quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

DIA DE CHAMPIONS - 1º lugar exige-se.

    Após o sorteio da liga dos campeões, creio que ficou claro para toda a gente que o Benfica tinha tudo para seguir em frente na competição, recordo-me inclusive, de aqui ter escrito que qualquer outro cenário que não o apuramento do Benfica para os 1/8 de final, teria de ser considerado um fracasso.
   Também não é menos verdade, que para a generalidade das pessoas, o 2º lugar no grupo era um dado adquirido, afinal de contas, um dos adversários era nem mais nem menos que o campeão inglês e vice-campeão europeu Manchester United, pelo que poucos esperavam que hoje, pelas 19H45, o Benfica entrasse na última jornada com muito mais que o apuramento garantido, com o 1º lugar do grupo na mão, com toda a importância que esse factor pode ter no sorteio da fase seguinte.
    Assim sendo, será inadmissível que o Benfica deixe fugir a oportunidade de acabar esta última jornada como começou, líder, joga em casa e tem pela frente aquela que é claramente a equipa mais acessível do grupo e até uma das mais frágeis da presente edição desta prova.
   Como tal, o Benfica tem de encarar o jogo de hoje com seriedade e respeito pelo adversário, jogando ao seu nível, se o fizer, estou certo que com maior ou menor dificuldade, a equipa irá vencer este jogo e ganhar o grupo, o que lhe confere à partida uma série de vantagens para os 1/8 de final, desde logo o facto do jogo da 2ª mão e normalmente decisivo, ser jogado no estádio da Luz, com a força do seu público no apoio à equipa, mas essencialmente porque da maneira que esta edição está a correr, e evitar os mais sérios candidatos à vitória na Liga dos Campeões, Barcelona, Real Madrid, Bayern, Inter de Milão, Arsenal, Chelsea e o outsider Hapoel.
    Seria portanto um cenário de enorme dificuldade para o 2º lugar do grupo o que se avizinhava, no entanto, pela qualidade enorme desta prova, o facto de ganhar o grupo, apesar de conferir melhores possibilidades, tem ainda assim equipas de renome e muita qualidade, Nápoles ou City, Milan e Bayer Leverkursen que me parecem ser os adversários de maior grau de dificuldade, tendo como melhores alternativas apesar se serem sempre confrontos de elevado grau de dificuldade ou não estivessemos a falar da melhor prova a nível de clubes,  Lille ou Tranbzonspor, muito provavelmente Ajax, Zenit e Marselha, por aqui se pode perceber como é importante vencer o grupo devido às maiores probabilidades de um sorteio que abra perspectivas para os 1/4 de final.
   No entanto, como disse antes da prova começar, tudo o que para uma equipa portuguesa seja chegar aos 1/8 de final, deve ser considerada uma presença positiva, mais do que isso é uma fantástica presença.
    Lamento apenas que o jornal "Record" deturpe as palavras do treinador do Benfica, o qual nunca disse que queria apanhar o Barcelona na final, dando quase como adquirida a quase utópica presença do Benfica nesse jogo, não foi nada disso que Jesus disse, o que ele disse quando confrontado com esse cenário pelos jornalistas rindo-se, foi que se assim fosse, gostaria de jogar com o Barcelona, porque era sinal que o Benfica tinha chegado à final, ou seja, um contexto totalmente diferente da ideia que hoje, na 1ª página e em grande destaque, esse jornal quer fazer passar.
    O Porto foi ontem relegado para a Liga Europa após empate caseiro a zero com o Zenit, um jogo marcado por intenso domínio portista, que explorou as imensas fragilidades defensivas concedidas por um adversário que se limitou a pouco mais que ficar fechado no seu meio campo, mas cujas falhas na concretização e o acerto do guarda - redes adversário, o impediram de fazer melhor.
   Este resultado acabou por castigar o Porto pelo mau inicio de campanha nesta prova e o curioso, é que mesmo com um desempenho por vezes medíocre nas primeiras 4 jornadas, os portistas ficaram a 1 golo de vencerem o grupo.
   Estranho apenas, que ao contrário da temporada passada, quando o Benfica saiu da Champions para a Liga Europa, não haja agora ninguém no clube portista, com um coro de protestos por aquilo que apelidaram de absurda repescagem dos clubes de uma prova para outra, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.

5 comentários:

MAGALHÃES-SAD-SLB disse...

SUBSCREVO NA ÍNTEGRA!!

GLORIOSAS SAUDAÇÕES!!!

Carlos Alberto disse...

Magistral como sempre o amigo Jotas!

dezazucr disse...

Ainda me dói :(

Apoio muito Jesus, mas a verdade é que normalmente quando cai, cai sempre com estrondo, da pior forma possível :(

BR disse...

Concordo com tudo excepto com a parte que o foculporto foi repescado.
O foculporto nunca é repescado... O foculporto no melhor jogo que fez este ano conseguiu um brilhante apuramento para a liga europa.

Isso de repescagens é para clubes pequeninos como o benfica...

Joseph Lemos disse...

Jotas, exigiste e eles não desobedeceram!!!

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista