sábado, 1 de maio de 2010

DIA D - Falta um ponto.

-- Não sei se o dia D será já amanhã no Dragão, tenho essa esperança, ou se será na semana seguinte em plena Catedral contra o Rio –Ave, sinceramente, a mim isso pouco me importa, o que realmente me interessa é ver o Benfica campeão 2009/10, que venha a nós o ponto que falta e outra possibilidade não me passa pela cabeça, seria de facto uma enorme frustração.
   Domingo, pelas 20H15, se nada de anormal acontecer, estarei colado o ecrã, a vibrar com as emoções de um Benfica que em certos momentos da época foi empolgante, noutros realista e ainda em outros simplesmente pragmático, poucas vezes esteve menos bem e não me lembro de ver esta temporada um mau Benfica.
   Perante tudo isto, julgo ser de uma insensatez atroz, falar de outras coisas sobre as quais me recuso a pronunciar mais uma única palavra e não ter a necessária lucidez para admitir a supremacia actual do Benfica e ter a honestidade intelectual de o saber felicitar e dar os sinceros parabéns.
   Gostaria que amanhã, todos os amantes do futebol, independentemente da sua cor clubista, estivesse a falar de um grande jogo de futebol, do desempenho dos jogadores e do comportamento exemplar do público, mas temo que assim no seja.
  Se é verdade que da parte dos responsáveis de ambos os clubes, a prudência e o silêncio tem sido a palavra de ordem, numa atitude sensata e de grande responsabilidade, de modo a não acicatar ânimos, já o mesmo não se pode dizer de alguma imprensa, que olhando para o seu umbigo, pensando no seu negócio, optou por fazer jogo sujo, sem escrúpulos e ainda por cima tentando fazer passar a ideia de que a responsabilidade é dos clubes, isto porque querem noticia, não pensando nas graves consequências que pode ocorrer com o clima de estado de guerra que habilmente ajudaram a instalar.
   Aliado a essa imprensa, infelizmente, alguns paineleiros televisivos da nossa praça, em especial os ligados ao FC do Porto, não tem feito outra coisa do que lançar achas para a fogueira e incitar ainda que de forma indirecta alguns e outros de forma muito directa a que seja criado ao SL e Benfica e aos seus adeptos, um ambiente infernal e agressivo, o que muto se lamenta.
   Espero estar enganado, mas neste momento estou mais preocupado com o que pode ocorrer fora das 4 linhas, do que aquilo que pode ocorrer dentro, por conhecer bem a mentalidade do clube adversário, pela enorme falta de civismo e fairplay de alguns dos seus adeptos, assente numa cultura de violência com raízes criadas desde há muitos anos, os quais estão mais interessados e criar um clima de terror, em lançar uma autêntica batalha contra o Benfica, do que em tentar ganhar o jogo, espero que os jogadores, muitos deles colegas de selecção não embarquem nesse clima, mas quando as ordens vêm de cima, os de baixo obedecem.
   Infelizmente, julgo que o meu desejo de um bom jogo apenas de futebol não se vai realizar, as ameaças surgem de vários quadrantes, as hostes tripeiras estão a organizar-se com o comprometedor silêncio dos responsáveis do FC do Porto e nomeadamente do seu Presidente, parecendo até coniventes e de acordo com todo o clima criado. Perante isto, só espero que amanhã não estejamos todos a falar de uma tragédia e depois ver-mos toda a gente a sacudir a água do capote, como se não fossem eles os grandes responsáveis pela tragédia que se adivinha.
   Depois já sei como isto funciona, pela falta de coragem e medo jornalístico, generalizam-se as culpas e fala-se em ambos os clubes, mas a verdade nua e crua que ninguém pode ousar desmentir, é que desde o princípio da época, a regra de ouro do Benfica foi sempre o silêncio e nunca responder às imensas provocações de que foi sendo alvo, já do lado do Porto, o que se assistiu foi a uma poluição da opinião pública, com uma enorme teoria de vitimização e de criação de um clima de ódio para com o Benfica, cujos resultados estão bem à vista e oxalá, amanhã não se materializem de forma muito grave.
   Espero que a imprensa, caso o meu receio se materialize, tenha a coragem de assumir os seus erros e de chamar os culpados pelo nome e que a nossa justiça, a qual raramente funciona, desta vez, chame para si os responsáveis.
   Infelizmente a prudência é algo que não existe, mesmo de pessoas o futebol e com imensa responsabilidade e a confirmar tudo isto, a alarvidade que li hoje, dita por uma pessoa do futebol, que fez parte de equipas do Porto nos seus anos mais podres, chama-se Rodolfo Reis e disse isto: “ Penso que o Porto se vai lembrar do que se passou no túnel da Luz. O Benfica conseguiu o seus objectivos e agora seria engraçado que o FC Porto fizesse a mesma coisa e contratasse stewards para provocar os jogadores do Benfica. Não estou a dizer para fazerem isso, mas se o FC do Porto o fizesse será que os jogadores do Benfica iriam acobardar-se? Será que não iriam reagir?” Perante tamanha anormalidade dita por esta besta, pois não lhe posso dar outro nome, dá bem para perceber a mentalidade daquela gente e o que espera o Benfica, aquelas pessoas parecem apenas perceber de guerrilha e agressividade, felizmente com algumas excepções.
   Ao que esta besta disse, apenas lhe digo que a acontecer algo de grave, denunciarei semanas a fio, neste meu espaço, tudo o que ele afirmou, acusando-o legitimamente de instigador à violência, quando às suas questões, ponham quem quiserem a provocar, os jogadores do Benfica já sabem bem o que lhes espera, nada disso e muito diferente do tempo em que você lá jogava e eles estão bem avisados e ao contrário do que vocês pretendem, os jogadores do Benfica não vão responder a provocações, a resposta vai ser dada bem ou mal no relvado e não, não somos cobardes, somos é inteligentes, enquanto pessoas como você só sabem usar a força, nós usamos a cabeça.
  Oxalá me engane e sinceramente desejo que amanhã, estejamos todos a falar do jogo e não de coisas mais graves, é um desejo e permitam-me, já agora, que o Benfica não adie o título para a última jornada, é que eu estou preparado para festejar, não contra este ou aquele, mas em favor do meu Benfica.

7 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Apoiado Jotas! Estou junto contigo nessa luta se algo de grave acontecer.
Abraço.

Éter disse...

Essas palavras do Rodolfo são o exemplo perfeito do modo de pensar daquela gente. Tenho nojo de repartir o país com essa gentalha.

Bimbosfera disse...

Boas! Ainda não tinha lido nada disto, mas sim, já o tinha dito em relação a outros intervinientes.
O FDP do das claques, esse bandido à solta, diz que será difícil controlar ânimos. Ou seja, como é na terra deles acham que são muitos e que vão poder bater descaradamente. É uma tristeza. Uma tristeza. Espero mesmo que nada de mal aconteça, o que duvido, e que se acontecer que os culpados sejam bem responsabilizados por isso. E sejam eles de que clube for. Estou farto de querer ver bola e só se tratar de violência, violência, violência. É uma festa, porra. É para nos divertirmos, sejamos de que clube formos. Eles vandalizam casas do Benfica, eles ameaçam, eles tudo. Eles perdem o campeonato, agridem, a culpa é nossa. Porra. Estou farto desta gente. Não sabem ganhar, quanto mais perder. A Comunicação Social insiste em dar tempo de antena a essas merdas. E depois é mesmo isso, sacodem a água do capote, como se não fosse nada com eles.

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

http://Bimbosfera.blogspot.com

Bimbosfera disse...

Olá de novo. Faltou-me só fazer uma ressalva. Não considerar os azuis como tripeiros. Há muito boa gente tripeira que torce ferverosamente pelo nosso clube, se bem que por vezes seja mais fácil tratá-los assim. Por vezes uso azuis ou corruptos. É mais apropriado, creio.

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

http://Bimbosfera.blogspot.com

Jotas disse...

Bimboesfera, aos benfiquistas do Porto um grande abraço, são pessoas fantásticas de enorme coragem. Não confundo os portuenses com portistas.
Quando uso o termo tripeiros, estou-me a referir a alguns portistas, nem todos obviamente, desculpa se te induzi em erro.

garanhão plus. disse...

Nunca fui de incentivos à violência, mas atenção, a paciência tem limites, nós somos o triplo de adeptos e é bom que se cuidem, se querem guerra vão tê-la, rapidamente os benfiquistas invadem a secília, dá cabo daquele monte de mafiosos e reduz-lhe o estádio a cinzas.
É bom que não provoquem, Macacos há muito e também se derrubam.
Eles sabem que se aconteça algo à nossa equipa, os 6 milhões vão lá dar-lhes cabo do canastro, não custa nada, eles são só 1/2 dúzia.
Eles só são corajosos quanto são muitos, mas n´so somos mais, muito, muito mais, estou farto desse bando de otários.

Blog do Vascão disse...

O título esta garantido.

Abraço
Jeferson
Blog do Vascão

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista