quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

DO MENOSPREZO DA TAÇA DA LIGA - À importância da próxima jornada.

     Acho por vezes alguma graça aos argumentos usados para o menosprezo com que algumas pessoas, nomeadamente de clubes avessos ao Benfica, tratam esta Taça da Liga, confesso que também eu, não dou muito significado a esta prova, embora reconheça que é melhor vencê-la do que não vencê-la, quer se queira quer não, é uma prova oficial que faz parte do calendário desportivo nacional e apesar de reconhecidamente ter menos impacto que outras, é uma prova para se ganhar, como todas aquelas em que o Benfica entra, só assim consigo ver o meu clube e acho estranho que quem reclame grandeza para os seus clubes não pense assim.
     No entanto, muito do menosprezo a que querem vetar esta Taça da Liga, deve-se essencialmente ao facto de ter sido o Benfica a ganhá-la por 3 vezes, como tal, os adeptos dos nossos adversários, preferem dizer que ela nada significa, porque dar-lhe algum significado seria reconhecer méritos ao Benfica e isso é que não pode de forma alguma acontecer.
    Não deixo contudo de registar, que esses mesmos adeptos que dizem que esta Taça nada significa, são os mesmos que sofrem com os jogos da sua equipa e que até me enviam mensagens "sms" pelos acontecimentos dos jogos, são muitas vezes aqueles que assistem à sua equipa a jogar esta prova sempre na máxima força, com todos os seus titulares, são os mesmos que fizeram e fazem ainda um enorme chinfrim por terem perdido uma final, sofrendo o golo do empate com um penalti inexistente que deu ao Benfica a possibilidade de vencer a prova nos penaltis, ora se a prova nada lhes diz, não vejo razões para tamanho chinfrim, nem para o facto ridículo que terem todos ido a correr votar em Pedro Silva como o melhor em campo, só porque ele atirou com a sua medalha para o chão, mas a contradições destas estamos nós benfiquistas habituados, mas enfim,  vindo de quem grita olés num jogo que estão a perder por 5 a 2 já nada me espanta, certamente, um dia, que ganhem esta prova, ela já será o máximo.
    Não sendo para mim a grande prioridade, longe disso, prefiro apesar de tudo ter este Troféu na vitrina do que não ter nenhum, até porque em todas as finais disputadas, as equipas jogaram sempre na máxima força e com o máximo empenho em vencer, o que só valoriza a prova.
   Mas deixemos a Taça da Liga e voltemos à prova que é certamente o principal objectivo da época, o Campeonato Nacional, ou Liga Zon, ou lá o que lhe queiram chamar.
   Vem aí uma jornada com clássico, um jogo sempre apetecível de ver, mesmo para aqueles que não são dos clubes envolvidos, afinal de contas, quem verdadeiramente gosta de futebol, gosta de ver as melhores equipas em acção e obviamente o Sporting - Porto não foge à regra.
   Por muito que algumas pessoas (poucas felizmente), digam que o objectivo do Sporting esta época não é o de ser campeão, mas sim de  estreitar diferenças para Porto e Benfica, isso não passa de uma falácia, na verdade e até pela qualidade evidenciada, o Sporting é um assumido candidato ao título, assumido inclusive pelos seus jogadores, treinador e dirigentes, aliás, se o título já esta época não fosse um objectivo, não teriam recorrido ao mercado de Janeiro com a força que o fizeram e só quem não respeita a história do Sporting e a sua tradição nacional pode dizer o contrário, infelizmente, assisto diariamente ao facto de muitas vezes, pelas mais diversas razões, serem os próprios sportinguistas que mais desrespeita a história do seu clube.
   Este jogo, em virtude da actual tabela classificativa, é mais importante e decisivo para a equipa de Alvalade, vencendo, o Sporting aproxima-se do Porto e ganha um novo fôlego, a equipa vai acreditar ainda mais em si e teremos então sim, um Sporting verdadeiramente forte e empenhado, perdendo, não se poderá dizer que fica em definitivo afastado do título, mas sofrerá um duro revés, a sua confiança ficará certamente abalada e aquele balão dos seus adeptos certamente irá esfriar e muito, até porque será o 2º clássico perdido e o Sporting poderá mesmo cair para a 4ª posição, o que fará cair por terra a imagem que diariamente se quer passar para o exterior que a campanha leonina tem sido brilhante.
   Será certamente um jogo táctico, com as equipas numa 1ª fase a tentarem perceber ao que a outra vem, em que um erro poderá ser fatal, acreditando eu que vai ser uma partida muito equilibrada, decidida por pormenores, algo que poderá ser alterado caso surja um golo cedo, no fundo, confio num bom espectáculo.
   O Benfica por sua vez vai a Leiria e por muito que se negue, terá certamente um olho no clássico, como tal, mais importante do que aquilo que se passará um dia antes em Alvalade, é o Benfica vencer o seu jogo.
   Esta deslocação a Leiria, é primordial para o Benfica, a vitória significará sempre ganhar mais pontos do que os deste jogo em si, porque defrontando-se os rivais na mesma jornada, o Benfica ganhará sempre pontos a um deles ou aos dois, para tal, tem antes de tudo o resto de ganhar o seu jogo.
    Julgo que Jorge Jesus irá transmitir aos seus jogadores a enorme importância desta jornada para as aspirações do Benfica, pelo que o rigor, o empenho e a máxima concentração terão de ser uma realidade, se há jogos em que não se pode facilitar, este será certamente um deles.
   Veremos então o que acontece numa jornada de enorme interesse, embora muito longe de ser decisiva, afinal de contas, o seu encerramento nem sequer representa o fim da 1ª volta.
  

10 comentários:

MAGALHÃES-SAD-SLB disse...

Quando entrarmos em campo na Marinha Grande, contra o Leiria já sabemos o resultado do clássico.

Para mim o empate no clássico era o ideal, os dois perdiam pontos... mas se alguém vencer, que seja o Sporting!

Seja como for estas contas só interessam se o Benfica vencer e para vencer precisa do apoio de todos. Aqui a malta vai toda, 11, uma equipa completa para ajudar o Benfica a Vencer..

Gloriosas Saudações!!

troza disse...

Além disso, é um jogo fora. Ganhar fora em fim-de-semana de clássico é importante. Porque valerá os pontos ganhos nesse jogo, os pontos tirados a uma das equipas ou às duas, mais a pressão de o Sporting (neste caso) ter de ganhar fora a seguir ao clássico. Não falo de pressão de o futebol corrupto do porto ganhar em casa depois de um clássico, porque com toda a máquina a funcionar como tem funcionado este ano é normal que ganhem.

troza disse...

Ah... e quanto à importância da taça da liga... para mim a competição menos importante... mas é como dizes: antes mais um troféu do que nada.

Manuel Oliveira disse...

Ao contrário do amigo da Magalhães-SAD eu prefiro uma vitória do Sporting porque está a 6 pontos do Benfica e porque prefiro estar eventualmente a 3 do que a 2 do FCP.
A Taça da Cerveja como eles lhe chamam (agora deve ser a Taça das Apostas) para mim tem mais valor que a Supertaça porque não é decidida num único jogo. Que venha a 4ª que eu não me importo nada.
O jogo com o U.Leiria, na Marinha, vai ser difícil mas confio numa vitória do nosso Glorioso Benfica.

Abraço.

mWo disse...

A Taça da Liga é menos importante que o Campeonato e a Taça de Portugal, mas é claramente mais importante que a Supertaça que eu saiba. Os andrades é que dão grande importância a um troféu que não passa de um jogo de pré-época...
Quanto ao fim-de-semana, estou-me a borrifar para o jogo dos amigos! Quero é ganhar na Marinha Grande!

Abraço Jotas

Carlos Alberto disse...

Setubal e Benfica continuam à espera que o Porto ganhe uma taça da Liga para que seja considerada importante.

Já agora para esses uma pergunta: O ano passado quais foram os jogos com maior audiência televisiva, tirando obviamente a selecção?

carlos disse...

uma pergunta que deixo no blog, gostaria de um comentário à investida do benfica aos jogadores do leiria djanyny e brigido, bem antes do jogo com o leiria. Acho que o benfica não precisa disso,mas contudo é falta de ética e é uma situaçao que devia estar regulamentada no meu entender senão veja-se, aconteceu o mesmo num olhanense-benfica contrataçao de jardel, e num rio ave-benfica contrataçao de fábio faria, tudo isto antes dos jogos com as mesmas, são muitas coincidencias. Para quem tanto critica o porto por seguir este caminho e o dos emprestados, é no minimo estranho fazer o mesmo e não haver comentários da imprensa.

Se fosse o meu clube a fazê-lo com esta regularidade era o primeiro a contestá-lo.

Volto a referir que acho que o benfica não precisa disto, mas que é falta de ética desportiva é sem duvida. Denoto também um estreitar de relações com a União de Leiria, indubitavelmente, mas aí não acho estranho porque já vem desde o inicio de época.

troza disse...

Nem tinha lido nada disso antes.

Sinceramente, acho que não há necessidade. Mas fazemos um pouco diferente do porto: jogam com a tal equipa e se o jogador for bonzinho para eles, tem futuro no clube. Pior ainda.

Quanto ao que sei... o Fábio Faria estava garantido há 6 meses quando não jogou com o Benfica na luz. Por isso não tem nada a ver.

Quanto a estes não sei. O Jardel tem continuado no plantel (3º central, pelos vistos) e veio por causa da venda do David Luiz. Se era o defesa que o Benfica queria, porquê não contratar só porque seria contra a equipa com que o Benfica iria jogar? É falta de ética ou, neste caso, seria estupidez deixar um jogador que se queria só porque a equipa adversária era a dele? É outra pergunta que faço. Porque este caso parece-me diferente dos de Leiria.

Mesmo assim, não sei bem o que dizer: qual seria a solução? Não comprar? Seria estúpido. Comprar e negociar depois do jogo? Mais falta de ética seria pois haveria sempre suspeitas sobre a performance deles. Comprar antes do jogo? É sempre visto como tu vez. Pelo menos vai-se a jogo a saber de tudo. Se é para comprar, que se compre e que saia tudo a público antes do jogo.

Ricardo/águia_livre disse...

Penso que os lagartos ganharem seria o ideal desde que o Benfica ganhe em Leiria
Quanto à Taça da Liga não deixa de ser mais um troféu oficial. Mas ganhar apenas essa, é muito pouco para uma equipa como o Benfica

Empate entre lagartos e dragoneses também não seria mau.
Mas acho que os lagartos vão perder, infelizmente.

carlos disse...

Para mim a solução era muito simples.

Defendo que os emprestimos dos jogadores dos grandes a clubes da 1ª liga acabem tal como em inglaterra. E o mercado de Janeiro(para mim nem devia existir) ser proibido haver transferencias de jogadores da primeira liga.


Mas mesmo assim acho que o benfica podia negociar depois do jogo, para mim seria mais eticamente correcto, mas é apenas a minha opinião. Daí eu dizer que estes casos deveriam ser regulamentados.

Por outro lado tenho um reparo do meu clube a notícia de hoje do Publico a ser veridica(sobre a entrada das equipas dos visitantes no acesso ao estádio) é altamente reprovável, e também com muita falta de ética e valores, e deve ser severamente castigado por ter imagens daquelas. Para aqui não dizerem que não critico o meu clube, é mais uma critica que faço a esta direcção. Aquelas imagens são um atentado aos valores do desporto.
Para quem não viu, veja.
http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1527853

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista