quinta-feira, 29 de abril de 2010

A ONDA ENCARNADA - O reavivar da mística.

--- Onda encarnada, significa o renascer do orgulho benfiquista, das almas que florescem, glorificando o seu amor ao Benfica, aqueles pulmões que gritando bem alto elevam a auto estima dos nossos jogadores, que os faz orgulhar de vestir aquele sagrada camisola, que os faz delirar quando olham à sua volta e observam as bancadas repletas de vermelho, no fundo, é esta onda encarnada a essência do Benfica, do clube de um povo sedento de glória, de um mundo diferente de qualquer outro, que se sente mas não se explica.
     Esta é a mística que há muito parecia arredada, que faz com que os jogadores em campo dêem um pouco mais de si, que a sua passagem por este clube seja sempre um motivo de orgulho, prazer e saudade, que faz com que uma vez benfiquista, sempre benfiquista.
     A onda, começou ténue, com uma assinalável pré-temporada, normal para um gigante que há muito estava afastado de momentos de glória, depois seguiram-se os jogos a sério e com eles os primeiros pontos perdidos logo à abrir, mas com o sentimento de termos equipa, o futebol era bom e cativava, daí a onda não cresceu, mas também não esmoreceu.
     Conquistado em seguida Guimarães, eis que as goleadas aliadas a bom futebol de ataque surgiram em catadupa e a onda, embora cautelosa, começava a aumentar e a subir de tom, voltava o orgulho num clube cheio de história, num clube de todo o mundo e não daqui ou dali, o mundo vermelho respondia presente fosse onde fosse jogar o Benfica.
     Reflexo dos bons resultados, a classificação era boa e assistia-se à queda dos nossos rivais, o Sporting ficando a léguas e o Porto incapaz de ombrear com um grande Benfica, aquele que nunca se devia ter apagado, algo para que o Porto não estava preparado.
    Com o decorrer da temporada, adivinhavam-se os jogos complicados de uma equipa em teste permanente, a resposta era forte e afirmativa, temos Benfica, com isso, o medo começou a apoderar-se dos nossos rivais que assistiam meio atordoados ao galopar desta onda, então começaram os ataques, as constantes tentativas de menosprezar os feitos assentes no brilhantismo deste grande Benfica, mas, impotentes para travar uma equipa que respondia forte nos relvados, acompanhada da onda, a onda vermelha que começava a encher estádios por todo o Portugal, algo que só este enorme clube que muitos querem menosprezar mas do qual não conseguem parar de falar.
    Neste momento e com a desenrolar da época, a onda é agora um verdadeiro tsunami que não para de crescer, inundado todo o Portugal, Américas, África, Ásia e restante Europa, algo a que os outros assistem atordoados e que tentam menosprezar com piadas em que nem eles acreditam, mas fazem-no por susto, pois se a onda continua a crescer, eles sabem que será imparável.
     Esta onda encarnada, forte e robusta, plena de amor ao clube vai continuar até à vitória final, não interessa aonde nem como, o que interessa é que ela tem vida, recomenda-se e está pronta a invadir não uma cidade, uma região ou um país, mas sim o mundo inteiro, é isto que significa o Benfica.

6 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Parabéns Jotas, grande post! A onda é isso mesmo e breve será um tsunami se nada de anormal acontecer.
Abraço.

frank disse...

Exatamente o Mundo inteiro a onda gigante ja atingio o north america a loucura por ca e total o benfica realmente e um gigante que despertou e aterrorizou o polvo agora aguentem-se.Força benfica we love u.

ana_slb disse...

Magnífico post! Essa onda pronta a rebentar e inundar o Mundo de vermelho!
Somos Benfica!

Nuno disse...

Excelente Jotas!

Aquele grande golo em Guimarães do Ramires no final do jogo foi o início da grande onda vermelha de optimismo. Começou aí a estrelinha de campeão!

Vamos festejar já no Domingo!

Espero que o exército tenha um batalhão destacado para nos acompanhar à entrada e saída no Poliban e mesmo para o relvado e para o túnel, e que a força aérea tenha um helicóptero Apache daqueles que só o Rambo consegue amarrotar com uma fisga, para nos tirar do meio campo, descendo uma faixa a dizer “campeões” pela qual o plantel subirá triunfante.



Tudo regado, no fim, com a espuma vermelha dos Canadair que andam no verão a apagar fogos...:)))

troza disse...

Grande post! Agora é ver se a onda encarnada consegue levar os jogadores a superar o arbitro que mais nos roubou frente ao Porto nos últimos anos. Ninguém me faz esquecer os 3 penaltys mais a bola que entrou claramente na baliza e não foi golo...

Força Benfica! Deixem tudo no campo que a onda encarnada vai fazer de tudo para que esse tudo seja um pouco mais que o vosso máximo!

Bimbosfera disse...

Boas! Ou seja, andam para aí tanto tempo a dizer «Carrega Benfica», quando deveriam dizer «Inunda Benfica»...
Ehehehehe! Por isso eu digo, «Inunda Benfica»!!!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

http://Bimbosfera.blogspot.com

P.s.- Fica melhor «Inunda Benfica» do que «Afunda Benfica», por isso cuidado com as ondas, ehehhe!

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista