quinta-feira, 13 de outubro de 2011

DEPOIS DA SELECÇÃO - O regresso dos clubes.

   Com os candidatos à F.P.F. e restantes dirigentes da nossa praça, mais preocupados em assumir o controlo da arbitragem e da disciplina do órgão federativo, do que com a regeneração do futebol português, nomeadamente na criação de condições para o aparecimento de novos talentos, limitando a aposta em estrangeiros de qualidade duvidosa que caiem de para quedas todas as épocas na nossa Liga, o que por si só demonstra bem o sinuoso caminho que segue o futebol nacional, sem um pingo de vergonha e um descaramento sem limites, pela impunidade de toda a máfia que nele circunda e após se saber que a Selecção de Portugal vai defrontar no play-off de apuramento para o Euro 2012 a Selecção da Bósnia, repetindo o mesmo de há 2 anos e na minha opinião o pior adversário possível, eis o regresso dos clubes à competição.
    Há que admitir que o que mais move o povo português são os seus clubes, os fins de semana sem eles são enfadonhos e parece haver ali um vazio por preencher.
   O regresso dos clubes dá-se com a Taça de Portugal, ainda sem grandes níveis de emotividade, pois exceptuando um ou outro jogo, ainda não há daqueles confrontos que motivam os adeptos, pese embora eu considerar que o Benfica não pode menosprezar em demasia o seu adversário, pois o Portimonense era na época passada da 1ª liga, caindo na Liga Orangina e como sabemos, muitas dessas equipas apresentam um nível qualitativo idêntico a algumas equipas da nossa 1ª liga, embora o Benfica seja claramente favorito, tenha a obrigação de passar esta eliminatória e qualquer outro resultado que não a vitória será uma surpresa muito nefasta para o clube.
   Como sabem, sou um grande fã da Taça de Portugal, uma prova em que apesar dos muitos anos de ausência na final, o Benfica é claro denominador e por isso mesmo com uma responsabilidade acrescida.
   As saudades de uma final desta competição com o Benfica presente são já imensas, daí exigir que o clube tenha um desempenho na prova condizente com os seus pergaminhos, pois na época passada, de forma humilhante e sem perdão, o Benfica deixou escapar essa final, permitindo que o Porto vira-se em Lisboa um resultado desfavorável de 2 golos.
   Por isso, é imperioso começar de forma afirmativa a edição deste ano, os algarvios são a 1ª missão na prova e é importante que no seu caminho na Taça de Portugal, não só o Benfica não se deixe surpreender por adversários de menor nomeada, como não pode permitir algo semelhante ao que aconteceu na época transacta.
   Não podendo falar de todos os clubes, falarei apenas de Sporting, Porto e Braga, porque são no fundo os principais rivais do Benfica, embora a Taça seja sempre uma prova de grandes surpresas com frequentes tomba gigantes.
   Todos eles tiveram um sorteio bem mais favorável que o Benfica, a equipa de Alvalade desloca-se ao norte do País, onde vai enfrentar um histórico do nosso futebol, há muito arredado dos grandes palcos, a equipa do Famalicão, hoje mergulhada na  2ª divisão B, após profunda crise que o assolou e em princípio não será grande obstáculo a um Sporting que atravessa o seu melhor momento na presente temporada.
  Já o concelho de Sintra vai estar este fim de semana em festa, com o 1ª de Dezembro, mais conhecido pelos feitos no futebol feminino que masculino, a receber a formação do Braga, após em tempos recentes já ter defrontado a equipa minhota e o Sporting.
   Esta equipa está na 3ª divisão nacional e o maior problema para os bracarenses será o campo sintético, de resto o obstáculo será acessível.
  Também em Sintra, o Pêro Pinheiro defronta pela 1ª vez na sua história um grande do nosso futebol, neste caso o Porto, um campo também de piso sintético, esta equipa que subiu das distritais à 3ª divisão nacional, não terá grandes argumentos para contrariar o poderio do adversário, este jogo será essencialmente encarado com um dia de festa, que será certamente aproveitado pelas gentes daquela terra.
  Que seja um fim de semana de verdadeira festa do futebol, em que as equipas de menor expressão aproveitem bem a oportunidade fantástica de defrontar equipas de um outro patamar.

2 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Claro que não esperamos outro resultado em Portimão que não seja a vitória do Benfica.
Ao que parece também o JJ sonha ganhar esta competição, por isso concerteza não vai facilitar.

Abraço.

Sakana disse...

AFINAL, QUEM É O NAUSEABUNDO LUIS BELEZA?

www.sakanagem69.blogspot.com

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista