segunda-feira, 29 de março de 2010

UM FIM DE SEMANA EM CHEIO - Benfica dá passo em frente.

--- Foi um fim de semana em cheio este, não só para o SL Benfica, mas também para mim.
   O dia começou com um sol fantástico, a convidar para o que veio a seguir, uma valente almoçarada com estes ilustres companheiros bloggers, numa tarde fantástica, de convívio, cânticos e muita conversa e claro, um ou outro copito à mistura.
   Muita malta presente, desde o grande Viriato, um dos mentores deste convívio, o enorme Manuel, que vindo directamente do Recife - Brasil, foi a nossa grande aquisição do lado de lá do Atlântico. Sei que já está de partida, para ele um grande, grande abraço, conhecer o Maestro, com quem tenho debatido imenso, o pessoal da Magalhães - Sad, cada um com a sua camisola do glorioso, o mais parecido era o nosso amigo com a camisola do Ramires, era parecido não era? Eh Eh Eh, o grande arrumador, o amigalhaço que vou já adicionar do Céu Encarnado, um enorme companheiro de Vizela, que participa no anti-tripa, a nosso bela presença feminina, com a gigante e super Raínha Magguie e as princesas (não leves a mal Maestro) Lua e Luazinha, a Lua ainda a encontrei no interior da nossa Catedral e enfim, desculpem porque de certeza que me esqueci de alguém, não é por mal, é que não me lembro dos nomes todos, porque só agora consegui estar convosco, mas estavamos lá, eramos muitos e de alma e coração, Viva o Benfica.
   BENFICA 1 BRAGA 0 - Quanto ao jogo em si, num Estádio com uma moldura humana fantástica, foi mais táctico que belo, o que não espanta, pois a importância do jogo era imensa e como tal a grande preocupação era não falhar.
   O Benfica foi sempre a equipa que mais procurou a vitória, mais de 60% de posse de bola, dão conta disso mesmo, sempre a gerir o jogo e a conduzi-lo para o seu lado retirando iniciativa a um Braga digno, mas que jogava na expectativa e sempre à procura do erro adversário, mas curiosamente, foi num erro seu que se deu a grande oportunidade desta 1ª etapa, com Filipe Oliveira a passar a bola para o seu GR, mas a apanhar Saviola pelo caminho, que se deslumbrou com tamanho brinde, falhando de forma incrível o golo.
   O domínio era do Benfica, mas o Braga fechava todos os caminhos da sua baliza, muito bem destribuído no seu meio campo, facto esse que retirava capacidade de aceleração ao Benfica, mas, quando já se adivinhava o intervalo, Luisão, o homem dos grandes momentos, aproveita um ressalto ao cabeceamento de Javi e toma lá para dentro, estava feito o mais complicado, o golo.
Na 2ª parte, houve mais emoção e futebol, embora, nunca tenha atingido um grande nível de empolgamento, o Benfica geria a bola, o Braga era obrigado a abrir espaços e com isso o Benfica conseguiu criar lances mais rápidos e com maior perigo, mas Cardozo estava em dia não e desperdiçava algumas situações flagrantes para matar o jogo e fazer o 2º golo que seria equivalente a mais um pontinho, pois desse modo, a vantagem em caso de igualdade pontual no final da Liga era do Benfica.
   Por vezes quando não se mata, sujeita-se a morrer e o único grande susto que o Braga causou em 90 minutos, foi um cabeceamento de Moisés, que passou muito junto ao poste da baliza de Quim, que havia hesitado em sair dos postes.
   Foi o canto do cisne para o Braga, a bola rolava entre os jogadores do Benfica e só mesmo um lance de bola parada poderia alterar o rumo dos acontecimentos, pelo que o jogo terminou com uma justíssima vitória do Benfica.
   Esta vitória é dedicada aos Mesquitas que por aí andam, aos Freitas e a todos aqueles que fazendo do futebol uma guerra, ainda têm o descaramento de se fazerem de vítimas, é como eu digo, infelizmente há por aí muitos chicos espertos que ganham protagonismo à conta do futebol, mas que quanto mais falam, mais demonstracção do quanto energúmenos são dão, pelo que gente dessa só merece o tratamento a que a direcção do Benfica os tem vetado, a ignorância e a burrice é tanta, que um tal de Mossoró, qual pau mandado e a quem desejo uma rápida recuperação, gvem dizer que os jogadores do Benfica só sabem provocar, quando o que se vê no estádio e na televisão é precisamente o contrário, depois do ambiente que criaram em Braga, depois das infelizes, absurdas e estúpidas declarações de uns idiotas chapados, como o Mesquita Machado e um tal de Carlos Freitas, depois do que fizeram na Luz ao intervalo ao adiarem a sua ida para os balneários quando sabem perfeitamente que é o Benfica que faz sempre isso, é a prova mais cabal de quem de facto porvoca quem e só não vê isso, quem  fica com o seu cérebro toldado com umas palas pelo ódio ao Benfica que não os deixa raciocinar.
    Pela positiva: Luisão, o homem de grandes momentos no Benfica, a marcar mais um golo que pode revelar-se decisivo na atribuição do título e a beleza do Estádio da Luz completamente cheio, pela negativa: a atitude dos pupilos de Domingos ao intervalo, com clara provocação ao retardar a sua ida para os balneários, quando sabem perfeitamente e porque motivos costuma ser o Benfica a fazê-lo.
Arbitragem de Pedro Proença, foi globalmente positiva, embora, se calhar por receio de ser relacionado com o Benfica, na dúvida, o benefício ao Braga.
  Para terminar uma questão: O que diriam ao anti e os dirigentes do Braga, se no final do jogo o Proença oferecesse as suas insígnias da FIFA ao Jorge Jesus?
  Em relação so jogos dos outros grandes, confesso que não os segui com grande atenção, pelo que nem sequer os vou comentar, embora saiba, que depois de Hulk ter marcado um grande golo à super potência Belenenses, é já o melhor do mundo e se ele não tivesse sido castigado por uma norma proposta pelo Porto e por si e outros aprovada na Liga de Clubes, seriam quiçá campeões do mundo e arredores.

7 comentários:

troza disse...

Uma vitória importantíssima do Benfica e só não temos vantagem (ou igualdade) no confronto directo por causa dos arbitros que apitaram os jogos entre o Benfica e o Braga.

São 6 pontos importantes mas que ainda não são tudo. Veremos o que acontece até ao fim do campeonato. Sobrevivemos ao árbitro do jogo com o Marselha, ao Jorge Sousa e ao Pedro Proença. Quanto ás equipas com quem jogámos... fomos muito superior a elas e com um futebol destes quem ganha somos nós!

Éter disse...

Companheiro, não me esqueço que te estou a dever uma cerveja... eheheh

Com um bocado de sorte fica para o jogo do título na Luz!

Grande abraço!

margaridabenfiquista disse...

Foi sem duvida uma grande tarde de sábado, foi um prazer enorme conviver contigo e com todos os Benfiquistas e ainda eramos muitos,e com um final muito feliz com a vitória do nosso Benfica
é para repetir, o encontro porque as vitórias do Benfica são certas, ninguem pára o Benfica!!!
..

Manuel Oliveira disse...

Mesmo de partida não posso deixar de comentar neste cantinho, agradecendo as palavras que me foram endereçadas no post pelo já grande amigo Jotas.
Valeu a pena enviar-te a foto.
Grande abraço.

sloml disse...

Com pena minha não pude estar presente, espero que tenha sido uma excelente tarde para todos. Quanto ao título, Jotas, está cada vez mais próximo. 4 vitóriazinhas e um empate chegam, isto se o Braga não perder pontos entretanto, claro...

SirRik disse...

Grande post ;)

Excelentes imagens ;)

Enorme Benfica.

magalhães.Sad.SLB disse...

Grande Jotas, como sempre em grande nível. Boa reportagem sobre o almoço e excelente análise ao jogo.

Recebe da Magalhaes-sd-slb um grande abraço e Viva o Benfica!!

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista