quinta-feira, 14 de outubro de 2010

DEPOIS DA SELECÇÃO - A Taça de Portugal

--- Depois de uma dupla jornada, 100% vitoriosa da nossa selecção, que muito me apraz registar, ainda por cima, porque ganhou de forma convincente, eis que vem aí uma prova pela qual tenho um carinho muito especial, a Taça de Portugal.
     O Benfica tem como adversário, a equipa surpresa dos tempos mais recentes, o Arouca, a qual em apenas 5 temporadas, chegou das distritais, aos campeonatos profissionais, no caso, à Divisão de Honra, agora denominada de Liga Orangina e como prémio por esse percurso brilhante, nada melhor que uma visita ao reduto do Benfica.
    O perigo destas competições, reside por norma no menosprezo por adversários de escalões inferiores, daí as surpresas algo recentes que por vezes acontecem, ainda está bem fresco na memória dos adeptos, as façanhas do Gondomar na Luz, do Atlético e do Torriense no Dragão, ou da Naval quando estava na 2ª liga em Alvalade.
    Como tal, será sempre uma eliminatória de risco se for encarada de forma displicente, ou seja, hoje para se ganhar é preciso encarar qualquer jogo, com sentido de responsabilidade e seriedade e julgo que é isso que o Benfica vai fazer.
    Confesso que tenho muita saudades de ver o meu clube no Jamor, naquela que para mim é a grande festa de encerramento da época desportiva em Portugal e é por isso que sinto sempre uma enorme mágoa, quando o Benfica fica pelo caminho.
   Creio que o clube vai apostar forte nesta competição, a Taça é pois um objectivo claro e assumido pelo Benfica e seja qual for o adversário que lhe vá calhando em sorte, a equipa tudo deve fazer para o ultrapassar, para que os adeptos benfiquistas possam rumar ao Jamor de todo as zonas do país e até do mundo e é esse o grande sentido de festa que esta prova trás consigo.
    Esta eliminatória contudo, surge após os jogos das selecções, com todo o desgaste inerente aos jogos e às viagens, algumas das quais bem longas e antecede os jogos da Liga dos Campeões, na qual o Benfica tem um confronto frente ao Lyon, que não sendo decisivo é de extrema importância para as contas do apuramento, pelo que a gestão da equipa para o jogo como o Arouca deve ser feita com todo o cuidado.
   Julgo que alguns jogadores devem ser poupados, por forma a que recuperem bem e estejam todos aptos para 4ªfeira, mantendo contudo uma equipa competitiva para que não hajam percalços na Taça.
   Uma equipa que julgo equilibrada e adequada ao que atrás referi, será a seguinte: Moreira, Luís Filipe Luisão, Sidnei e Peixoto, no meio campo, Airton, Salvio, Filipe Menezes e Gaitan, na frente, Weldon e Kardec.
   O Porto terá nesta eliminatória o mais fraco dos adversários, o Limianos da 3ª liga, um jogo que lhe vai permitir uma fácil gestão do plantel, sem colocar em risco a eliminatória, já o Sporting tem uma deslocação curta, mas não tão fácil como aparenta, não só porque o Estoril tem alguma qualidade, como também porque a equipa de Alvalade atravessa um período conturbado em termos de resultados, contudo o seu favoritismo é total.
   Que role então a bola, na grande festa do futebol, onde se encontram os miúdos e graúdo, que é a Taça de Portugal.

7 comentários:

águia_livre disse...

Confio sinceramente que o benfica não vai ter problema algum em passar à eliminatória seguinte jogue quem jogar.
Já o Sporting, não sei não.

Saudações desportivas
.

VHugo disse...

Concordo contigo Jotas.
No 11 só mudava uma coisa. Colocava o Fábio Faria ou no lugar do César Peixoto ou no Lugar do Sidnei.

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/10/foi-homem.html

sloml disse...

Em mais um post ao nível a que já estamos habituados, só tenho duas ressalvas a fazer. Nesse 11, irá estar o Júlio César na baliza em vez do Moreira (feliz ou infelizmente, não sei dizer; embora ache o Júlio César muito melhor, também me parece que se há jogo para o Moreira jogar, será este...). Também colocaria, tal como o VHugo, o Fábio Faria ou no lugar do Peixoto ou no lugar do Luisão (caramba, se há jogo em que o Girafa pode descansar é este). Na frente, talvez pudesse jogar o Nuno Gomes com o Weldon ou com o Kardec. O resto concordo, embora não goste do Felipe Menezes (acho que não tem a qualidade suficiente para jogar no Benfica).
A outra ressalva tem a ver com o Estoril. Muitos podem não o conhecer, mas eu já os vi a jogar este ano, ao vivo e na televisão, e garanto que há ali muita qualidade, tanto nos jogadores como no treinador. Espero sinceramente que eles consigam subir. Isto para dizer que o Sporting não vai ter vida fácil...

AG disse...

O FC Porto tem o adversário mais fácil dos três grandes,mas pode haver surpresas na eliminatória.

Abraço

Manuel Oliveira disse...

Caro Jotas, este jogo é óbvio que é para ganhar independentemente de quem jogue. Mas, não podemos pôr uma equipa sem a espinha dorsal titular pois o Arouca ainda no fim de semana empatou com a Académica para a Taça da Liga, 2-2.

Abraço.

Bimbosfera disse...

Boas. Estou com o Jotas, mas também com o Sloml e o Manuel. Já me lembrei da Taça da Liga, mas, sinceramente, não sei se foi por falta da Académica, se por qualidade do Arouca, o certo é que já me passou pela cabeça esse resultado 2-2.
Só uma nota, sem querer ser chato, «antecede» e «precede», no parágrafo das Selecções e Champions querem dizer o mesmo, logo deveria ser, talvez, «sucede» os jogos das Selecções e antecede ou precede os da Champions. Desculpa o reparo, Jotas! E desculpa não ter vindo com tanta frequência. Espero estar a recuperar!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

águia_livre disse...

vamos ganhar por 6-0

3 golos do Kardec

Bom fim de semana para TODOS
.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista