segunda-feira, 7 de setembro de 2009

POBRE SELECÇÃO - Será sempre azar?

--- Mais uma triste jornada da fase de apuramento para o Mundial da África do Sul, com o velho romantismo de jogar bem e...não ganhar.
    Mas o seleccionador nacional, vem sempre defender-se com o azar, pelo facto da equipa jogar bem e não concretizar, mas eu pergunto será só azar? O mesmo azar dos outros locais onde foi corrido por...não ganhar?
   Sinceramente, reconheço que a equipa jogou bem, principalmente na 1ª parte, mas quando vejo um seleccionador, andar uma semana inteira a treinar para determinado modelo de jogo, ver durante o jogo, que nesse sistema Portugal dominava o adversário e depois, ao intervalo, ver este seleccionador a tirar de campo, apenas e só o melhor jogador do meio-campo na partida, Tiago e a mudar um sistema de losango em que Portugal dominou o meio-campo e mudar para o 4-3-3, que a equipa não treinou, é no mínimo ridículo.
   Ou seja, isto não é azar, é azelhice, de um seleccionador, que não tem, nem acredita num modelo de jogo.
   Estou preparado, para ver o mundial no sofá, sem a minha selecção presente, o que me deixa aborrecido, mas a verdade é que uma selecção que não consegue vencer a Albânia, não merece estar presente em tamanha competição.

3 comentários:

Bruno Venâncio disse...

Não há azar nenhum. Há manifesta falta de competência por parte do seleccionador e nada mais. Uma equipa que a 5 minutos do fim vence o jogo e se deixa perder, depois empata 3 jogos de seguida a 0, sendo que podia perfeitamente ganhar os 3, não fosse o treinador ser um medroso e jogar para o empate em 2 deles (Suécia) e aí, sim, falta de sorte mas principalmente de pontaria e de trabalho de finalização (Albânia). Depois o sofridíssimo triunfo arrancado a ferros diante da frágil Albânia, com o grande ponta de lança Bruno Alves a fazer o que os avançados a sério não sabem. E finalmente, um jogo em que era imperativo ganhar, e em que não se joga com... avançados!!!, mas sim com extremos adaptados. Claro que só podia correr mal. Jogámos bem, mas Simão e Cristiano Ronaldo não são pontas de lança, portanto nunca seria de esperar que marcassem golos. Esses são para ser marcados por Liedson e Nuno Gomes, que eram os avançados convocados. Quando o b
brasileiro entrou, mais uma jogada de mestre do professor: a equipa, apesar de estar a perder e a falhar muitos golos, estava a jogar bem no losango. Pois bem, entra Liedson (que joga em losango no Sporting e é como sabe jogar melhor, ao lado de outro avançado), e muda-se a táctica para um 4-3-3 de que supostamente se estava a fugir e em que o pobre baiano não sabe jogar. Só voltámos a pegar no jogo, curiosamente, quando o Nuno Gomes entrou. De referir que convocar Liedson e depois não o pôr a titular é a maior hipocrisia. E o Meireles que está tão em baixo de forma tem de jogar sempre porquê? Com Veloso tão bem actualmente, no banco?

Anónimo disse...

não é losangulo é losango...nao alterou para 433, ou se o fez foi por 5 minutos..logo a sguir voltou ao losango com o ronaldo e liedson na frente...modelo de jogo é diferente de sistema de jogo... o treino de selecçao é diferente de treino de clube....
é o azar de toda a gente "perceber de futebol"...na medicina, advocacia ou finanças ninguem se mete..pq se vêm meter nos assuntos dos outros?

O VERMELHÃO disse...

A seleção quando podia e divia ganhar os jogos não o fez. Agora que está com a corda na garganta e vê-se aflita,agora dá tudo-por-tudo e provavelmente não vai valer apena. Concordo com o Jotas acho que vou ver o mundial sem a minha seleção. Só me falta escolher por quem vou trocer nuestros hermenos os o Brasil. Mas como eu queria que fosse Portugal. Que haja um milagre....

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista