própria baliza, dando o empate ao Benfica, que foi feliz nesse momento, mas os campeões também se fazem assim.
    Foi de extrema importância para o Benfica empatar logo após a desvantagem, a ansiedade poderia apoderar-se da equipa e assim, começaram a tomar as rédeas do jogo.
    Impunha-se mexer na equipa e foi o que aconteceu, Gaitan e Nolito renderam aos apagados Aimar e Bruno César e o Benfica cresceu, ganhou mais profundidade e tomou conta da partida.
    Numa fase em que já dominava e depois de Gaitan ter falhado o golo através de um cabeceamento sem oposição e outro com um belo remate de Rodrigo com mais um grande intervenção do guarda - redes adversário, eis que surge de novo Varela, que tem uma entrada dura e despropositada sobre Rodrigo, fazendo um penalti claríssimo que Cardozo não falhou dando assim uma vantagem no marcador que nesta altura o Benfica já justificava.
     Mas este Feirense era digno e continuou a tentar, só que agora mais com o coração e menos com a cabeça, já o Benfica tinha agora mais espaço e teve uma ou outra possibilidade de colocar um ponto final no jogo e no sofrimento.
   Em suma, uma vitória muito suada mas justa, valendo os 3 pontos  alcançados de extrema importância, esperando agora tranquilos pelo desenrolar do jogo de Barcelos que apesar do seu favoritismo, não se afigura fácil para o Porto.
   Pela Positiva: A capacidade de saber sofrer do Benfica, os campeões também se fazem com jogos assim, destacando-se a grande postura e atitude de ambas as equipas.
   Pela Negativa: O preço dos bilhetes, uma excentricidade, e o mau desempenho de Rui Costa que não esteve ao nível do jogo.
  Arbitragem de Rui Costa: Também por culpa do seu auxiliar, foi uma arbitragem com algumas más decisões, a começar desde logo por um lance de possível penalti sobre Javi, mas que por razões que se desconhecem, a TVI não repetiu, depois um corte de Mika com a mão na área do Feirense e nada assinalou, as repetições também desapareceram, já na 2ª parte, Thiago, só joga no Maxi Pereira e é perdoado o 2º amarelo, depois um golo invalidado ao Feirense por fora de jogo inexistente, se bem que me pareceu precedido de pé em riste, muitos erros para um jogo só, aliás esse auxiliar tirou mais 2 foras de jogo inexistentes com claro prejuízo para a equipa da casa.
   Apenas aqui um pequeno reparo, porque será que os Presidentes dos clubes, só se queixam sempre que jogam com o Benfica, mesmo nas vezes que não há razões para tal e se calam sempre que são prejudicados com outro clube mais a Norte? Medo de retaliações?
   

6 comentários:

Carlos Alberto disse...

Que se continuem a queixar até ao final da época são os meus desejos!!!

Anónimo disse...

Foi mesmo, a vitória da raça e que raça, mesmo mista, foi um ver se te avias.

Em abono da tal de verdade desportiva.

Anónimo disse...

O dragon levou no pacote.

carlos disse...

Só não percebo uma coisa, pelas imagens que vi hoje, não entendo porque o benfica ainda tem razões de queixa do arbitro, mas quando assim é está tudo dito.(N vi o jogo do fcp nem do scp), mas o benfica na feira tem tudo menos razoes de queixa.

BT26 disse...

Carlos, eu normalmente não digo nada aos teus comentários porque tu até és familiar (afilhado salvo erro) do Jotas. Mas hoje não estou com paciência para as parvoíces dos anti...

http://www.youtube.com/watch?v=gB7QqLDThPE

Benfica sempre.

carlos disse...

Rapaz, podes responder a tudo o que quiseres. Esses vídeos para mim dizem pouco ou mais que nada, e esses lances para mim na maior parte estão mal analisados, aliás vi os primeiros 20 segundos e quando vejo um gajo a dar na bola do aimar e dizerem que são 2 ou 3 faltas, deixem logo de ver. Se a malta gosta de ganhar assim, eu não sou ninguem para vos retirar a felicidade, já o meu pai e avô diziam, quando o povo está descontente, e Portugal está como está damos-lhes com o Benfica campeão, e se quiserem aposto tudo o que quiserem como o slb será campeao

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista