segunda-feira, 28 de setembro de 2009

JORNADA DE CLÁSSICO POLÉMICO - E mais uma noite de goleada na Luz.

--- Foi uma jornada marcada por um sempre apetecido clássico, com polémica à mistura mesmo antes de começar, com a restante noite a ser marcada por mais uma goleada na Luz.

PORTO 1 SPORTING 0 - Um jogo marcado por uma nomeação desnecessária e que previsivelmente veio a dar polémica, se é verdade que o Sporting também tem imensas culpas nesta derrota, com Paulo Bento à cabeça, devido à insistência num desastrado Polga, a verdade é que apesar de tecnicamente Duarte Gomes ter estado bem, disciplinarmente, teve uma exibição desastrosa, com claro prejuízo do Sporting.
    Entrou muio forte o Porto, com Hulk a aproveitar muito bem a longa ausência de Grimi, com o argentino a ser sempre utrapassado com grande facilidade e o Sporting a continuar a denotar um confrangedora debilidade defensiva, nomeadamente nos lances aéreos, o que nesta fase da época, já começa a ser incompreensível. Será que não se treinam situações de bola parada no Sporting? Parece que não.
   Fruto dessa entrada a todo o gás, o Porto chega ao golo logo aos 4 minutos por Falcão, o qual se antecipou a um apático Polga, marcando um bom golo de cabeça. Não satisfeito e apercebendo-se da desorientação leonina, o Porto continuou a carregar e só por milagre não ampliou a vantagem, foram de facto 20 minutos de autêntico sufoco.
   Depois e aos poucos, a equipa leonina foi equilibrando, embora sem causar grandes calafrios, mas as poucas oportunidades depois desse período eram quase todas do Porto, valendo em muitos casos Rui Patrício que fez uma bela exibição, a excepção no ataque leonino nesta 1ª parte, foi um cabeceamento de Postiga à trave da baliza de Helton.
  Na 2ª parte, o Sporting entrou mais concentrado e tentava assumir as rédeas do jogo, até que Polga, quem havia de ser, volta a ser carrasco e comete penalti indiscutível sobre Hulk e consequente 2º amarelo, um duro golpe para a equipa de Alvalade, mas Patrício, de longe o melhor do Sporting, defende e mantém intactas as esperanças leoninas.
   Curiosamente foi com 10 unidades o melhor período do Sporting, equipa que com um pouco mais de felicidade podia ter chegado ao empate, não o conseguiu e a partida não acaba sem mais uma expulsão, agora de Miguel Veloso, mas já sem grande influência na partida, embora tenha gerado tal revolta no banco da sua equipa, que Paulo Bento, teve também ordem para abandonar o campo.
  Em suma, uma vitória que se aceita do Porto, mas que ficou marcada por uma dualidade de critérios no capítulo disciplinar do árbitro do jogo, e se não se sabe se teve influência no resultado, uma vez que o Sporting entrou logo a perder, teve com certeza influência no decorrer normal do jogo.
Duarte Gomes, teve uma boa actuação no plano técnico, já no capítulo disciplinar foi desastrado, com nitído prejuízo para o Sporting, como atrás referi, pelo seu mau juízo disciplinar, influênciou o normal decorrer da partida, pois se Meireles, aos 43 minutos fosse expulso como devia, o Porto passava a jogar com 10 e o Sporting com 11 e o que aconteceu foi precisamente o contrário e assim e calhar, já não havia penalti, nem expulsão de Polga, já a mudança do marcador é uma incógnita.
Aspectos positivos, a grande exibição de Patrício no Sporting e de Hulk no Porto, aspectos negativos, Polga a enterrar o Sporting e a dualidade de critérios de Duarte Gomes.
  Como nota de observação, dizer que o Sporting tem de perder o triste hábito de culpabilizar sempre tudo e todos pelas suas derrotas, sem olhar primeiro para os seus próprios erros e que são imensos e também neste jogo, tem muita culpa no cartório, senão vejamos: porque razão, Paulo Bento, continua a usar Polga, quando este tem andado desastrado e jogo a jogo, vai enterrando a equipa, mantendo Tonel no banco de suplentes? Este, deve estar legitamamente a pensar, se nem assim jogo, nunca vou jogar, não ando aqui a fazer nada. Porque razão, com tantos jogos, o Sporting demonstra tamanho desacerto defensivo nas bolas paradas? Será falta de trabalho, para melhorar aquela que é sem dúvida a maior lacuna deste Sporting? Deve-se ainda questionar a política de aquisições do clube, o qual, investiu pouco no mercado e mal, senão vejamos: Fez regressar André Marques e Carlos Saleiro, dois jogadores vulgares e que só com dificuldade seriam titulares na maioria das equipas da 1ª liga, contratou, Caicedo, uma nulidade até agora, Matias Fernandez, que aparece um minuto, desaparece 30 minutos e Ângulo, que estava à 2 anos sem ritmo de jogo e que só estará em condições de substituir Izmailov, quando este tiver recuperado, depois manda-se embora Rohemback e deixou de haver soluções alternativas no meio campo, pois neste jogo por exemplo, com a lesão de Caneira, certamente, Paulo Bento colocaria Veloso à esquerda, fazendo entrar Rochemback para o meio campo em vez de lançar Grimi que não jogava à 7 meses,  ou seja uma sucessão de erros.  O Sporting, deve por isso, começar a olhar mais para dentro, sem andar constantemente a arranjar desculpas exernas para os seus erros e estes constantes reparos aos árbitros e que todos estão contra a sua equipa, feitos por Paulo Bento, faz com que os jogadores, entrem em campo mais preocupados em discutir qualquer decisão dos árbitros do que em jogar futebol, com as consequências daí decorrentes, de acharem que a culpa nunca é deles e por isso podem continuar a jogar mal. Já no Porto, nota-se que as constantes pressões do "deixem jogar o Hulk", está nitidamente a resultar.
BENFICA 5 LEIXÕES 0 - Mais uma goleada na Luz, perante uma adversário que apareceu para dar porrada atrás de porrada, sendo um autêntico atentado ao futebol.
  Entrou muito bem o Benfica e aos 5 minutos já tinha mandado uma bola ao poste, obrigado Diego a uma boa defesa e visto Saviola falhar uma boa oportunidade, talvez por isso, os jogadores do Leixões, começaram a dar fruta em tudo o que mexia, não cabendo outra coisa ao árbitro senão começar a mostrar os amarelos correspondentes e que em alguns casos poderiam ter outra cor, facto esse que foi tirando a fluídez de jogo ao Benfica.
   Depois veio a expulsão de Pouga, após mais uma entrada violenta sobre Di Maria, um mártir na 1ª parte, qual saco de boxe e o Leixões perdia a sua única referência atacante.
   Não satisfeito, o Leixões continuava a destribuir fruta atrás de fruta e a tentar dessa forma quebrar o ritmo imposto pelo Benfica, mas esse domínio encarnado, acabava por dar os seus resultados mesmo ao cair do intervalo em mais um laboratorial lance de bola parada e cabeceamento de David Luíz, estava feito o primeiro golo, que apenas pecou por tardio.
Na 2ª parte, o Benfica consciente da superioridade numérica, entrou decidido a colocar um ponto final do jogo e os lances de perigo apareciam com facilidade, até que numa tabela perfeita entre Aimar, que jogaço e Saviola, este entra na área e isolado, quando se preparava para rematar é albarroado por Nuno Silva, penalti e vermelho com Cardozo a facturar.
   Com 9 elementos por culpa própria, o jogo acabou para equipa de Matosinhos e a goleada construiu-se facilmente e muitos outros ficaram por marcar, Ramires, Maxi Pereira e de novo Cardozo, selaram mais uma justa goleada, num jogo, que correu riscos de acabar antes de tempo, tal a dureza e o abuso da violência protagonizado pela equipa de José Mota, uma vergonha para o futebol, mas que pelos vistos, não envergonhou o seu treinador, que pasme-se, disse que o árbitro devia ser mais tolerante com jovens que pela 1ª vez pisaram o relvado da Luz, o que me faz duvidar, se Mota entendia estar num qualquer jogo de Infantis ou Iniciados ou num jogo de futebol profissional em que todos sem excepção, devem saber qual o limite entre o ser agressivo e o ser violento.
João Capela, teve a coragem de não pactuar com o anti-jogo violento do Leixões, mas ficaram 2 grandes penalidades indiscutíveis por marcar a favor do Benfica, aos 15 minutos por empurrão a Cardozo e aos 37 por falta sobre Ramires e ainda com o resultado em branco, valeu que não houve necessidade desses penalties.
  Destaques pela positiva, para o brilho de Aimar, um genio da bola, que lhe valeu a justa convocatória para a selecção Argentina e para o omnipresente Javi Garcia, parece um bruxo a adivinhar sempre para onde vai a bola, pela negativa, a táctica da porrada, usada como estratégia para tentar parar este Benfica, nem todos os meios justificam os fins.
RESTANTES RESULTADOS: Maritímo 1 Naval 2; Setúbal 0 Paços de Ferreira 1; Rio - Ave 0 Académica 0 e Olhanense 0 Braga 1.

17 comentários:

carlos silva disse...

Concordo com a análise feita aos 2 jogos.Se bem que no jogo do Sporting para alem de postiga ter cabeceado à barra na primeira parte, há uma jogada deliciosa de Matias que incompreensivelmente fara cara a cara com helton, no unico momento em que ele apareceu no jogo, grandes jogadores, jogadores de 3,5M nao podem falhar aquilo.Mas continuo com esperança em Matias, bem como em Caicedo.Tenho esperança que inda possam vir a brilhar.A nomeaçao é mais do mesmo de vitor pereira, e em relaçao ao Sporting lamentar-se nao ouvi nada da boca da mais alta figura do clube Presidente, que se virmos bem tem lutado e justiça lhe seja feita por manter boas relaçoes com toda a gente, nao incentivando a polemica.Teve sentado ao Lado de PC(como outros nao estariam) teve sentado ao lado de Rui Alves(como ninguem pensaria), nao o ouvi comentar nomeaçao nenhuma, nem arbitragem, nem jogos de outras equipas.Alias so ouvi elogios ao Benfica e ao Porto, no fundo um presidente bastante simpatico, será isto bom em PORTUGAL?

Deixo a questao pa responder.

Quanto ao Benfica mais do mesmo...

carlos silva disse...

Deixo aqui também que o sporting sem fazer um grande jogo no dragao merecia o empate, e fez ver que tem equipa para o porto, Grimi começou mal os primeiros 15 minutos, mas depois mostrou ser o melhor lateral esquerdo do Sporting, sem ser bom, fez cortes que duvido que alguns dos outros fizessem, mas nao teve dinamica ofensiva.Quanto a soluçoes po meio-campo, ainda nao vi muito no Adrien, mas porque nao testa-lo nestas alturas?Ja que é pa apostar na formaçao, prefiro apostar no Adrien do que em jogadores como André Marques, sempre parece mais evoluido, e temos um miudo a despontar André Santos no Leiria, que até me parece melhor que o Adrien, e se a politica passa por jogar com portugueses(caso raro em portugal), porque nao aproveitar os melhores, e dispensar os banais independentemente das fragilidades da equipa.É certo que as laterais sao casos demasiadamente claros de défice de plantel, mas também já se pensou que o vuck ajuda pouco a defender À esquerda, e por isso será o lado mais deficitário, e ja se pensou que o sporting nao tem nenhum atleta no plantel com mais de 1'84, na defesa, e normal os outros chegarem mais alto?
Nao defendo as embirraçoes de Paulo Bento como Polga, Stojkovic, e Matias, e andré marques mas identifico-me com as ideias do treinador, embora nao entenda a falta de consistencia defensiva.

Jotas disse...

Carlos Silva, o que eu quis dizer com algumas críticas, que julgo construtivas, do facto da equipa do Sporting, essencialmente o seu treinador e alguns dirigentes e personalidades (dias Ferreira, João Braga, Eduardo Barroso, Rogério Alves, Ernesto Ferreira e outros), falar tanto de árbitros e arbitragens, umas vezes com outras sem razão, é que tudo isso dispersa a equipa do essencial que é jogar futebol e o que provoca é que essa mensagem de desconfiança, passa para os jogadores e depois o que se Vê por vezes é que qualquer falta mal assinalada, provoca logo reacções intepestivas e tudo isso prejudica a equipa e fá-la dispersar do essencial. É apenas uma opinião que julgo ser visível aos olhos de todos.
Quanto a Bettencourt concordo com algumas coisas que dizes, embora ache, que se calhar, não se devia sentar ao lado de pessoas que desde à longos anos vem pagando para o Sporting perder, para além de nas suas costas lhe roubar jogadores, algo que parece esquecido na memória dos sportinguistas, que preferm olhar mais para o benfica. Se é bom ou não não sei, o que sei é que os dirigentes do teu clube, com o Presidente à cabeça, deviam olhar mais para dentro do que para fora do clube, pois é lá que estão os principais problemas.

Jotas disse...

Como sabes, apenas vi o resumo alargado e assim como o Porto podia ter resolvido o jogo nos primeiros 20 minutos, também é verdade que a reacção do Sporting, podia fazer merecer o empate, até pelo facto de estar reduzida a 10 unidades, julgo até que o Sporting deu sinal de estar em crescendo.
Num entanto e julgo que concordas comigo, é algo estranho, estando um jogador em tão má forma e numa posição em que a alternativa de banco até é bastante válida, continue a jogar, naturalmente Tonel, deve estar bastante desmotivado e a pensar que se nem assim joga é porque não conta para o treinador e depois, até é o melhor jogador no espaço aéreo, onde a debilidade do Sporting é assustadora, por isso não compreendo essa opção de PB.
Depois é estranho que sabendo-se onde está a maior lacuna da equipa e que os adversários a tentam explorar, que em tanto tempo, PB não consiga amenizar o problema, continue a defender de igual modo nas bolas paradas, dando a sensação que só sabe aquilo e que tudo o que fuja daquilo que sabe, ele não consegue reagir.

GIL VICENTE disse...

Uma encliclopédia do fim de semana futebolístico, com incidência onde devia haver incidência.
Muito bem

O VERMELHÃO disse...

PORTO vs SPORTING - O resultado Justo seria o empate,mas como sabemos que no futebol não há justiça temos que aceitar o resultado, porém acho que a equipa tecnica do sporting está muito nervosa e anda a espingardar para todo o lado. Quando chegar a vez de defrontar o Benfica... vai lá vai até a barraca abana...

SL Benfica Vs Leixões - Concordo plenamente com os comentários.

Força Benfica

garanhão plus disse...

Eu só vou começar a festejar os golos do Benfica a partir do 3º golo, senão ainda tenho uma rotura muscular tal o esforço feito e eu já não tenho preparação fisíca para isso.
Os chorões de Alvalade é mais do mesmo, coitados seriam campeões invictos, pois sempre que perdem a culpa é de todos menos deles, enfim o triste fado à João Braga.
Mas até deviam ser mais roubados, pois não são eles os grandes amiguinhos dos corruptos? Não são eles que tanto vibram com as vitórias tripeiras? Então, olhem, é mais uma, festejem.

carlos silva disse...

Realmente para mim ser o clube simpatico nao dá neste futebol, daria em espanha e em inglaterra, mas cá nao dá.Como toda a gente sabe Nenhum clube se dá bem com todos os clubes, como acontece com o Sporting, pois como sabem até elogia os outros, em vez de falar apenas do nosso clube.Para mim nao pode ser assim.Quanto aos arbitros o meu treinador nao comentou a nomeaçao ao contrário do JF.falou após o fim, coisa que penso que é virgem este ano.E so tem falado quando lhe perguntam.Falou com a olhanense onde foi honesto a dizer o que era obvio mas que nenhum treinador que eu visse fosse capaz de dizer, que nao era penalty.Volto a relembrar que esta situaçao nao é virgem, ja o tinha feito noutra situaçao onde disse que tinha sido beneficiado, salvo erro contra o guimaraes.Gostaria também de relembrar para os mais esquecidos, que ele fala sempre quer quando perde quer quando ganha, e sempre quando e instigado a comentar.Nao se queixou quando perdeu co braga, apenas disse e mais tarde que tinha ficado uma mao por marcar, mas apenas mais tarde.Conhecendo tao bem o temperamento de Jesus que o ano passado falou e disse das boas na própria Luz, penso que se lhe tivesse a correr mal, tambem falaria.é pratica comum.Agora o meu presidente é capaz de ser o HOMEM MAIS CORRECTO NO FUTEBOL PORTUGUES, RIAM-SE se quiserem, mas tem dado mostras disso.É bastante transparente, e toda a gente sabe qyue o futebol ta em crise, e por isso nao se entra em loucuras, e nos quer queiramos quer nao, nao temos o poder de mobilizaçao do Benfica, cujos alguns adeptos preferem nao dar de comer aos filhos para ir À bola, e sabe-se bem disso.Infelizmente nao temos adeptos desses, ou melhor temos poucos.Infelizmente ou talvez nao.Nota para o excelente jogo do guimaraes - leiria, o melhor jogo da jornada...

Jotas disse...

Nota-se Carlos, que não andas bem informado, se calhar lês poucos jornais. Animosidades e conflitos, há em todo o mundo, a diferença do nosso país para os que referes é que lá as realizações não passam um jogo a repetir lances polémicos nem a comentá-los, aceitam-no, nós nisso, somos completamente diferentes, lá não existem programas com comentadores que passam a vida a falar de arbitragens em vez de futebol e é isso obviamente que alimenta ainda mais as polémicas.
Não sei se o Bettencourt é bonzinho ou mauzinho, nem me interessa, o que acho e julgo que afirmei neste post de forma clara e sem qualquer tipo de sarcasmo ou ironias, porque julgo ser real, é que independentemente de algumas razões de queixa que o Sporting possa ter e em alguns casos tem mesmo, a mensagem que é transmitida é que a culpa de tudo o que de mal se passa no clube é sempre externa e essa mensagem passa necessariamente para o seio do grupo de trabalho e isso reflecte-se nos jogos, com tudo o que de negativo acarreta. Se reparares bem, em lances assinalados contra o Sporting nos seus jogos, mesmo quando bem assinalados ou em situações sem grande relevância, muitos dos jogadores esboçam sempre um protesto, riem, ou abanam a cabeça, etc, porque a mensagem transmitida de perseguição quer pelo técnico, quer por a estrutura dirigente (bettencourt não significa ser estrutura dirigente, há mais dirigentes), está já tão assimilada pelos jogadores, que os faz reagir espontaneamente. Começa a reparar no que te digo e vais ver se tenho ou não razão, acho que isso não anda a fazer bem à equipa.
O que afirmo também e não sei se concordas, é que o facto de se olhar mais para fora e pouco para dentro, onde verdadeiramente estão muitos dos problemas (vê os exemplos que dei no post)e quanto mais tempo o clube demorar a olhar para dentro, mais tarde reage a eles, o que para mim é óptimo.
Acho é ridículo da tua parte, afirmações tão banais e de cliché que fazes em relação aos adeptos do Benfica deixarem de dar de comer para ver o Benfica, isso é tão ridículo que nem me deveria merecer qualquer comentário e até fica mal, uma pessoa com a tua inteligência tornar um chavão num facto, a não ser que conheças alguém que o faça, eu não conheço.
O que se constacta e julgo que é isso que assusta muita gente, é que a capacidade de mbilização do Benfica é única em Portugal, o que se constacta é que desde Portugal ao Canadá, apenas o Benfica enche estádios e isso é que é um facto e não uma banalidade, julgo mesmo, que até devias estar agradecido, porque como sabes também é a única vez que o teu clube tem gente no estádio é quando recebe o Benfica, imagina o que seria dos clubes sem um Benfica, a falência era total.
Eu até achava engraçado ver o Benfica um dia a jogar a Liga Vitalis, para ver uma 2ª liga a facturar mais que uma 1ª liga, assim talvez todos percebessem o que significa o Benfica.

garanhão plus disse...

Para a azia o carlos silva tem um bom remédio, pastilhas rennie, acho que neste momento estão esgotadas, mas talvez no hospital de alvalade haja, pois anda por ali uma enorme pandemia.
O desespero é assim, faz-nos dizer coisas sem nexo.
Boa sorte para a Uefa Cup, que se calhar na próxima época nem lá estarão.

Blog do Vascão disse...

Retribuindo a visita, obrigado por acessar meu humilde blog, seja sempre bem vindo a comentar por lá. Seu blog é muito bom, e já estou o seguindo.
Abraço
Jeferson

Bruno Venâncio disse...

Eu vi o jogo e apesar de não ter havido nenhuma equipa claramente superior, o Sporting foi, a espaços, melhor equipa e mais perigoso do que o Porto, principalmente na 1ª parte. Teve esse lance do Matías, teve o cabeceamento do Postiga à barra e mais um ou 2 ataques que mereciam melhor conclusão, a sua maioria desperdiçados infantilmente pelos cruzamentos defeituosos do Vukcevic. Mas como sempre o árbitro tinha de dar as suas achegas. A falta do lance do golo é muito discutível, assim como o primeiro amarelo a Miguel Veloso, que nasce de mais uma simulação de Hulk. Há ainda o caso de Raul Meireles, que seria o primeiro jogador a ser expulso do jogo. Mas, independentemente de tudo isso, o que Paulo Bento devia explicar é como é que não percebe que o Polga actualmente nem na Vitalis tinha lugar. Com Tonel a defesa ganha sempre muito mais segurança, acutilância e força nas bolas paradas e aéreas. Com Polga é sempre uma avenida e os cortes pelo ar são deprimentes. Está lento, a falhar todos os tempos de corte e enquanto continuar assim o Sporting vai sofrer muito.

carlos silva disse...

Mas nao comentei, o que me deixou mais escandalizado neste fim de semana, nem foi o jogo em si, foi a comunicação social.Não sei se tentaram ir comprar o jornal no Domingo(houve quem nao conseguisse),quando houve um clássico Porto-Sporting, a capa do jornal foi:AVES DE RAPINA NO record, e na bola uma coisa parecida, como é óbvio já nao comprei o record.Compreendo obviamente que o benfica vende mais, mas porra era dia de clássico por mais mal jogado que fosse, devia ser a capa em todos, e nao o 5 a 0 do benfica.Pior hoje ia comprar o record,já que o porto ia jogar para a Champions e ver os onze e tal, e a capa era mais um vez o glorioso.Lembro me que já aqui falei nisto, mas num clássico nunca pensei acontecer.E aposto que amanha o Porto nao é capa, a nao ser no jogo, nem que vença 5 a 0 o atletico.

Jotas disse...

É isso das capas que causa asim tanta inveja? O que queres que te faça, os jornais são geridos por empresas, as quais visam o lucro, que culpa têm se vocês não dão receitas a nigué,ganhem o que ganharem?

carlos silva disse...

Não é questão de Inveja Jorge, acho que não é bom Jornalismo apenas isso, tem de se dar prioridade ao mais importante, e se quanto À bola nao me espanta(falei com uma jornalista deles la no andebol e é politica mesmo da casa optarem pelo Clube que tem 200 000 sócios),o Record normalmente o mais imparcial(até dito por ti), fazer capas do SLB num Derby de grande importancia para ambos os clubes.Ou seja só gostava de poder ler notícias do meu clube, e ler todas as incidencias do Derby que como sabes, nao vi...

Jotas disse...

Se abrisses o jornal, lá dentro, estavam todas as incidências do derby, lá dentro teve naturalmente mais paginas que o Benfica - Leixões.
Como empresas que são, os jornais escolhem capas que vendam, mas as notícias, essas, estão todas lá dentro, basta abrir o jornal.

carlos silva disse...

Pois aí foi meu o erro nao comprei...Porque pensei que nao tivesse assim tantas paginas

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista