domingo, 24 de julho de 2011

"RECORD" TENTA JUSTIFICAR-SE- Mas insiste em cair no ridículo.

--- Levantei-me cedo, tomei o meu café e comecei a esfolhear o jornal " O Record", o tal que disse quer Luisão estava incontactável, na altura precisa que o jornal "A Bola" o contactava.
   Eis quando me deparo, logo ao virar da página, com a necessidade deste diário, em tentar justificar o injustificável, através pasme-se, do seu director adjunto, António Magalhães, com uma crónica denominada, "minuto 0", cuja leitura aconselho, quanto mais não seja para ver a triste figura ali representada.
   António Magalhães, tenta desmentir a mentira insistindo na mentira, ou seja, vem querer justificar que o seu jornal não errou, falou verdade, mas que o que disse acabou por não se verificar.
  Diz ele, para justificar a sua versão, que tal só não se verificou, porque momentos depois da publicação da notícia, Luís Filipe Vieira, exigiu ao empresário a presença de Luisão em Lisboa, numa espécie de ultimato, é caso para dizer, abençoado jornal que faz com que o Presidente do Sport Lisboa e Benfica se mexa, porque o jornal sabe mais sobre o jogador que o Benfica. Triste mas ridículo o que este senhor diz, o que ele não consegue justificar é porque raio um jornal conseguiu contactar o jogador que pelo seu jornal era dado com incontactável, mas isso fica com certeza para outras núpcias.
   Para finalizar de forma hilariante a sua bela crónica!!!, esse senhor diz que termina hoje a novela com as habituais juras de amor e com o dedo acusador a quem quis denegrir a imagem do jogador, ou seja, esse senhor não pretende mais com isso, do que defender-se a si e aos seus jornaleiros que neste caso tão mau serviço prestaram ao jornalismo, porque de facto é fácil antecipar cenários que correspondem ao legítimo, porque foi precisamente esse jornal, o principal alimentador de uma polémica por si criada, sem nunca se ouvir da boca do jogador qualquer palavra a querer dizer que vai sair.
   Permitam-me que diga, que a emenda foi pior que o soneto, já que o jornal "O record", não quis ter o bom senso de se retratar, ao menos que ficassem calados, pois assim não cairiam no ridículo, com a triste figura que o sr. Magalhães faz hoje, há momentos em que mais vale ficar calado, hoje seria esse o momento.
  
  

7 comentários:

Carlos Alberto disse...

Se o ridiculo matasse os gajos do Record caiam todos para o lado!

red wings disse...

Hoje viraram-se para o GAITAN.Quer mais dinheiro,dizem.
Não vivem sem o Glorioso!Coio de osgas submissas,lambe-cu d'Andrades!!!(com apóstrofo é mais IN,mais visconde).

Anónimo disse...

Eu ainda não me esqueci que segundo estes aldrabões o Ricardinho só não foi para o futebol de onze porque eles se anteciparam e divulgaram a notícia!!!!
Orlando

ad.eternum SLB disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ad.eternum SLB disse...

Jotas,

Para quê perder tempo com essa gente...eu sei que é difícil perder o hábito de muitos anos,mas de ler um pasquim que passa diariamente a maltratar o nosso clube...não sou capaz.

Saudações Benfiquistas

Manuel Oliveira disse...

Mais uma vez o sr. magalhães caíu no ridículo.
Quem ler o Anti-Benfica verá que é dia-sim, dia-sim.

Abraço.

Sakana disse...

GRANDE PRÉMIO DE "MILITÂNCIA"

www.sakanagem69.blogspot.com

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista