sábado, 12 de fevereiro de 2011

ANTEVISÃO DA JORNADA - e as palavras de Carlos Pereira.

--- O campeonato continua, com uma luta a dois, com clara vantagem pontual para a equipa do Porto, com um fosso cavado pelas mais variadas razões, desde alguma incompetência inicial do Benfica, até outro tipo de incompetências já aqui suficientemente escalpelizadas.
   Contudo e ciente da sua força, o Benfica, como deve ser sempre, recusa-se a atirar a toalha ao chão, mas por muito que o discurso para o exterior seja de esperança e fé, julgo que existe a noção real das dificuldades e que será mais fácil ao Benfica conquistar outras provas.
   O meu maior receio, é que a actual fase da equipa, obrigue de novo as forças de bloqueio a agir e que se passe de novo aquilo que se passou no princípio da temporada e que relançou em definitivo o Porto rumo ao título e só uma grande competência e um Benfica de altíssimo nível, pode lutar contra isso e é já contra o Guimarães, que o Benfica tem de dar novo sinal da sua força, de preferência com a capacidade do seu jogo e com uma moldura humana nas bancadas que mostrem porque razão o Benfica é o único clube português, fora das 4 principais ligas europeias, a figurar no lote de clubes que mais receitas produzem.
    No jogo de hoje, o mais importante é vencer, de modo a pressionar o Porto que joga logo a seguir em Braga, no entanto, é também importante que a esse factor, se consiga aliar o capítulo disciplinar, numa equipa que é amarelada por tudo e por nada, ao contrário de outros e que também aqui se faz a diferença, de facto, para o derby que se segue, é importante poder contar com Salvio, mas principalmente com Luisão e Fábio Coentrão, todos eles em perigo de exclusão.
   Temos portanto amanhã, pelas 18H15 na Luz, um jogo importante, como serão todos até ao fim, isto se ainda quisermos ter uma palavra a dizer em relação às contas do título e se o Benfica estiver ao nível dos últimos jogos, estou certo que não deixará fugir os 3 pontos.
   A seguir a este jogo, temos o Porto em Braga, um encontro de aliados, mas cuja situação actual da equipa de Domingos Paciência, não lhe permite prestar a devida vassalagem ao patrão, por isso acredito que vai ser um bom jogo, com desfecho imprevisível.
   Infelizmente, o que antecede este jogo, começa a deixar já alguma suspeita no ar, pois não deixa de ser uma infeliz coicidência que Ukra, jogador cedido pelo Porto, se tenha lesionado nesta semana, só ninguém sabe é que tipo de lesão o afecta.
  Mas o Benfica já sabe, que perante tanta anormalidade, para vencer, não lhe basta ser melhor, há que ser muito melhor, mas no momento em que a bola rola, há um certo esquecimento de todas as manobras de bastidores e uma esperança nos adeptos que aquilo que se vê no relvado, corresponde à verdade dos factos, o que como se sabe, nem sempre é assim.
   Não concordo com aqueles que dizem que o título passa por este jogo, isso só seria verdade, se a um triunfo do Porto, se juntasse uma derrota do Benfica, é antes um jogo importante, que por razões óbvias cativa a esperança da nação benfiquista, mas que está longe de ser decisivo, para mim decisivo, caso tudo se mantenha assim, ou caso a distância entre ambos seja encurtada, será o Benfica - Porto do campeonato, pois aí, uma vitória do Benfica, lançará no ar, muitas dúvidas e ansiedade no seio do plantel portista, mas sinceramente, temo que antes disso, já alguém tenha conseguido arredar o Benfica de uma luta justa.
   Acreditando apenas no futebol em si e com uma ténue, muito ténue esperança que se veja apenas futebol até ao fim da temporada, acredito que a luta Benfica - Porto, se arraste até ao final da temporada, era essencialmente bom para a Liga e para o futebol.
   Hoje deparei-me com a entrevista de Carlos Pereira, Presidente do Marítimo, ao jornal "Abola", em que este senhor, teve a coragem que falta a muitos, de contar a verdade das movimentações portistas no futebol, não que seja novidade para alguém, mas porque pode ser que outros, vendo estas palavras fora do contexto de Luis Filipe Vieira, abram em definitivo os olhos e deixem de pactuar e de serem subservientes, aos que estão ligados a história mais podre e decadente do futebol português.
  Uma entrevista para ler com a devida atenção e daí tirar as devidas ilações, mas mais que isso, onde se impunha a abertura de um sério processo de averiguações por parte de quem rege o futebol em Portugal, mas principalmente do Ministério Público, mas sinceramente, perante a impunidade que vai reinando, a ilegalidade que vai imperando na mais alta instância do futebol em Portugal e a total inércia das nossas leis e de quem as aplica, não acredito que haja sequer a coragem de se apurar a verdade do que foi dito, até porque, o próprio Carlos Pereira, afirma que o arquivo tem sido o caminho dado a tudo o que ele tem revelado e isto só por si, é sintomático do estado a que o país chegou  em matéria de Justiça.
   Um bom fim de semana, com um apelo para mais uma das muitas ROMARIA À LUZ.

5 comentários:

Carlos Alberto disse...

Nós, Benfiquistas somos muito grandes e por vezes, não vemos o que se passa à volta: Isto tendo em conta a luta do Marítimo.

O Presidente do Marítimo é inimigo do Porto deste o tempo do manifesto dos 4 (Benfica, Sporting, Belenenses e Marítimo) que foi inventado pelo Dias da Cunha e impulsionado pelo LFV.

Dizer, como se lê hoje pela Gloriosasfera que ele só acordou agora é uma grande injustiça

Berrante De Encarnado disse...

Mais uma vez, vai ficar outro caso grave por investigar, ou melhor, por punir, como aconteceu em tantos outros ao longo dos últimos 30 anos.

BENFICA SEMPRE!!

Cumprimentos

Manuel Oliveira disse...

Amigo Jotas, esperamos mais uma vitória incontestada do Benfica e um deslize azul em Braga para diminuir o atraso. Isto se acontecer apenas futebol nos dois jogos.
Quanto à entrevista de Carlos Pereira, vamos ver no que dá. Até agora não tem dado nada, mas o Jornal A Bola é importante. Não fazer nada é vergonhoso!

Abraço.

troza disse...

Mais um grande post.

e...

Força Benfica!!

Bimbosfera disse...

Caro Jotas, acabou há pouco o nosso jogo contra o Vitória de Guimarães e, ganhando 3-0, perdêmos a hipótese de o Jesus mostrar os dedos todos de uma mão e mais um ou dois de outra se marcássemos mais golos de forma condizente com o que produzimos.
Assim sendo, do Pereira, a ver no que vai dar, mas duvido que dê em algo. Ou fala tudo, ou que se cale para sempre, como nos casamentos.
Sobre o Braga, está a segurar o Porto, até agora, mas ainda vai na primeira parte... A ver no que dá...

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

P.s.- As minhas desculpas de não visitar aqui o cantinho com a frequência que me mereces! Espero recuperar mais agora! Grande abraço!

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista