segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

EM GUIMARÃES - Precisa-se de um Benfica unido para vencer.

    Ao contrário de algumas vozes de amigos benfiquistas, não alinho em dramatismos excessivos, ou seja, não sou daqueles que acha que caso o Benfica não consiga vencer em Guimarães compromete a conquista do campeonato, o que penso é que este jogo é de tremenda importância, que em caso de vitória o Benfica dá um grande passo em frente, embora nada resolva e caso não consiga ganhar, a única certeza que existe é que vai continuar a ser líder e continuará a depender de si para ser campeão.
    Obviamente é inegável a importância do jogo de hoje em Guimarães pelas 20H15, essencialmente por aquilo que deste confronto pode advir em termos morais, ganhando, a posição do Benfica saí mais reforçada para o interior do grupo de trabalho, ou seja, a equipa vai acreditar ainda mais na conquista do seu principal objectivo, ao mesmo tempo que dá para os seus mais directos rivais, Porto e é bom não esquecer o Braga, um sinal de força que pode condicionar a sua acção futura.
     O Guimarães, é sempre um adversário complicado, nomeadamente quando joga em casa, tem bons executantes e depois de um período conturbado ao nível dos resultados, a equipa ganhou alguma estabilidade, conforme se comprova com as 7 vitórias, 1 empate e 2 derrotas nos seus últimos 10 jogos, mesmo que o seu nível exibicional ainda não seja o melhor, a verdade é que estabilizou em termos emocionais, fruto da confiança adquirida pela melhoria evidente de resultados, caminhando agora, com algum conforto, na 6ª posição da Liga.
     No entanto, este Benfica tem mostrado muita qualidade de jogo, uma equipa que me parece num bom plano a nível físico e psicologicamente muito crente nas suas capacidades, não é por acaso, que esta equipa, já virou por diversas vezes resultados adversos, o que dá ainda mais confiança.
     Nesta difícil deslocação, precisa-se de um Benfica unido para vencer, pese o facto de não poder contar com Javi Garcia, uma tremenda contrariedade, pela sua colocação no terreno, percepção do jogo e uma leitura táctica das incidências do jogo que lhe permite dobrar os laterais ou compensar as saídas dos centrais com uma eficácia tremenda.
   O seu natural substituto é Matic, não colocando em causa o seu valor, a verdade é que o jogador sérvio é muito diferente do espanhol, tem também um boa capacidade de recuperação de bolas na zona do meio campo, mas claramente falta-lhe a desenvoltura táctica de Javi e a consistência e continuidade de jogo, perdendo a equipa algum equilíbrio defensivo.
    A boa notícia é a recuperação e convocação de Rodrigo, o jovem jogador, tem sido nos últimos jogos dos mais desequilibradores jogadores do Benfica, porque joga muito bem quer no meio da linha defensiva e do meio campo adversário, quer a partir as costas das defesas adversárias com um poder de arranque fantástico e uma clarividência notável na hora de finalizar que é fora do normal para a sua idade.
   Desconhece-se as ideias do treinador benfiquista, se vai optar por colocar Rodrigo no banco, entrando Aimar para preencher mais o meio campo e ao mesmo tempo dar mais posse de bola e criatividade, poupando desse modo o avançado do Benfica, vendo aquilo que as incidências do jogo ditam, contudo, há que perceber que este mês é crucial para as aspirações do Benfica, onde se jogam cartadas que podem ser cruciais para o resto da época e das duas uma, ou o jogador está em perfeitas condições e aí não há que fazer poupanças ou o atleta não está em condições e não joga, porque se há jogo com elevado grau de dificuldade em que não se justifica qualquer tipo de poupança, esse jogo é hoje.
      Aguardemos então por aquilo que o jogo de mais logo vai ditar, com confiança, cientes das dificuldades que este jogo vai trazer, mas com um certeza muito positiva e que deve estar bem presente na mente de todos os benfiquistas, aconteça o que acontecer em Guimarães, é muito bom saber que o Benfica acaba esta jornada em 1º lugar da liga e a depender apenas de si.

4 comentários:

troza disse...

O importante hoje é não perder. Mas claro que se ganhar ficará muito mais perto do título.

O problema do Benfica são estes palhaços que vão aparecendo no caminho: xistras, benquerenças e etc... se o campeonato fosse justo, não havia nada de especial neste jogo... mas a gente sabe que não é...

Carlos Alberto disse...

O caminho do titulo passa por Guimarães!

MAGALHÃES-SAD-SLB disse...

Muita atenção ao nosso adversário sem esquecer a atenção necessária ao Sr. do Apito que, estou certo, tudo tentará para diminuir o Benfica. Muita concentração é vital para ultrapassar o Guimarães e o Carlos Xistra... Temos que jogar o suficiente para não depender de um fora de jogo mal tirado ou um penalti não assinalado. Hoje é jogo para homens de "barba rija", hoje é jogo de guerreiros...

Se for possível aliar à vitória uma nota artística elvada tanto melhor, se não for possível, que vistam o "fato de macaco", lutem muito e vençam por nós!!

Façam deste jogo mais um na caminhada triunfal rumo ao Marquês de Pombal! Sigam o exemplo do nosso primeiro Rei, vençam a "batalha" de Guimarães e venham para Sul, como Afonso Henriques, de "espada" em riste, sem medos ou receios, ultrapassando todos os adversários, todos os obstáculos e todas as armadilhas numa jornada Gloriosa e de conquista em conquista a "onda Vermelha" será imparável e pintará o País de Vermelho!

Luis Garcia disse...

Concentração, Humildade, Raça e Profissionalismo. Com estes ingredientes o obstáculo Guimarães será superado, e xistra idem...


Benfica, Benfica, Benfica, e nada mais do que BENFICA!!!


Luis Garcia

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista