segunda-feira, 30 de novembro de 2009

DERBY MORNO - Empate ajusta-se ao que se passou.

--- Foi uma jornada inevitavelmente marcada pelo sempre ansiado derby lisboeta, Sporting e Benfica, proporcionaram um jogo quase sempre em toada morna, em que houve sempre uma maior preocupação em anular as acções ofensivas de cada um, do que explorar acções atacantes e de ruptura, ou seja, houve demasiado respeito. Houve alguns momentos de ligeiro domínio de ambas as equipas, mas estes nunca foram nem muito evidentes, nem muito consistentes e se há jogos em que se pode dizer que o empate é justo, mas a haver um vencedor seria este, neste jogo, acho que nem isso se pode dizer, o empate, espelha na perfeição o que se passou no campo.
SPORTING 0 BENFICA 0 - O jogo começou em bom ritmo, a equipa da casa entrou melhor no jogo e dominou as incidências da partida durante os primeiros 10 minutos, sem contudo criar situações de perigo, aos poucos, o Benfica equilibrou o jogo e foi mesmo a primeira equipa a criar uma oportunidade de golo, depois de um bom lance de Cardozo sobre Polga, cujo remate saiu ao lado, se Cardozo tem levantado a cabeça e passado a Ramires que estava isolado e sozinho, poderia aqui o Benfica ter aberto o activo.
   O Sporting respondeu quase de imediato e Polga que havia comprometido anteriormente, desperdiça a melhor situação de golo da 1ª parte, rematando isolado por cima da trave, tendo a bola ainda raspado na mesma.
   O jogo continuou equilibrado até ao intervalo, ora com certos períodos de domínio leonino, ora com certos períodos de domínio encarnado, mas a verdade é que embora tenham havido um ou dois lances de maior aflição em ambas as balizas, as oportiunidades de golo escassearam, fruto dos acertos defensivos de ambos os conjuntos, pelo que o nulo era o resultado ajustado ao que se passou nestes primeiros 45 minutos.
   Na 2ª parte, o jogo melhorou um pouco, houve mais situações de perigo, embora as equipas continuassem algo conservadoras e se é verdade que se havia equipa que precisava de ganhar fruto do seu atraso pontual, era o Sporting, mas a equipa de Alvalade nunca correu riscos para vencer, também não deixa de ser verdade que o Benfica também nunca os correu, até nas substituições as equipas de equivaleram.
    O jogo estava agora com maior ritmo e se é verdade que Quim, faz uma defesa fabulosa a um grande remate de Veloso, pouco depois, Di Maria, na cara de Patrício, remata à figura do Guarda-redes, o "elan" estava criado e o jogo partiu um pouco, com bola numa área, bola na outra, mas com poucas rupturas, e as poucas oportunidades desperdiçadas, foram repartidas, pelo que o empate final é justo, embora pela futebol produzido na 2ª parte, pudesse ser um empate com golos, valeram os Guarda-redes, sempre bem e a falta de inspiração atacante.
   Pela Positiva: Atitude mais condizente com a alta competição dos jogadores do Sporting, com um bom espírito de luta e uma boa atitude, sinal mais de Adrien, muito útil, Veloso e Moutinho, no Benfica, o acerto defensivo, as boas rupturas de Ramires e David Luíz, sempre em bom plano e um especial destaque para Javí Garcia, que levou 12 pontos, sangrou de forma abundante, mas mostrou um espírito de sacríficio e uma vontade férrea de ajudar a equipa, um grande, mas mesmo muito grande profissional, pela negativa, a falta de ousadia de ambos os técnicos em arriscar para ganhar.
   Arbitragem de Pedro Proença foi positiva e equilibrada, alguns erros normais, com a missão facilitada pelos jogadores, os quais demonstraram que pode haver grandes jogos com fairplay. Os erros maiores foram o não assinalar uma mão de polga que daria um livre lateral, com 2º amarelo por mostrar a Polga, mas que não mancha a sua actuação, porque quando se vê num árbitro que não há tendências é porque o erro é humano e este foi, muito bem Proença.
Notas soltas: Há coisas em que sou um pouco crítico e se não compreendo, alguma euforia e enorme satisfação nas hostes leoninas por este empate, como se o Sporting fosse o grande vitorioso do derby, porque atendendo à tabela classificativa, foi mais penoso para a equipa leonina este empate que para o Benfica, daí não conseguir perceber essa situação, acho até que essa satisfação, os inferioriza perante o rival, porque acaba por ser um reconhecimento da superioridade do Benfica enquanto equipa. Mas devo também dizer que se concordei com Jorge Jesus na conferência de imprensa, nas suas críticas ao relvado de Alvalade, o qual sem dúvida tira velocidade ao jogo, achei deselegante e até uma falta de respeito para com o adversário, ele ter dito que o Sporting está fora da corrida ao título com este empate, JJ, até pode pensar assim, mas não deve dizê-lo, até porque há muito campeonato pela frente.
   Resta agora verificar se de facto a melhoria demonstrada neste jogo por parte do Sporting é real, ou se ela resulta do facto do jogo ter sido contra o Benfica e da recente mudança de treinador, o tempo o dirá, mas em relação ao derby, há um elogio que tenho de fazer ao Carvalhal, montou bem a equipa, principalmente com a inteligente colocação de Adrien no meio - campo, que serviu para tapar a subidas de Aimar e impedir as perigosas combinações em tabela, entre ele e Saviola, que muita mossa têm causado aos adversários, foi aí, na minha opinião que começou por não perder o jogo, faltou-lhe contudo audácia para depois querer ganhar o jogo, talvez por sentir, que o seu clube, neste momento, ainda não se pode dar ao luxo de arriscar frente ao Benfica. Já no Benfica, apesar de ter gostado da equipa, nota-se alguma baixa de intensidade no seu jogo, as transicções já não são tão rápidas, fruto das marcações impiedosas de que os principais criativos da equipa são alvo e de alguma quebra física em alguns jogadores, o que é normal e acontece sempre, com toda a certeza a equipa vai voltar a subir de produção na pausa das competições europeias.
PORTO 2 RIO-AVE 1 - Para não ser mal interpretado, começo por dizer que foi uma vitória justa do Porto, criou mais oportunidades, atacou muito e teve alguns períodos de jogo bem aceitáveis, pressionando o seu adversário, mas Paulo Costa, apesar de acabar por não influenciar o resultado, inclinou sempre o campo, mas repito, não foi por aí que se deu o triunfo posrtista, ante um Rio-Ave personalizado e a demonstrar a razão do seu bom campeonato.
   O Porto não entrou muito bem no jogo, apesar de Belushi tentar criar rupturas na bem organizada defensiva contrária, mas esta estava a acertar nas marcações, pelo que foi através de uma acção individual de Hulk, com alguma sorte nos ressaltos, que este jogador inaugura o marcador. Pensava-se que o mais difícil estava feito, puro engano, porque 2 minutos depois, o jovem de 34 anos, João Tomás, repõe a igualdade com um belo cabeceamento.
  Após a igualdade, o Porto teve um período de algum nervosismo em que os vila condenses, podiam ter aproveitado, mas após acalmar, os últimos 15 minutos da 1ªparte, foram o melhor período do Porto no jogo, valendo aí Carlos, que segurou o empate até ao intervalo.
Na 2ª parte, o Porto entrou muito ansioso no jogo e os assobios fizerm-ae ouvir, contudo, a equipa de Vila do Conde, revelava já algumas dificuldades em ter a posse de bola e as suas saídas para o ataque já não se faziam de forma tão boa, o Porto, sentindo isso, começou a carregar no acelerador e depois de Fucile já ter simulado um penalti, simulou outro e este foi estranhamente marcado pelo árbitro da partida, num lance verdadeiramente inadmissível, mas fez-se justiça e um Falcão, cada vez mais a perder fogo, falhou.
    O Porto não se desorientou e continuou a tentar marcar e na minha opinião, Paulo Costa, começou a inclinar o campo, deixando de marcar algumas faltas evidentes a favor dos visitantes quando estes saiam para o ataque e foi já para lá do minuto 80 e depois de algumas oportunidades desperdiçadas, que Varela dá vantagem à sua equipa e coloca um ponto final na partida, numa vitória suada, mas justa do Porto.
Pela Positiva, a organização do Rio -Ave, que tentou sempre jogar olhos nos olhos, não colocando nenhum autocarro à frente da sua baliza, excepto no período final do jogo, porque não havia pernas para mais, o facto do Porto ter sempre procurado o golo da vitória, pela negativa, a actuação de Paulo Costa e a desinspiração da cada vez menos ave de rapina Falcão, se calhar, os olheiros do Benfica, não são assim tão bons.
Arbitragem de Paulo Costa, foi boa na 1ª parte, mas na 2ª parte, além do penalti mal marcado a favor do Porto, teve um critério técnico desigual na marcação das pequenas faltas, com calro prejuízo para o Rio - Ave.

20 comentários:

troza disse...

Bem, o jogo não foi bom em oportunidades mas não tenho memória de nos últimos anos ter havido um derby em que as duas equipas deram literalmente o máximo para ganhar o jogo. Basta ver as ganas de todos os jogares na recuperação da bola ou da maneira como se faziam às bolas perdidas.

Quanto ào Pedro Proença... ainda bem que não marcou a mão do Polga (o amarelo do Polga nasceu de um lance que na minha opinião não foi falta) e seria obrigado a expulsá-lo. No lance do David Luiz com o Liedson tb acho que tivesse bem mas não vi a repetição pois foi a altura em que as travessas chegaram à mesa. A única critica que faço é, na parte final do jogo, onde qualquer cabeceamento dividido dava falta a favor do Sporting. Para além de eu achar que a maior parte delas não era falta (o futebol é para homens... como se costuma dizer), cairam sempre para o mesmo lado numa perspectiva que não entendo. Foram 3 ou 4 faltas sem influência no resultado mas esta forma de apitar portuguesa tira muita gente do estádio pk prejudica o espectaculo.

Quanto ao Porto... quando vi o arbitro a assinalar aquele penalty já sabia o que havia de vir. É a diferença... o Porto joga mal tem um penalty inventado... os outros jogam mal e tem penaltys roubados. Depois ainda há gente que vem com a desculpa do "jogaram tão mal que nem se deve falar de arbitragem". Enfim...

Outro assunto, as imagens do tunel. Então agora parece que o Cardozo e o Leonel nem se cruzaram no túnel e o arbitro só chegou lá dois minutos depois da confusão? Enfim... há coisas fantásticas, não há?

Blog do Vascão disse...

Um 0 a 0 atípico, mas pelo que as equipes apresentaram ficou de bom tamanho, justo.

Abraço
Jeferson

garanhão plus disse...

Aceita-se o empate, mas julgo que a haver um vencedor, esse seria claramente o Benfica, porque na parte final da partida, foi o único que correu riscos e não fora uma arbitragem que passou camuflada, mas muito habilidosa e o Benfica tinha saído com os 3 pontos: Adrien, faz falta por trás, bastante dura e que coloca a integridade física de Saviola em perigo, vermelho directo por mostrar, ou seja, ainda na 1ª parte, o Sporting ficava com 10, a FIFA é clara neste tipo de jogadas, depois, mão descarada de Polga e 2º amarelo por mostrar a 15 minutos dos 90 e desse lance resulta um livre peigoso contra o Benfica e um amarelo que nunca existiria para David Luíz, Cardoso vai para cabecear na àrea do Sporting e Caneira atira ostensivamente o cotovelo contra a cara de Cardoso, penalti por marcar, pois se essas faltas são punidas fora, devem também ser punidas dentro da grande área.
Por aí se vê a dualidade de critérios daquele que dizem ser benfiquista, mas com o qual raramente ganhamos, uma palhaçada, ainda por cima quando se sabe que ele jogou futebol de 5 pelo Sporting.
Se fossemos só pelo jogo jogado, sim o empate era justo, mas com uma arbitragem neutral o Benfica passeava neste jogo.

carlos silva disse...

Aqui se ve o adepto benfiquista, e mais nao digo boa crónica jorge, bom comentário troza.

Bernardo disse...

Jogo interessante, nem sempre bem jogado, sendo que O empate é o resultado justo.

O árbitro falhou mais uma vez prejudicando o Benfica, mas o que se podia esperar... vamos ver até ao fim do campeonato arbitragens "inteligentes" tentando prejudicando o Benfica e mais "inteligentes" ainda beneficiando os corruptos... Ontem com o RIO AVE foi de rir, mas claro que passa impune e o arbitro terá boa nota!

Do castigo do cardozo e após visionar as imagens nem vale a pena comentar.

Abraço

garanhão plus disse...

O adepto benfiquista, mas quem apedrejou o autocarro do Benfica? Quem teve de ser repelido pela Polícia por andar a atirar com objectos aos carros que por ali passavam?
Eu sei que a verdade dói, mas a verdade é aquela que eu escrevi, ou é mentira que Adrien e Polga eram expulsos pelos motivos que referi? Posso dar o beneficio da dúvida no penalti sobre Cardozo, mas os outros lances são evidentes.

carlos silva disse...

Eu só te digo que eu tenho olhos e não falei de arbitros mas o david luiz demorou muito a levar um amarelo, cometeu um penalty dito pela generalidade das pessoas benfiquistas inclusive, e o segundo amarelo ao Polga não era dado se o aimar não tivesse simulado o primeiro.

carlos silva disse...

Realmente tenho nojo desses terroristas bin ladens que o meu presidente fala que apedrejam autocarros de clubes, mas lembro me de ser corrido À pedrada da luz no célebre 3 a 1 com 2 do liedson.

jean jaques disse...

derby amorfo!um socio nunca pode prejudicar o slb senao é expulso!

jean jaques disse...

David luiz ja anda pa ser expulso desde a taça e em alvalade nem a primeira parte acabava!tens de aprender a ver a bola independentemente de ser lampiao ou nao sr garanhao!

jean jaques disse...

David luiz paulada é com ele allez

jean jaques disse...

javi garcia paulada é com ele allez

troza disse...

Carlos Silva, obrigado pelo elogio. Talvez o vermelho ao David Luiz fosse justo (não me lembro de ter visto nada de especial para isso para além do livre em que viu amarelo), mas também houve umas entradas assassinas por parte do Sporting. Visto o jogo mais à lupa encontram-se sempre casos. Mas que, puxando para um lado ou para o outro, desta vez me pareceram aleatórios e não propositados. Basicamente estou a dizer que os erros que se passaram foi por incompetência já que o jogo não foi dificil de apitar.

A verdade é que foi o Sporting-Benfica com menos casos dos últimos anos.

No entanto o Benfica deve-se juntar ao Sporting para tirar de lá o senhor que manda nos arbitros. As nomeações são uma afronta para o futebol, principalmente as que este faz. Não é a primeira vez que escolhe arbitros para apitar jogos de clubes que tem algo contra esse arbitro, o que é grave principalmente grave quando se trata de jogos grandes.

Além disso, não é coincidência o facto de, nos últimos jogos, o palhaço ter nomeado os arbitros com quem o Benfica ganha menos... A começar no Jorge Sousa até ao Proença. No entanto só me queixo do trabalho do Jorge Sousa.

Por falar nele, gostava de saber a opinião soubre o que se tem vindo a saber do tunel do jogo do Braga. A não acontecer nada, junta-se a expulsão conveniente do Cardozo e a não expulsão conviniente daqueles gajos todos do Braga, ao golo mal anulado do Luisão. Ou, se eu estiver enganado, o golo mal validado do Guimarães no jogo da taça (foram iguais... e, já agora, sou a favor da primeira hipotese).

Ainda não se sabe tudo mas a continuar este rumo o Jorge Sousa devia ser proibido de apitar até os jogos de juniors em campos pelados...

Jotas disse...

O Carlos, explica-me só como foste corrido da luz a pedrada com o s 3 a 1, 2 de Liedson, se não foste ao estádio?
Assim como considero no geral uma arbitragem positiva do Proença, como aqui referi e acho que o jogo não passa sequer por essa questão, acho isso ridículo, assim como é ridículo falares do pseudo penalti do david e tu viste o jogo comigo,na altura pelo menos disseste que o lance era limpinho e que não houve nada, ou seja, eu dos benfiquistas que conheço nem sequer se discutiu esse lance ou arbitragem, mas pelo menos um sportinguista, tu, disseste que aquilo era limpo,aliás se isso é penalti, bom temos quantos por jogo? Acho que o futebol não é basket e há contacto desde que legal, foi claramente o caso, ganhou posição sobre o avançado de forma clarissíma e limpinha, até os jornais o dizem.
Mas lamento que num jogo que na minha opinião nem foi marcado por casos graves, em que foi dos derbys com melhor comportamento dos jogadores de ambas as equipas, se queira agora aludir a lances que não fazem qualquer sentido, para mim, o único erro foi o que mencionei e foi isso mesmo, um erro, o que é normal, ou alguém acha que há arbitragens perfeitas?
Eu só reclamo de arbitragens, quando se vê claramente que há uma tendência para na dúvida beneficiar sempre o mesmo, ou quando há lances absolutamente escandalosos, nesse patamar, coloco no benfica esta época, apenas a arbitragem de Jorge Sousa, não porque o que ele ajuízou tenha sido lances de certeza absoluta, mas porque na dúvida o benefício foi sempre para o mesmo lado, claramente não foi o que aconteceu neste correctíssimo derby, cujo empate nem sequer oferece discussão, tal a sua justiça.
Mas vou sim fazer um post interessante, julgo eu, em que vou tentar ser o mais suscinto e objectivo possível, sobre os incidentes de Braga e embora vá tenatr ser parcial, é normal que haja uma certa inclinação para as minhas cores, isso passa-se comigo e com os adeptos de qualquer clube.

carlos silva disse...

Para mim aquela filmagem não mostra nada, pelo menos aquela que eu vi no dia seguinte de ontem.Não mostra nem que o cardozo não agrediu nem que agrediu.Porque não vemos o túnel todo.Além de que podemos dizer que o cardozo não era o primeiro a sair do túnel porque dentro de campo tinha muitos jogadores à frente dele, e quando passou por esses jogadores o que ele terá feito?fica a pergunta?

Se forem só aquelas imagens nãop vemos as agressões dos seguranças que o benfica disse que aconteceram também.

Só com Uma filmagem corrida e que se veja a área toda é que acredito no que se passou.E depois como é que se conseguiram as imagens do tunel de braga?
Porque nunca vi as imagens do tunel do dragao e do tunel da luz?

Ja que de alvalade nao me lembro de ocorrerem incidentes em tuneis até agora.

Troza se fosse ao contrário o que achavas do lance do d luiz sobre o liedson?o futebol nao se joga cos braços.

carlos silva disse...

jotas quem diz eu , diz os meus colegas que sairam la da luz assim.E AQUELA bancada onde tavam os nossos adeptos sei bem o que se passou...Epá e pelo menos nao morreu ninguem nos incidentes...

Mas é como disse nao me identifico com os terroristas que o JEB fala, e foram os mesmos que fizeram isso.

carlos silva disse...

Já tou como o jean Jaques.

Jotas disse...

Na tua opinião à Jean Jacques e já que queres entrar por aí, não tens com certeza nada a dizer do Veloso e do Adrien, pois não?
Afinal e contas ao pé de mim tiveste uma opinião e agora tens outra?
Ao menos, julgo eu, que neste post mostrei a mesma coerência que mostrei quando estive contigo e mantenho o que lá está escrito, pena que consoante as conveniências assim tu mudes de opinião.
Em relação ao túnel de Braga, vê o post seguinte com as imagens e atenção que também defendo Leone, apenas me esqueci de referir que efectivamente não se vislumbra qualquer acção incorrecta dos stewards da 2045 e cuja ressalva farei nos comentários, porque agora tenho que sair.
Em relação aos túneis, quem tem oral que atire a 1ª pedra, porque no tempo do Cintra, aconteceram lá casos, caso não te lembres e julgo que nessa altura aquilo ainda era Sporting.

andrecarmosaraiva disse...

Carlos Silva, se fosse ao contrário, e pk por vezes sou um pco faccioso, teria reclamado. Depois de ver as imagens acho que não. Não parece fazer nada para o Liedson ir ao chão e, sinceramente, há muitos lances assim que não marcam a favor do Benfica. Pelo menos fica a justiça de, por uma vez, ser igual para os dois lados...

karlixsilvex disse...

Jorge para mim não é nada e eu referi que o arbitro fez uma boa arbitragem, mas quando eu oiço o garanhao nao me contenho, pois consigo estar ao nivel dele se for preciso.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista