quinta-feira, 5 de agosto de 2010

ÉPOCA 2010/11 - Vai começar.

--- Terminou oficialmente a pré época para os principais clubes nacionais, o Braga está de parabéns por passar a primeira das duas eliminatórias que tem de disputar para aceder à fase de grupos da Liga dos Campeões com distinção, o Sporting também já joga a sério na Liga Europa e finalmente, Benfica e Porto vão começar Sábado a temporada, jogando entre si e logo com o primeiro troféu da temporada em disputa, talvez o menos importante dos troféus nacionais, mas ainda assim é um troféu que todos querem ganhar, principalmente quando se trata de um clássico.
     Confesso que não ligo muito a indicadores para um só jogo, ou seja, nada me dizem as derrotas do Porto na pré - temporada e a sua qualidade exibicional quando comparado ao Benfica, que apesar da compressnível derrota com o Totenham, após 3 jogos em 5 dias, se mostra melhor, pois os jogos a sério têm um contexto completamente diferente, principalmente quando se trata de um clássico em que a enorme rivalidade entre os clubes impera, infelizmente em muitos casos sem ser sadia.
    O Benfica apresta-se para disputar a Supertaça em Aveiro com uma pré temporada muito positiva, com a plena integração da maioria dos reforços, em especial de Franco Jara e mais importante ainda, sem se notar muito a ausência de dois jogadores de extrema importância na temporada passada, Ramires e Di Maria, contudo, julgo que é evidente para todos que esta equipa tem 2 problemas e que me desculpem alguns, mas o primeiro é o da baliza, onde tentei dar o benefício da dúvida em relação ao Guarda - Redes mais caro do futebol nacional e um dos mais caros de sempre na Europa, mas a verdade é que quanto mais o vejo jogar, mais convencido fico que de facto, Roberto irá pelo menos nesta temporada, ter muitas dificuldades em mostrar valor que espero que tenha, é que mostra ser claramente um guarda - redes de equipa pequena, jogando quase sempre atrás, mostrando-se razoável entre os postes, mas um verdadeiro desastre fora deles e a mim faz-me alguma aflição, ver um jogador com a sua compleição física não sair a um cruzamento e parecer ter medo do choque.
      Há portanto muito trabalho a fazer com este atleta e este caso só é um problema, pelo valor que está em causa e que repito, tem de ser explicado aos sócios, pois creio que ninguém com um pingo de cérebro, consegue perceber  a razão de dar 8,5 milhões por um jogador que não é mais valia e que era o dispensado do At. de Madrid e digam aquilo que disserem, esta é que é a verdade e só por alguma razão oculta e estranha, se pode pagar tanto pelo dispensado de um clube que em Espanha nem sequer é candidato ao título e está a léguas da dimensão do Benfica, ou seja, um caso que deve ser motivo de reflexão de todos os benfiquistas, mas principalmente da direcção, pois nestas coisas, assim como devemos enaltecer os méritos, devemos criticar os maus actos de gestão e estes deveriam ser explicados aos sócios, só assim iremos evoluir.
   Este primeiro problema que noto no Benfica é mais de foro interno que externo e representa um problema em relação ao jogador, mas não ao posto em si,  pois para mim o Benfica tem mais 2 belos guarda - redes e tanto Júlio César como Moreira, poderão perfeitamente ser a solução para substituir um inadaptado Roberto, pelo que a baliza não será com toda a certeza o problema.
  A outra lacuna que noto nesta equipa é o da ausência de extremos, pois ao longo da época isso pode vir a revelar-se decisivo, principalmente quando para ultrapassar os chamados autocarros a equipa necessitar de alargar o jogo e criar desiquílibrios pelas faixas e o Benfica não pode nem deve esperar viver uma temporada dependente das subidas e dos rasgos de Coentrão, até porque existem lesões.
   Contudo, o Benfica tem a enorme vantagem de contar com um treinador extremamente inteligente e Jorge Jesus, antevendo essa ausência de extremos, no sentido de o minimizar e não ver a equipa dependente dos rasgos de um atleta, adoptou o seu sistema a 3 avançados, sendo 2 deles móveis e que sabem cair nos flancos, abrindo assim o jogo encarnado e baralhando completamente as defesas adversárias.
   O Benfica mostra estar devidamente preparado e atento, com toda a certeza a direcção irá colmatar essa ausência de extremos e ao fazê-lo, estou certo, que esta temporada, teremos um Benfica mais forte e mais competitivo, que lutará com todas as forças por todas as competições em que se encontra envolvido, com a natural nuance da champions em que apenas se pode exigir um presença ao nível dos pergaminhos do SL e Benfica.
   Já o Porto, nesta fase inicial, parece-me partir em ligeira desvantagem, desde logo porque mudou muito na sua equipa, desde o treinador, à remodelação do seu plantel, se bem que a maioria do 11 base se mantém e ainda por cima perdeu aquele que era o seu maior líder e a voz que mais representava o clube no balneário e todos sabemos como isso é importante numa equipa, embora julgue que a venda de Bruno Alves, foi um fantástico negócio, pois vender um central de 29 anos por apenas menos 3 milhões que Di Maria, é digno dos maiores elogios e é por isso que digo que o Benfica deveria ter esticado mais a corda.
    Não sei se mais tarde irei engolir estas palavras, acho que não, já aqui abordei este assunto ainda que de forma ligeira, mas continuo a afirmar que a contratação de um treinador com 3 meses de carreira foi um erro crasso, até porque não me parece que Vilas Boas tenha feito na Académica algo de extraordinário e contratar só por absurda comparação com Mourinho é um mau acto de gestão.
   Julgo que este treinador poderia efectivamente vir a ter algum futuro, mas por vezes, querer andar com a carroça à frente dos bois pode ser a morte do artista e para mim, Vilas Boas não se vai conseguir impor no Porto porque teve pressa em chegar longe, parece-me que os jogadores não conseguem perceber bem o treinador e não estão muito confortáveis com o esquema que ele quer adoptar, é evidente para todos, uma excessiva dependência do Porto, das acções individuais em detrimento do colectivo.
    Surpreendeu-me que o Porto tenha feito esta opção em detrimento de um homem criado na casa, com mais tempo de carreira e com bons trabalhos nos clubes por onde passou, principalmente na época passada, refiro-me a Domingos Paciência, mas, de facto e indo ao encontro daquilo que Mourinho disse, há mistérios no futebol português que ninguém consegue explicar.
   Estes factores de que falei podem revelar-se determinantes e explicar muita coisa do que possa acontecer durante a Liga, isto se nada de anormal extra - futebol se passar, mas não me parecem nada importantes para um só jogo como este da Supertaça, num só jogo nem sempre ganha quem está melhor ou o melhor, num só jogo, por vezes o factor motivacional da equipa e a inspiracção colectiva e individual dos atletas disfarça as lacunas e conduz a um bom resultado, algo que não é possível de fazer em 30 jogos, por isso, para mim, no Sábado há 50% de hipóteses para cada lado e que a inspiração esteja do lado do Benfica, num jogo que se deseja que decorra sem problemas e com civismo, algo que infelizmente os energúmenos dos costume não costumam deixar que aconteça.
    Não falei do Braga e do Sporting, que me desculpem os seus adeptos, porque não os considero com a mesma capacidade que Benfica e Porto para discutirem o título, o que não quer dizer que não possam vir a ser campeões, o Braga porque ao ver-se envolvido nas competições europeias, seja na Liga Europa ou na Champions, vai ter uma sobre carga de jogos e um desgaste que não teve na época anterior e o Sporting, porque apesar de achar que fará obrigatoriamente um campeonato melhor este ano, pois pior é quase impossível, está ainda distante da capacidade dos seus mais directos competidores e julgo mesmo que a equipa de Alvalade lutará com o Braga pelo 3 º lugar. Isto é a minha ideia que vale o que vale.
  Para terminar, para além de desejar boa sorte ao Ramires nesta sua nova etapa da carreira, não podia deixar passar em claro o momento complicado que atravessa o nosso capitão, Nuno Gomes, a ele e a toda a sua família os pêsames da Catedral do Desporto, certo que o Nuno irá recuperar a sua perda junto e com o grande apoio dos seus, FORÇA NUNO.

9 comentários:

sloml disse...

Jotas, acredito sinceramente que vamos começar a época a vencer. A equipa tem muito mais qualidade que a do Porto e, acima de tudo, tem algo muito importante: um treinador a sério no banco.

Maria João disse...

concordo com o comentário de cima . Temos uma estrutura que está a dar cada vez mais cartas e a provar que não anda aqui a brincar.
No sábado obvio que aquilo é para ganhar, além disso aquele treinador do porto não assusta mesmo ninguém, ahahaha.

E concordo também com o que disseste acerca dos reforços. E ainda bem que o David Luiz fará parte do nosso rico plantel, pelo menos mais uma época!

Paulo Silva disse...

Viva!

De facto a época vai começar em breve. O primeiro teste será na supertaça, onde Benfica e porto vão medir forças.
De uma forma rápida, creio que o Porto está um pouco abaixo do Benfica, sobretudo porque a sua defesa perdeu consistência, e a saída de Bruno Alves agrava esse situação. É certo que o Benfica sofreu muitos golos, todavia com a chegada do Luisão as coisas estabilizaram.

A grande fragilidade do Benfica será a meu ver aquele flanco direito, onde o Ruben apesar de cumprir não é um lateral de topo, e sem a ajuda do ramires a defender o flanco torna-se muito vulnerável. A incognita Roberto tambem causa algum desconforto, sobretudo numa pre epoca em que o Hulk tem acertado nos remtes com a Jabulani, mas espero que o guarda.redes espanhol possa melhorar e mostrar que a pre temporada foi apenas um periodo de adaptação.

Um Abraço,
Cumprimentos,
Paulo Silva
http://portuguesesnoestrangeiro.wordpress.com/

Manuel Oliveira disse...

Amigo Jotas, concordo no geral com o teu post. Sobre a venda de Di Maria, não foram 25, foram 30, ainda esta semana LFV o afirmou na entrevista à Benfica TV. Foram 25 + 5 garantidos, podendo vir ainda mais 6. De qualquer forma B.Alves foi muito bem vendido.
Sobre Roberto, não vejo treinos e pelo que vi nos jogos ainda vamos ter que aguentar alguns sustos mas confio em Jesus pois várias pessoas do clube já disseram que ele foi observado durante 3 meses. Quem sabe se Jesus não fará mais um milagre?
E no sábado é para vencer, claro!

Abraço.
Blog do Manuel

troza disse...

Este troféu tem uma grande importância a nível emocional. Se nós já sabemos que muitos benfiquistas vão na conversa dos comentadores/jornais, então também sabemos que a derrota aliada ao facto de vendermos melhores jogadores que o Bruno Alves pelo mesmo preço (vá... mais ou menos) e ao caso Roberto pode por muita gente de novo no fatalismo e a querer reviravoltas milagrosas, o que não irá facilitar o trabalho do presidente nem da equipa.

Por outro lado, a vitória será um primeiro abanão no Porto. Eu acredito que o Vilas Boas é treinador de transição (o Porto desfaz-se das referências do balneário, que estão a ficar velhas, e prepara-se para um novo ciclo. Para o ano logo virá o Domingos... mas isso sou eu), mas quantos mais abanões o Porto levar na primeira volta, melhor, porque os tira da luta pelo título e a confiança do Benfica vai aumentando.

Assim, o troféu é pouco importante, mas acho que a vitória neste clássico vale mais que o troféu em jogo. É o que eu acho...

"O Conspirador" Mário A. Oliveira disse...

O Roberto continua com grandes fragilidades e, a continuar assim, Jesus não vai conseguir fazer render os 8,5M durante muito tempo.
Confesso que nunca percebi o problema dos treinadores do Benfica com Moreira. Já o ano passado não compreendi a titularidade do Quim, em vez do Moreira. Este ano, acontece o mesmo. Será por falta de empenho nos treinos? Arrogância? Sinceramente, nunca compreendi...

VHugo disse...

Tenho para mim que: o Braga se passar à fase de grupos temos de lhes dar mérito. Se nao passar é normal nesta fase. Mesmo assim eles não terão o fulgor do ano passado, pois a jogar na europa tudo pia mais fino.

O Sporting e Porto entram na fase de grupos de olhos fechados, já o Marítimo parece que terá de jogar para perder por poucos

Quanto ao jogo de sábado: será muito disputado, mas com vitória para os lados da luz ao que me parece e com um resultado parecido com este 3-2

Jotas divulgas o meu novo blogue?

www.ocolecionadordecachecois.blogspot.com

obrigado

Pitágoras disse...

Excelente post.
Sou portista, estou naturalmente satisfeito com a vitória do FCP no jogo da supertaça
A sua análise pré-época parece-me muito correcta, mas o decorrer do tempo e dos jogos permitirá aferir melhor as zonas nebulosas.
Creio que o SLB vai sentir muito a falta do Di Maria e do Ramirez,ontem isso ficou bem patente. A aquisição do Roberto é incompreensível, sobretudo pelos valores em causa.
O André superou com distinção o primeiro grande teste. Gostei da atitude do FCP, gostei da agressividade defensiva e do espantoso Varela.
Não gostei das entradas muito violentas protagonizadas por alguns jogadores do Benfica.
Votos de que seja um campeonato equilibrado e de grande qualidade e de que, no final, vença o melhor.

águia_livre disse...

Bom Post caro amigo jotas

Hoje não consigo dizer mais nada a não ser:

TOU QUE NEM POSSO

Bom Domingo
.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista