sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

REGRESSO AO PASSADO - A euforia durou 5 dias.

---- SPORTING 1 HEREENVEN 1 - Foi um Sporting que regressou a um passado recente, depois da euforia desmedida que durou só 5 dias, por ter empatado no seu estádio com o Benfica, naquela que foi a exibição da temporada leonina, foi um Sporting lento, sem ideias e que contra um equipa holandesa, muito semelhante ao nosso actual Setúbal, com pouco mais que onze toscos, jogou um futebol sem chama e qualidade.
     Se a 1ª parte do jogo foi penosa de ver, a 2ª parte, teve momentos hilariantes de autêntica comédia nacional, passes extraviados, jogadores que se atrapalhavam, etc, foi realmente mau demais.
   Este sistema táctico que Carvalhal parece querer implementar, 4-2-3-1, serve para jogos com adversários mais complicados em que se pretende pelo menos empatar e que visa dar uma maior consistência defensiva, facto esse que foi muito útil contra o Benfica, porque actualmente está nitidamente num patamar superior, mas contra equipas em que são precisos conquistar 3 pontos, ficou provado que não serve, aliás Carvalhal, tem de perceber, que para o Sporting não serve jogar para o ponto, como noutras equipa que treinou, caso contrário, a sua experiência será curta, tal como indicia o seu contrato.
   Mas há que ressalvar num entanto o que foi mais importante, o golo de Grimi, já em período de compensações e que no fundo, permitiu o Sporting ser 1º no grupo e com isso ser cabeça de série e evitar as 4 melhores formações vindas da Champions, com Liverpool e Bayern à cabeça  e isso é o mais importante. Ressalvar que foi ainda muito importante esta passagem do Sporting aos 1/16 de final, depois de confirmada a eliminação do Nacional da Madeira, que foi goleado por 4 a 1 em Bremen, resultado algo enganador, porque assim continuamos pelo menos com 3 equipas com possibilidades de angariar mais pontos para o Ranking de Portugal na Europa e adivinhando-se que o Porto, por estar na Champions e estar longe do nível de outras potências europeias, dificilmente conseguirá muitos mais pontos, esta Liga Europa, pelo seu nível bem inferior à Champions, permite aos clubes da Capital, sonharem com mais algumas eliminatórias e como consequência contribuirem para a melhoria do Ranking português.
   Uma ressalva para o péssimo relvado do estádio leonino, ao fim ao cabo, Jorge Jesus, constatou o óbvio e não percebo porque foi tão críticado por isso, quando são os próprios jogadores do Sporting, por mais que uma vez a ressalvarem essa situação, que de facto, não é condizente com a estrutura existente de um estádio moderno e funcional, claramente, a direcção do clube de Alvalade tem de fazer alguma coisa.
  Preocupantes, foram ainda as palavras de Liedson, a mostrar falta de sintonia com o seu novo treinador, dizendo que não quer jogar sozinho na frente, porque isso o desfavorece e pasme-se, pedindo mesmo para o colocarem a descansar pois neste sistema há no plantel quem saiba fazer melhor. Estas palavras são graves e demonstram que afinal, o balneário leonino continua a não falar a uma só voz, o que não anuncia nada de bom para o futuro.
  As palvras transcritas são estas e ficam à consideração de cada um: "Não gosto de jogar sozinho, ninguém gosta. É dificil e demora tempo a adaptação. É preciso ter paciência, não está a ser fácil"; "Disse ao treinador que não me estou a sentir bem. Infelizmente, não estou a ajudar a equipa com golos. Talvez o melhor seja retirar-me da equipa e dar oportunidade a outros companheiros, talvez seja melhor estar um tempo sem jogar, para recuperar melhor".
   Foi aliás curioso ver a cara de espanto de Postiga, quando questionado acerca das palavras do seu colega.

6 comentários:

carlos silva disse...

Achei as palavras do Liedson muito boas, e que também podem ser interpretadas noutro sentido, o qual não quiseste comentar.
Ele foi humilde o suficiente em admitir que não se está a sentir bem, e que o sistema não o favorece, e que há lá quem faça melhor(o que nao me parece que haja), e no fundo dar oportunidade a outro colega.

Agora eu nunca estive em euforia,porque para mim empatar com o benfica é um mau resultado, até porque ultimamente temos ganho mais ao benfica que eles a nós(5v, 4e , 3 d nos ultimos 5 anos). e como é obvio nao gosto de carvalhal, mas se ele fizer um bom trabalho como disse aqui tenho de dar a mão à palmatória.

Agora também estás a desvalorizar muito a equipa do Heerenveen, mas isso é normal, não estou a dizer que o Sporting fez um jogo bom, aliás foi mau de mais, mas as opções do treinador foram más, e como tu sabes não é fácil jogar com equipas que só defendem, o benfica viu-se aflito com a naval(e está a jogar bem), então uma equipa sem confiança pior ainda.

VHugo disse...

Na selecção também se joga em 1x4x3x3

Será que vai recusar jogar lá também?

carlos silva disse...

mas na selecção até se joga melhor em 4-4-2 losango no meu entender.

Pedro_M disse...

vejam a mentira da capa de hoje do record aqui http://visaodemercado.blogspot.com/

Jotas disse...

Desculpa Carlos discordar contigo, mas essas palavras nada tiveram de humildade, só se pode dar a estas palavras um sentido, o de Liedson estar em desacordo com as ideias do treinador e o colocar o seu lugar à disposição, não é mais que um alerta e encostar o treinador contra a parede.
O Nuno Gomes, por exemplo, muitas vezes referiu que sempre gostou mais de jogar acompnhado na frente, mas nunca fez nenhum ultimato, no fundo é disto que se trata.
Possa até estar enganado, mas o que Liedson afirmou, na minha perspectiva, demonstra claramente que aquele balneário se encontra partido e sem falar a uma só voz.
Eu considero essas afirmações graves e acredita, que num clube como o Porto e se calhar neste actual Benfica, um jogador que faça esse tipo de afirmações em público, seria com toda a certeza alvo de um processo disciplinar, pois um profissional não pode fazer isto.
Critico aqui o Liedson, com criticaria um jogador do Benfica que fizesse este tipo de declarações, nunca na vida as iria considerar muito boas, porque está a colocar em xeque a autoridade do treinador, porque são extremamente nocivas ao grupo de trabalho e também tenho algumas reservas se fosse o Cardozo a dizê-las que as considerasses muito boas.

GIL VICENTE disse...

Caro Jotas
De um treinador de autocarros nada mais se pode esperar. É um treinador que joga para não perder, não joga para ganhar.
Assim, também vai ensinando as outras equipas pequenas. Depois, quando elas lhe surgem pela frente com um autocarro igual ao que ele usa, já não sabe o que há-de fazer nem tem competência técnica para mais.
Daí que se compreenda que tenha dito que o empate "deu saúde"!...
Um empate de uma equipa de um clube que ainda se julga grande, em sua casa, a jogar contra uma equipazinha tão fraquinha!...
Este treinador talvez não tivesse tanta "saúde" com esse empate, não fossem todas as migalhas apanhadas ainda por Paulo Bento.
Mas se nem a direcção que o contratou confia nele!..

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista