quarta-feira, 12 de outubro de 2011

DESILUSÃO TOTAL - Portugal chegou a ser humilhado.

   DINAMARCA 2 PORTUGAL 1 - Foi uma desilusão imensa a exibição portuguesa, de tão má que foi, mesmo perdendo, podemos dizer que foi melhor o resultado que a exibição, que deu direito a ver em certos momentos os jogadores portugueses a serem humilhados.
    Desde cedo se percebeu que o dia não ia ser bom, a Dinamarca entrou determinada, forte, personalizada e logo explorou as fraquezas de uma equipa com uma defesa de papel e um meio campo inexistente.
   O golo dinamarquês apenas pecou por tardio, traduzindo a superioridade dinamarquesa, ante uma selecção portuguesa inconsequente, desinspirada em que nada saia bem.
   Na 2ª parte, o começo foi idêntico ao da 1ª parte, uma tremideira incompreensível da defesa nacional e um opositor mostrando enorme vontade de ganhar, que ficou a dever a si mesmo mais golos.
    Portugal teve apenas uma período digamos, menos mau, mas esteve sempre demasiado exposto, chegou a ser vergonhosa a forma com que o adversário furava pelo meio campo português e a facilidade com que entrava na área de Portugal, pelo que não estranhou nada o 2º golo que poderia ter surgido bem mais cedo.
   Daí até ao golo de Ronaldo, o melhor do jogo, Portugal só não sofreu mais golos graças á ineficácia do adversário por um lado e a Rui Patrício por outro e quando o nosso guarda - redes foi o melhor elemento, julgo que está tudo dito quanto à péssima prestação da selecção portuguesa.
   Em contra ponto com aquilo que se viu na Dinamarca, nos jogadores portugueses houve claramente uma tremenda falta de querer, de vontade e alma, parecia mesmo em alguns casos que os atletas estavam ali a fazer um frete e sem qualquer vontade em ali estar, o que é muito mau.
   Os jogadores nacionais foram desplicentes, alguns deles revelaram mesmo uma enorme falta de categoria, aliás, há que ser realista e esta minha análise não é apenas por este jogo, Portugal é hoje em dia uma selecção em termos qualitativos bem mais distante das potenciais europeias, está a cavar um fosso para equipas como a Alemanha, Espanha, Holanda, Itália e Inglaterra e neste momento quer se queira quer não, está ao nível de uma Croácia, Dinamarca, Grécia e outras deste nível e com tendência para piorar.
   Senão vejamos: Portugal tem hoje alguns jogadores acima da média, é verdade, em minha opinião, Ronaldo, Nani, são mais valias e com qualidade superior, mesmo estando neste último jogo a léguas do seu valor, podendo juntar-lhe Fábio Coentrão, uma vez que Ricardo Carvalho deixou de fazer parte destas contas, depois temos um grupo de bons jogadores, Moutinho, Meireles, Varela, Pepe e Bosingwa que pelos vistos estranhamente não conta para o seleccionador e os restantes são jogadores normais, iguais a tantos e tantos que por aí existem, não representando qualquer mais valia, casos de João Pereira, Postiga, Hugo Almeida, Rolando e afins, pelo que de facto não se pode exigir muito mais a Portugal.
   O que lamento é que tanto a comunicação social, como alguns adeptos, queiram endeusar e elevar certos jogadores e por consequência esta equipa a uma condição de grande que efectivamente neste momento não tem, quando comparada à geração de Figo, Rui Costa, Paulo Sousa, Fernando Couto, João Pinto, Pauleta, Nuno Gomes ( nos seus melhores tempos), Jorge Costa, Rui Jorge, Sérgio Conceição, ou com a equipa que nos representou no Euro 2004, facilmente se constata que a actual selecção tem uma enorme défice de valor em relação a essas de que falei.
   Portanto, endeusar jogadores banais é um erro tremendo e isso é feito com facilidade arrepiante, parecendo haver um êxtase geral, quando alguns jogadores portugueses fazem coisas imensas contra as Albânias e Maltas dessa Europa, há que ver que ao Portugal actual, mais não se pode pedir que estar presente nas fases finais, porque não há qualidade para mais.
   Mas mais grave ainda é olhar para o futuro, nomeadamente após o Mundial de 2014, que será certamente o fim do auge dos nossos melhores jogadores da actualidade, e depois disso?
   Preocupante, porque não se vislumbram jogadores jovens acima da média a aparecer, porque não se investe nem aposta no jogador português, e se quem dirige o nosso futebol, não mudar os regulamentos e obrigar à aposta na formação e em jogadores portugueses, temo que no futuro, nem ao nível desta Dinamarca possamos estar, relegando novamente a selecção para épocas sucessivas em que não conseguíamos marcar presença nas grandes competições internacionais.
   Ao menos que este jogo sirva para acordar os portugueses e principalmente os dirigentes do nosso futebol para a realidade e percebam que o nosso futebol ao nível de selecções, caminha para patamares nada condizentes com o estatuto brilhantemente adquirido num passado recente e que façam algo de útil pelo nosso futebol em vez de se andarem com compadrios e se permitir a entrada de qualquer banalidade vinda da América do Sul e nisso os nossos clubes também têm muitas culpas no cartório, porque se antes eram eles o abono das selecções, hoje chegam a jogar com nenhum, um ou 2 portugueses nos seus onze base e quando assim é...

4 comentários:

lawrence disse...

Perfeitamente alinhados com o país real!
Medíocre!
Vivendo (e esperando sobreviver) à sombra de 2 ou 3 ícones!

águia_livre disse...

Bom dia caro jotas

Parabéns pela tua análise que está feita de uma forma perfeita, real, verdadeira.
A nossa selecção foi uma vergonha. Parecia até que a maioria dos jogadores não queria ganhar nem mesmo empatar o jogo. VERGONHOSO

Um abraço

MAGALHÃES-SAD-SLB disse...

Foi uma vergonha Amigo Jotas.... o jogo cá contra a Islândia já foi mau e só vencemos porque a Islândia é mesmo muito fraquinha.

De resto não percebo algumas ausências, algumas convocatórias e pouca ou nenhuma reacção apartir do Banco de Suplentes... Se o nosso Benfica fizesse uma exibição deste calibre, no dia seguinte, Jesus era crucificado!!

Ontem, uma defesa horrível, um meio campo inexistente e um ponta de lança ridículo.

Vamos ao Euro, ganharemos no play-of, mas podiam evitar-nos esta, como dizes e bem, HUMILHAÇÃO.

Abraço e o que vale é que sexta já joga o glorioso....

zeparafuso disse...

Bem analizado! Tenho pena que o meu clube, chegue a jogar sem nenhum português. Os tempos mudaram, é certo, mas que saudades....

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista