domingo, 22 de agosto de 2010

ROBERTO 2 BENFICA 1 - Há que mudar urgentemente.

--- Há meia dúzia de dias, fiz aqui um post em defesa do guarda - redes do Benfica Roberto, fi-lo porque achei que foi da mais elementar justiça fazê-lo a seguir ao jogo com a Académica, onde foi só um dos melhores jogadores do Benfica, tendo na minha opinião realizado a única exibição consistente desde que está no clube e mesmo assim, os jornalistas e comentadores atacaram-no com uma ferocidade tal, que me pareceu descabido, sem fundamento e inoportuno.
     No entanto, quando as coisas devem ser criticadas, há que fazê-lo e ninguém deve ficar ofendido ou incrédulo com isso, jogas bem não deves ser criticado, jogas mal deves sujeitar-te.
 Pois bem, ontem na choupana, há apenas um culpado em campo pela derrota do Benfica, chama-se Roberto e custou 8,5 milhões de euros e já aqui repeti várias vezes que os sócios do Benfica têm de exigir a esta direcção e ao seu Departamento de Futebol explicações claras e cabais das razões para se pagar este valor, por um atleta que se tem revelado à excepção do jogo com a Académica medíocre.
   Mas mais culpado do que Roberto é quem insiste em colocá-lo em campo, gosto muito de Jorge Jesus, não deixou de ser para mim o melhor treinador em Portugal, mas neste capítulo errou e está a cavar uma guerra com consequências imprivísiveis para ele e para a equipa, porque ao continuar a existir num guarda-redes que cria ele mesmo oportunidades aos adversários, está a colocar em cheque todo um grupo que não confia no seu guarda - redes e ao mesmo tempo a passar um atestado de incompetência a Júlio César e a Moreira.
   NACIONAL 2 BENFICA 1 - O Benfica entrou muito bem neste jogo, com boa circulação de bola, velocidade nas suas acções ofensivas e seguro a defender impedindo sempre as saídas para o contra ataque do seu adversário.
   Por cima do jogo, a equipa sentia que poderia a qualquer momento chegar ao golo, mas desperdiçava oportunidades que neste tipo de jogos e com a emotividade com que a equipa está não se podem falhar, sob pena de aumentar os seus níveis de ansiedade e perder-se o necessário discernimento.
   Várias foram as oportunidades de golo que o Benfica criou e desperdiçou, ora por inépcia atacante, ora por mérito de Bracalli, que mostrava não ser preciso ser grande, para ser um bom guarda -redes, pelo que no meio de tamanho desperdício, chegou-se ao intervalo com um penalizador 0 a o, de todo injusto para aquilo que o Benfica produziu.
  Na 2ª parte, o Benfica voltou a entrar bem, mas aos poucos começou a notar-se a tal falta de discernimento no último passe, fruto da ansiedade que aos poucos se apoderava da equipa e as coisas pioraram com o golo do Nacional que veio do nada e sem que os madeirenses tivessem já feito algo para merecer o golo, um livre lateral inventado pelo fiscal de linha e um Roberto comido na pequena área, quase a encolher-se e receoso de atacar a bola, o que se estranha em alguém com aquele tamanho, mas de facto, ele vem demonstrando uma enorme falta de jeito neste tipo de lances.
   Com o golo, a equipa perdeu a lucidez e a disciplina táctica até aí evidenciada, no fundo é o reflexo do estado de espírito de uma equipa quando está em maré perdedora, a verdade é que o Benfica tardava em reagir e o Nacional moralizado, conseguia já saídas algo perigosas para o contra ataque.
   Aos poucos o Benfica voltou a melhorar e apareceu Bracalli, sempre muito seguro e com algumas defesas fantásticas que impediram o Benfica de chegar à merecida igualdade, ficou até um penalti por marcar sobre Fábio Coentrão e foi notório também neste jogo, o medo que os árbitros têm em marcar penaltis a favor do Benfica, por mais evidentes que eles sejam, um pouco à semelhança do que aconteceu na 1ª jornada.
   Quando se adivinhava que o Benfica podia chegar ao empate e no preciso momento que a equipa voltou a crescer, eis que o Nacional de forma perfeitamente anedótica, num lance completamente perdido e inofensivo cega ao 2 a o, tudo porque um cabeceamento que inadvertidamente levou a direcção da baliza, mas com a bola a morrer, assustou Roberto que nem sequer consegue dar um toque para canto numa bola que lhe foi à figura, permitindo que esta batesse no post e sobra-se para o avançado do Nacional marcar, uma perfeita anedota o modo com este guarda - redes sofreu este golo.
   Com esse golo, compreensivelmente o Nacional ficou senhor do jogo, o Benfica reagia com o coração e o seu prémio de consolação veio já tarde com uma bomba de Carlos Martins, um jogador que foi só o melhor da pré temporada e que sem mais nem menos, talvez por não ser brasileiro ou argentino, se vê relegado para o banco, julgo que ninguém entende.
Pela positiva: A 1ª parte de bom nível do Benfica, que pode servir como indicador positivo da evolução e daquilo que se quer da equipa.
Pela negativa: Roberto, mesmo com alguns erros de outros companheiros, ele foi sem dúvida o culpado da derrota.
Arbitragem de Pedro Proença, muito má em termos disciplinares, num jogo quase sempre correcto, mostrar 13 amarelos é dar a ideia errada que houve ali uma batalha campal, técnicamente o seu maior erro foi assinalar o livre inexistente de que resulta o 1º golo do Nacional e não marcar penalti sobre Fábio Coentrão que poderia dar o empate, por azar e coincidência, ambos em prejuízo do Benfica.
    Contudo e apesar de Proença, que dizem ser benfiquista, mas que acredite quem quiser, ter sempre uma enorme facilidade em amarelar jogadores do Benfica, em prejudicar o clube nos vários jogos que dirige como devem estar lembrados, de ter uma enorme dificuldade em ver penaltis favoráveis ao Benfica e uma enomre facilidade em os ver contra, a derrota não pode nem deve ser desculpada com o árbitro, a derrota é culpa exclusiva do que atrás foi dito e desculparmo-nos com a arbitragem, seria camuflar os muitos erros próprios, não os combater e emendar e quem está habituado a cair nesse erro e por isso está como está, é o nosso vizinho do lado.
     O Benfica tem de mudar, Jorge Jesus não pode continuar a insistir em Roberto, porque este dá pontos aos adversários e tira confiança à própria equipa,  espero mesmo que por teimosia, o treinador do Benfica não seja o único a perceber que a margem de erro de Roberto acabou e que a não colocação de qualquer outro guarda - redes é o mesmo que lhes dizer que não confia neles. Aqui não pode haver escolhas por ter sido este ou aquele a escolher e a insistir na contratação de determinado jogador, têm de jogar os melhores e definitivamente, Roberto não é o melhor.
   O Benfica está a começar a cavar a sua sepultura muito cedo, apenas 2 jogos e já sem margem de erro é um caminho perigoso, porque salvo raras excepções, não há campeões com mais de 2 ou 3 derrotas. O Benfica continua a depender se si mesmo e é assim que tem de pensar, mas para isso é preciso começar já a ganhar e acredito que entrando novamente numa onda de vitórias, será o retomar de um caminho de sucesso, no qual todos os benfiquistas têm esperança e desejo que a força e a união dos seus adeptos com a equipa, seja já mostrada na próxima jornada, voltando a colocar 50 mil na Luz.

20 comentários:

VHugo disse...

Pois é Jotas, eu como treinador de futebol que sou, vi logo no jogo contra o Sion que ele não servia! Como é possível que alguém do Benfica tenha andado 3 meses a observar este senhor? Só se nesses jogos se rematava de fora da área! Porque a sair dos postes, aquilo não é falta de confiança, é falta que qualidade técnica!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/08/questao-gr.html

carlos disse...

convem referir que no lance do penalty do coentrão(n sei se é falta fora ou dentro, mesmo na tv n consigo ver), há antes uma falta nitida do saviola que faz o jogador atrasar-se e cometer penalty.

Quem quer vê...

Penso que o Benfica não está tal como o meu sporting na melhor forma, e que o guarda redes em vez de dar pontos como jesus queria, tira pontos.

De referir que o 11 inicial foi mal construido, e a culpa do benfica estar como está é unica e exclusiva do treinador, que começou a época muito mais tarde do que as restantes equipas, e cujos jogos de pré-época foram feitos com equipas que são boas para o estilo de jogo do benfica não causando nenhuma dificuldade. Contudo o Benfica ontem esteve melhor do que contra a academica. Não esquecer que cardozo deve ter voltado a tocar 4 segundos na bola, maxi pereira voltou de férias à 2 semanas e já é titular do benfica. Javi Garcia parece estar com algum desgaste ou fora de forma, e a defesa parece estar a comprometer mais, devido principalmente ao guarda redes.-

Gostava só de referir que o jogador nuclear do benfica quanto a mim (Saviola) tarda em aparecer entre linhas e a criar desiquilibrios.

Volto a reforçar a ideia do começo a conta gotas e tarde da época e com alguns jogadores fora de ritmo parece ajudar a todo este cenário, é só uma opiniao.

carlos disse...

só referir uma coisa essa boca em relação ao vizinho do lado não serve, porque co brondby houve claro prejuízo mas tenho a certeza que todos os sportinguistas nem sequer falam no arbitro para o justificar. Preferem olhar para dentro e ver que nao jogamos nada.

Já os homens da luz basta olhar para o teu blog que se percebe para onde olham. POUCA VERGONHA, 5 penaltys por marcar, anti jogo e agressividade excessiva...LOL CITAÇÃO RETIRADA DO JORNAL "O BENFICA", podia muito bem ser do jornal "A BOLA"

O VERMELHÃO disse...

Jotas para o bem do Benfica e do próprio Roberto, acho que Jorge Jesus devia poupa-lo e colocar-lo no banco. Assim o Roberto poderia recuperar psicologicamente, pois para mim é isso que está pesar no Roberto o que o impede de fazer o seu trabalho de forma tranquila. Pois eu não duvido que o Roberto não seja um bom GD, mas neste momento a coisa certa a fazer era poupa-lo desta pressão psicologica que prejudica a ele e ao benfica.

Um abraço.

zeparafuso disse...

Ate que enfim aparece alguem a ter a mesma opiniao que eu. Roberto, nao vale o ordenado, nem sequer a convocaçao, quanto mais o ordenado!!!!!!

troza disse...

Caro Jotas, quanto às duas derrotas do Benfica já falei e acho que a saída de 2 jogadores não justifica a diferença nas exibições. Até porque os últimos jogos fora do último campeonato já mostraram alguma coisa, se bem que pensasse que fosse cansaço: 7 golos sofridos nos últimos 3 jogos fora. E este ano já perdemos em casa... nem sei que dizer.

Quanto ao que o Carlos disse... o meu irmão é Sportinguista e fez o mesmo que o Jota fez em relação a este jogo: há erros do arbitro embora isso não justifique tudo.

Eu estou contra a fraca exibição do Benfica mas também me vou mostrar contra esse argumento dito pelo Jota e pelo Carlos: os erros dos arbitros não são desculpa, são REALIDADE. O Benfica teve penalties roubados, o Porto teve um inventado. Jogaram os dois mal... só que um teve um penalty inventado e o outro um roubado. Até quando os adeptos do Sporting e do Benfica se vão iludir? A equipa joga mal... é para ser criticada quer ganhe quer perca. Se joga bem é para ser aplaudida quer ganhe quer perca (e, sinceramente, revi os jogos do ano passado e uma das melhores exibições do Benfica foi em Braga e perdemos 2-0). Do mesmo modo, se o arbitro apita bem é de aplaudir, se apita mal é de criticar (quer influêncie ou não o resultado).

Eu já escrevi isto o ano passado mas é por demais evidente que os erros dos arbitros têm atirado o Benfica e o Sporting mais para baixo e o Porto mais para cima, sempre! Este ano já está à vista. Até podia o Benfica ter zero pontos ou 1 ou 2, o Porto teria à entrada para esta jornada 1 ponto... ou zero. Depois disto vem a desmoralização, a falta de confiança... tudo que só irá empurrar uma equipa mais para baixo.

Até porque, na maior parte das vezes, é quando se joga mal que um penalty não assinalado faz mais diferença. Até porque é a jogar mal que um penalty inventado dá vitórias. Porque quando o Benfica e o Sporting jogam bem, a maior parte das vezes, o arbitro até pode roubar mas o Benfica e o Sporting acabam por ganhar. Mas todos nós sabemos que nem o Barça joga bem todos os jogos...

E claro que não estou a falar de roubos descarados, como aqueles que o Chelsea tem sofrido na liga dos campeões nos últimos anos (últimos dois jogos de playoff em casa, 7 penaltys roubados...)

JVG disse...

Amigo Jotas.
Desde o primeiro jogo em que vi o Roberto na baliza, fiquei com a idéia que não seria guarda-redes para o Benfica. Vieram os jogos seguintes, e a idéia reforçou-se. Abstive-me de comentar algo sobre ele, até porque via comentários pelos inúmeros blogues benfiquistas por onde passo diáriamente, dizendo que era preciso dar-lhe apoio e que seria uma questão de tempo, e que não estava habituado a jogar com uma defesa adiantada etc. etc.etc.
A seguir ao jogo da Supertaça com o FC Porto, manifestei-me sobre o Roberto. É com tristeza que constato que a minha idéia se tornou certeza.
Acho que os sócios do BENFICA deveriam exigir uma explicação válida para a contratação deste jogador.
Um guarda-redes que custa 8,5 milhões, tem forçosamente de saber jogar de todas as maneiras possíveis e imaginárias.
Depois de ouvir as declarações de JJ após o jogo de ontem, vamos continuar a ter Roberto na baliza.
Eu pergunto até quando os sócios vão permitir que esta palhaçada continue?
Para quando os substitutos de Di Maria e Ramires que há muito já deviam de estar no plantel.
Gaitan e Jara, embora bons jogadores, não têm nada a ver com aqueles que saíram.
Caro amigo. Peço desculpa pelo longo comentário, mas tinha que deixar aqui expresso o meu pensamento.
Abraço.

sloml disse...

Tenho de dar a mão à palmatória. Este guarda-redes é, a par de Bossio e Moretto, o pior que já vi na nossa baliza.

troza disse...

Então e o Yannick Quesnel? :P

Jotas disse...

Carlos, não é o benfica que faz lutos e era Paulo Bento que se desculpava sempre com os árbitros, para quem tem memória, mais não digo. Não me viste a desculpar a derrota com arbitragens.
De resto concordo com o teu comentário.

Jotas disse...

JVG sempre à vontade, prezo e aceito sempre as opiniões de todos, mesmo que eventualmente, em alguns casos possa não concordar.

Manuel Oliveira disse...

Jotas, concordo em absoluto. Roberto tem de parar para bem dele e da equipa.
De resto, apesar de termos jogado melhor não aproveitámos as oportunidades e levámos mais uma derrota pelos motivos que todos sabemos.
A arbitragem desse fdp mais uma vez foi anti-Benfica. Não me lembro duma em que tenha errado para o nosso lado.
Abraço.

Maria João disse...

é isso mesmo, não poderia estar ,mais de acordo!

Quanto ao David ,ainda tem MUITO para mostrar ,acreditem!

Benfica sempree

AG disse...

Roberto não é guarda-redes para o Benfica,com os 8,5 milhões que gastaram no passe dele teriam conseguido um redes melhor e com o preço e ordenado mais acessivel.
Este guarda-redes trás instabilidade à defesa do Benfica e JJ devia deixa-lo no banco ou mesmo fora da convocatória.
Moreira já mostrou ser um guarda-redes razoavel mas mais seguro que Roberto.Quanto a Julio Cesar acho um bom guarda-redes e mostrou-o na época passada para mim seria esse o titular.

Abraço

VHugo disse...

Eu já no início de Julho tinha deixado a minha opinião sobre o Roberto, mas ninguém me levou a sério...


http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/08/ainda-sobre-roberto.html

"O Conspirador" Mário A. Oliveira disse...

O culpado de tudo isto acaba por ser Jesus. Foi ele que manteve a aposta em Roberto, sabendo que toda a comunicação social lhe iria cair em cima. Era certo que, ao mínimo erro, toda a gente iria cair em cima do Roberto. Faltou-lhe humildade para admitir o erro e sensibilidade para defender o seu próprio jogador.
Não tinha sido erro nenhum em retirá-lo, após o jogo com o FC Porto. Na altura, disse mesmo isso. E depois, quando tudo estivesse mais calmo e propício para o regresso do Roberto, logo se via.
Agora, espero que Jesus tenha aprendido com o erro e que o emende já no próximo encontro.

Cumprimentos

Jotas disse...

Concordo com os seus comentários Mario, a seguir ao Porto, Roberto deveria ter sido protegido e se calhar hoje não estava como está.

sloml disse...

Troza, o Yannick para mim não era nada mau guarda-redes (pelo que demonstrou no Alverca). No Benfica teve apenas a oportunidade de jogar um jogo, em que ganhámos por 1-0 e esteve bem na nossa baliz. Não me parece que possa colocar-se a par de Bossio, Moretto... ou Roberto.

T Nogueira disse...

Olá,

http://footinmyheart.blogspot.com/

Se concordar podemos fazer uma troca de links

Com os melhores cumprimentos,

Tiago Nogueira

Anónimo disse...

Manuel Oliveira disse...
Jotas, concordo em absoluto. Roberto tem de parar para bem dele e da equipa.
De resto, apesar de termos jogado melhor não aproveitámos as oportunidades e levámos mais uma derrota pelos motivos que todos sabemos.
A arbitragem desse fdp mais uma vez foi anti-Benfica. Não me lembro duma em que tenha errado para o nosso lado.
Abraço.

-----------------------------------

Uma das coisas mais vergonhosas que se pode ler é isto acima citado por esta pessoa.
----------------------------------
A arbitragem (desse fdp) mais uma vez foi anti-Benfica.
----------------------------------

Com que moral e direito de pessoa sensata se chama (fdp) a quem quer que seja?

Por acaso esta pessoa conhece a mãe deste árbitro?

Não será escandaloso que se venha para aqui chamar nomes destes a quem quer que seja?

Incrível isto sair da boca seja de quem fôr porque, acima de tudo, a família do árbitro não tem nada a ver com o que ele possa decidir em campo, isto é que é de lamentar e MUITO ler-se aqui em comentários que nada abona em prol daquilo que se discute.

Haja bom senso e seriedade naquilo que se diz para que a vergonha não caia em cima de quem afirma tais palavras.

O árbitro tem nome próprio, chama-se Pedro Proença e, como errar é humano onde todos os humanos erram
é de lamentar tal linguagem dirigida a uma pessoa que nem se conhece a família.

Com gente desta natureza não se consegue dialogar de espécie nenhuma.

Isto (fdp) sim, é que é vergonhoso ler, pois quando assim é, pode-se perguntar a esta pessoa que acima comentou:

Como se chama a sua mãe?..

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista