sábado, 12 de setembro de 2009

ESTRANHAS MANOBRAS - Benfica arrasa em comunicado oportuno.

--- Começa a roçar o ridículo e a vergonha, aquilo que se tenta fazer para descredibilizar o Benfica, sempre que este se mostra forte, primeiro com  assunto do ptrocínio da Sagres, em que parece que toda a gente, por conveniência, se esquece que ainda muito antes da liga firmar o acordo com essa marca, já o Benfica tinha uma bancada Sagres, não satisfeitos, surge agora a triste historieta do castigo a um delegado da liga, apenas e só, porque ele não escreveu no relatório, aquilo que não existiu, mas que querem que tenha existido, para justificar a má actuação de Pedro Henriques e o castigo infundado aplicado ao Nuno Gomes.
AQUI FICA O BRILHANTE COMUNICADO:
O director de comunicação do Benfica afirmou hoje à Agência Lusa que estranha a necessidade da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) em “justificar” o castigo aplicado ao delegado do jogo Benfica-Nacional, da época passada.
“Temos assistido nos últimos dois dias a uma estranha manobra de alguém que dentro da estrutura da Liga quer justificar o castigo aplicado a um observador em elementos que de prova pouco ou nada tem”, explicou à Lusa João Gabriel.
De acordo com o Benfica, a Liga tentou numa primeira fase justificar o castigo com “as imagens do túnel e depois com a divulgação completamente descontextualizada de algumas partes do depoimento de Ricardo Maia “(assessor de imprensa dos “encarnados”).
“Estranhamos também a necessidade de justiçar o castigo aplicado e ainda que alguém dentro da Liga deixe passar para a imprensa, ainda que de forma completamente truncada, elementos que estão em segredo de justiça”, afirmou ainda o director de comunicação do clube da Luz.
Desta forma, o Benfica resolveu agir: “Por esse motivo, o Benfica vai pedir já esta segunda-feira a certidão do depoimento do assessor Ricardo Maia, ao mesmo tempo que vai solicitar à Comissão Disciplinar a abertura de um inquérito para apurar a responsabilidade pela violação do dever do segredo de justiça e a identificação da fonte anónima que fomentaram as últimas notícias, com vista à sua punição”.
“Ao delegado em causa, o Benfica nada deve, deve apenas a verdade e a defesa dos factos que verdadeiramente se deram no dia do Benfica-Nacional, nada mais”, frisou à Lusa João Gabriel, acrescentando: “Há, porém, verificamos agora, quem esteja mais interessado dentro da Liga em ‘limpar’ observadores que ousam ser independentes”.
O director de comunicação do Benfica comentou também as palavras do treinador do FC Porto, Jesualdo Ferreira, que sexta-feira, em conferência de imprensa, disse que gostaria de saber o que o delegado ao jogo Benfica-Nacional não terá escrito no relatório.
O professor Jesualdo pode ficar descansado, porque em relação ao túnel da Luz escreve-se o que se passa e o que não se passa. Não há túnel mais escrutinado no país, ao contrário de outros, em que aquilo que lá se passa continua um mistério”, finalizou.
Sexta-feira, uma fonte da Liga de futebol disse à Agência Lusa que as imagens do túnel do Estádio da Luz e o depoimento do assessor de imprensa do Benfica foram determinantes para a decisão de suspender por 18 meses o delegado João Dias.
“As imagens do túnel (circuito de videovigilância) fornecidas pelo Benfica ao processo demonstram que João Dias não aguardou pelos árbitros junto à cabina depois de alegadamente ir ao controlo anti-doping e à ‘flash interview´’", informou a fonte.
Essas imagens demonstraram que João Dias "seguiu os árbitros no percurso feito no corredor de acesso aos balneários", destinados àqueles, "até à cabina", tendo entrado nesta "imediatamente após os árbitros".
Por outro lado, o testemunho do assessor de imprensa do Benfica, Ricardo Maia, desmentiu a versão de João Dias, ao afirmar que este "nunca esteve na zona do 'flash interview', em especial quando ocorreram "os insultos de Paulo Gonçalves (assessor jurídico do Benfica) aos árbitros".
De resto, e ainda segundo a fonte, foi o próprio Ricardo Maia quem afirmou ter ouvido "tais insultos" ao árbitro Pedro Henriques e à sua equipa e "acorreu ao local".
Na sequência destes acontecimentos, ocorridos após o jogo entre o Benfica e o Nacional, no qual o árbitro Pedro Henriques anulou um golo nos minutos finais aos "encarnados", Nuno Gomes foi punido com dois jogos de suspensão e uma multa de 1.000 euros por "infracção disciplinar", apesar de o comportamento do avançado não ter sido mencionado no relatório de João Dias.
"Tal delegado presenciou, após o jogo, no túnel de acesso aos balneários e junto da equipa de arbitragem, comportamentos injuriosos de agentes desportivos, e tais comportamentos lhe foram comunicados pela mesma equipa de arbitragem", lê-se no acórdão da Comissão Disciplinar da Liga.
A mesma fonte da Liga adiantou que "a Comissão Executiva da Liga não convidou João Dias para a presente época desportiva, razão pela qual não faz parte do actual Quadro de Delegados da LPFP e não por ter abandonado tal quadro a seu pedido".
Afinal quem mente?

6 comentários:

GIL VICENTE disse...

Caro Jotas

João Gabriel arrasou os bufos da Comissão disciplinar ou da Liga.
Será ela a tal Andreia, irmã de um tal Couto? Ela é, como sabemos, o bufo infiltrado do reino da corrupção condenada.

Anónimo disse...

雙眼皮 新彩整形

大陸新娘 高雄租車

中秋禮盒 肉毒桿菌

瑜珈教室 高雄旅遊

保健食品 乳酪蛋糕

流行服飾 室內設計

汽車旅館 日光花園

法拍屋 隔熱紙

台中住宿 墾丁旅遊

整形外科 首頁科技

電波拉皮 歐化廚具

外籍新娘 果凍矽膠

Jotas disse...

Caro anónimo estúpido e anormaleco, para não te chamar filho da p..., é bom que metas esses simbolos chineses no sítio onde gostas de enfiar coisas, pois esta será a ùltima coisa que vou deixar aqui, para que todos apreciem a tua deficiência mental, de resto,continua a aparecer que eu faço-te desaparecer, é a minha vantagem em relação a ti.
Aos outros, desculpem a linguagm, mas é a única que alguns entendem.

aguiaR disse...

ele acada anonimo mais 'porko ' que os porkos mafiosos de contumil ..

continua e apaga os grunhidos porkos de gente covarde ..

Força BENFICA contra tudo e contra todos os mafiosos de contumil...

aguiaR

Carlos Silva disse...

De resto, e ainda segundo a fonte, foi o próprio Ricardo Maia quem afirmou ter ouvido "tais insultos" ao árbitro Pedro Henriques e à sua equipa e "acorreu ao local".


Segundo o comunicado ouve insultos ou foi tudo inventado?

carlos sivla disse...

Mas àcerca deste assunto, as declaraçoes que gostei mais foi do paulo bento expressam a diferença!Eu gostava era que o duarte gomes fosse castigado por aquilo que fez e que se viu ao treinador de gredes do scp, se fosse ao contrário não ponho dúvidas que a sanção seria outra

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista