segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

JORNADA DE CLÁSSICO - Benfica vence em todas as frentes.

---- Depois de Olhão, apoderou-se dos adeptos portistas, uma desmedida euforia e um desvalorizamento das reais capacidades deste Benfica que lhes deu uma resposta à altura da sua arrogância, sendo um vencedor justo, que ganhou em todos os momentos do jogo e deu uma prova cabal, que por mais que esse seja o desejo dos adeptos adversários e de alguns pseudo - comentadores, não é uma fraude, mas se o é, apenas desejo que o seja assim até ao final da temporada.
     Nuno Marçal, basquetebolista do Porto, havia dito na semana que antecedeu este jogo, que o Benfica ia ter uma má semana com 2 derrotas, no basket e no futebol, enganou-se, a má semana foi para o Porto que perdeu em ambas as frentes, a ele só lhe posso dizer, paciência e que tenha um bom Natal.
   Na semana que antecedeu este jogo, houve um desvalorizar tremendo do valor desta equipa, que praticamente não teria hipóteses pernate um Super Porto, aconteceu um pouco de tudo, valeu um pouco de tudo, desde aparecerem no dia do jogo noticias de que vários árbitros eram ameaçados nos jogos do Benfica, até a uma agressão a Pinto da Costa, em relação à primeira notícia, não me parece nada inocente que ela tenha aparecido precisamente no dia do jogo, com que intuito desconheço, mas que se apure a veracidade ou não da notícia, em relação a Pinto da Costa, foi vergonhosa a acção da comunicação social, primeiro a dizer que ele havia sido agredido, depois que foi tentativa e afinal de contas, foi apenas uma troca de palavras, algo que infelizmente acontece em todos os clássicos, tanto lá como cá, mas enfim, a resposta foi dada de forma adequada e no sítio certo, dentro de campo, com uma vitória categórica e indiscutível.
   Para um Benfica que está em quebra segundo alguns, não foi nada mau o que se passou em campo, lamento informar que afinal, para quem só vencia na pré-temporada, que goleava os fracos, que não chegava ao Natal, estamos vivos e bem vivos.
BENFICA 1 PORTO 0 - Exceptuando a 1º parte, onde a bola ainda circulava bem, foi um jogo mais de luta e entrega dos jogadores, do que pelo bom futebol, fruto do mau estado do relvado, que obviamente obrigou a um jogo mais físico que técnico e para quem dízia que este Benfica não iria resistir a relvados pesados, aqui está mais um resposta, enfim, o Benfica está sempre a cair, mas nunca mais caí.
  O Porto entrou melhor na partida, com iniciativa de jogo, mas cedo se esfumou esse domínio inconsequente e sem lances de perigo no último reduto do Benfica, depois, a partir dos 10 minutos de jogo, o Benfica começou a assumir o seu domínio, a assaltar o meio campo portista, num domínio que chegou a ser avassalador, como demonstram os 9 remates contra 2 do Porto, até que após uma oportunidade falhada de forma incrível por Cardozo, na sequência da jogada, uma antecipação de David Luiz, isola Saviola que não perdoa e estava assim feita justiça no marcador.
  Após o golo, esperava-se uma reacção portista, mas o modo como o Benfica pressionava a toda a linha, impedindo que o Porto assumisse a sua zona de construção, fez com que o Benfica continuasse por cima e pode-se até dizer que ao intervalo, o resultado era lisonjeiro para o Porto, numa exibição de categoria, personalidade, entrega e mentalidade ganhadora do Benfica.
Na 2ª parte, o Porto entrou então mais forte, assumindo o jogo e conseguindo nessa fase dominar a partida, mas a verdade é que não conseguia entrar na área encarnada, com David Luiz e Luisão em grande e os seus lances de maior perigo resumiram-se a 2 remates de meia distância, foi o que de melhor fez o Porto na partida e julgo que isso é sintomático em relação à justiça da vitória do Benfica.
   Esta reacção natural e esperada do Porto, durou 20 minutos e porquê? Na minha perspectiva, porque Jesus leu muito melhor o jogo que Jesualdo, ao aperceber-se que nesses 20 minutos, o Benfica estava com dificuldade em ter a bola devido ao desgaste de Carlos Martins e Urreta, trocou-os por Luis Filipe e Weldon e com isso o Benfica ganhou frescura fisica e mais largura, ao invés, Jesualdo resolve colocar avançados e tirar o jogadore do seu meio campo, o que é um princípio sempre errado, porque não interessa haver avançados se não houver bola para os servir e o Porto perdeu assim o meio campo e com isso o Benfica voltou a dominar.
   Com um terreno cada vez mais pesado e a bola a rolar menos, o Benfica foi mais inteligente no modo de jogar, deixando o futebol apoiado e apostando na velocidade de Saviola e Weldon, o que baralhou um Porto partido em dois e o seu domínio foi novamente mais notado nos últimos 15 minutos, onde poderia perfeitamente ter ampliado a sua vantagem.
   Quero aqui salientar a inteligência do treinador do Benfica, o qual e bem, lançou Urreta para espanto geral e que bem jogou o miúdo, pondo a cabeça em água a Fucile, assim, o Benfica teve em campo o mais parecido possível com o Di Maria e o Fábio Coentrão, mantendo os princípios e a identidade de jogo, algo que o Porto não fez ao lançar Guarin, demostrou receio, talvez ciente da melhor qualidade actual do Benfica e por isso o empate satisfazia Jesualdo, que afinal foi quem teve medinho.
   Destaco ainda David Luiz, que demonstrou uma maturidade fantástica para a idade, tem sido perseguido e atacado de uma forma absolutamente incrível, mas deu mais uma vez prova cabal da sua personalidade e categoria, à campeão, jogando com uma atitude notável, não perdeu um lance e leva injustamente um amarelo, resultado da pressão que se tem lançado para que ele seja punido.César Peixoto esteve fantástico, se calhar a dar razão a Jorge Jesus, Hulk não passou por ele e esteve sempre muito atento, subiu quando tinha de subir e com uma capacidade de passe notável e Luis Filipe, que parece outro, confiante, seguro e determinado, já a restante equipa esteve muito bem, com Saviola, os centrais, Ramires e Javi em destaque.
  Ao fim  ao cabo, O Benfica mostrou que tem um plantel e não 11 jogadores, algo que obviamente deixou os adversários ainda mais preocupados e não precisou de todas as suas unidades para ganhar ao Porto, mostrando que neste momento é melhor, lembro que o Benfica jogou 20 minutos, com meia equipa de suplentes e não convocados e foi o que bastou.
   Foi portanto uma vitória com inteira justiça do Benfica, equipa que parece que não pode perder pontos, porque se o fizer é porque está em quebra, se calhar isto até serve de elogio, é sinal de reconhecimento que o Benfica é uma grande equipa, pois na perspectiva das pessoas tem de vencer tudo e todos senão não presta e também ainda não sei se é este o teste ao Benfica, se calhar não é, mas de teste em teste lá vamos caminhando.
  Lamentável a incapacidade de jogadores e técnicos portistas e saber reconhecer a justiça da vitória do Benfica, numa clara demosntracção de mau perder, paciência e o desejo de um Bom Natal.
  Obviamente nem o Benfica é pior por perder em Braga ou empatar em Olhão, nem agora é o maior por vencer o clássico, mas é certamente um candidato efectivo ao título, que obviamente está muito longe de estar defenido, num campeonto que promete emoção até ao fim.
Arbitragem de Lucílio Batista, má, ao nível daquilo que o considero como árbitro, num jogo que pese a correcção dos jogadores, com uma ou outra escaramuça, mas no geral muito correcto, não foi fácil de dirigir, devido ao estado do tempo e do relvado e da intensidade do jogo que permitiu muitos contactos, decidiu bem no lance de Peixoto sobre Hulk, pois Peixoto antecipa-se, ganha posição e é ele que toca a bola e saiu a jogar, pareceu-me igualmente correcta a decisão na bola que bate no braço do Cardozo, ele salta à bola, com os braços ao longo do corpo que em algum momento se mexeram para a bola que até sofreu um desvio em Urreta, já Rodriguez, faz um penalti descarado e visto da Lua, por mão na bola na sequência de um canto, jogador esse a quem foi perdoada a expulsão num lance sobre Javi Garcia. Esteve ainda muito mal ao trocar 2 pontapés de baliza para o Porto em 2 cantos para o Benfica e mesmo no final da partida, quando Cardozo obrigou Helton a uma grande intervenção, Peixoto recolhe a bola já bem fora de campo, erros a mais mas sem influência no vencedor da partida.
NAVAL 0 SPORTING 1 - Não segui o jogo atentamente, estava numa bela petiscada com a malta da minha bola e foi olhando para a televisão, mas pareceu-me uma vitória justa do Sporting, que foi superior à Naval e dominou os 90 minutos, num mau relvado que não permitiu que o jogo fosse bom.
  Desculpem, mas depois de um clássico tão intenso e saboroso, não consigo dizer muito mais deste jogo.

12 comentários:

Bernardo disse...

Ganhamos sem espinhas, mesmo com o Lucilio a roubar.

Agora penso que há pessoal do Porto que viu outro jogo, mas nada que me espanto. Para eles uma pastilhinha RENNIE, que tudo passa. (Amarelos para tudo o que era jogadores do Benfica, golo fora de jogo, penalties por marcar, expulsões, etc), sinceramente que jogo viu esta gente?

CARREGA BENFICA!!!

Micaela disse...

Mas que jogo...Ninguém para este Benfica :D

Este jogo demonstrou que temos um plantel de ouro, independentemente se sejam titulares ou suplentes todos merecem estar no Benfica… Destaco o Urreta, que a falta de jogos, nem se notou em nada… E claro o David Luiz que apesar de não ter treinado nestes dias fez um grande jogo… Deu a marcar e tentou também ele próprio marcar…

Viva o Benfica

garanhão plus disse...

Um vitória de categoria do Benfica, mesmo roubado e é isso que os tripeiros querem branquear, pois sabem que foram benificiados, jogaram contra o benfica B e mesmo assim levaram na Ripa, eh eh eh, aha ah ah, tomem lá

último! disse...

Não devias escrever só sobre os primeiros classificados? :)

GIL VICENTE disse...

A melhor prenda de Natal dos Benfiquistas foi a bravura dos nossos bravos heróis, caro Jotas.
Um boa prenda que queremos - e temos a certeza - ver premiada com juros em Maio próximo.
Um abraço

carlos silva disse...

Como disse ao jorge, têm aqui a opinião dum adepto Imparcial.
Quanto a mim foi uma grande primeira parte do Benfica, muito forte mesmo. Em relação ao jogo jogado, o jorge resumio-o.De salientar que muito antes de ele escrever esta crónica, eu já havia dito que para mim David Luiz foi o melhor em campo, e que o sei elogiar quando faz bons jogos, e quando joga no limite não ultrapassando as leis(coisa que nas ultimas jornadas acontece frequentemente infelizmente para quem gosta de futebol como eu), e fui eu também que lhe disse que viu pela primeira vez mal um amarelo.Ou seja cá está o elogio, coisa que sei fazer ao contrário do que pensam. Depois penso que pela positiva destaco Javi Garcia um pendulo que fez tudo bem. E depois Urreta o menino que se pensava que Jesus havia esquecido, e que sempre pensei que podia até ser superior a Di Maria pelo que vi a época passada do Di Maria, esta época está muito melhor.De salientar também o melhor jogo de Maxi pelo Benfica esta época, estando a subir de forma.

Do porto Realço Varela a entrada do para o jorge(Lourenço 2), mexeu com o jogo e que é certo é que criou perigo nas arrancadas, e que se notou que já devia estar em campo há muito tempo.Bom jogo de Alvaro Pereira. Fucile fez o pior jogo que ja o vi fazer, e o raul e o fernando também estiveram muito abaixo, o Jesualdo demorou muito a mexer a segunda vez.

O Benfica ganhou bem, num jogo onde a arbitragem nao teve influencia no resultado, já que quanto a mim ficaram 2 penaltys por marcar.mas é a minha opiniao, e acho que não sou o unico a pensar assim.Rodriguez devia ter sido Expulso, estava muito nervoso.As noticias faladas nao comento, mas sei que se viessem â tona como sendo do Porto ou Sporting teriam outro comentario neste blog.

troza disse...

De tudo o que foi dito, falta só dizer que Fernando também devia ter ido para a rua. Pouco antes de ver o amarelo lesionou Ramires numa entrada para amarelo... Mais o Rodriguez...

E o amarelo do Saviola foi o rir.

De resto... Lucilio fez tudo, os tripeiros jogaram sujo e o Benfica ganhou!

Quanto ao Sporting, tb não segui o jogo mas a naval não sabe atacar e o Sporting conseguiu marcar. Pode ser que esta vitória os moralize para atacar outras provas onde participam, para que percam com o Benfica e ganhem ou empatem com o Braga e o Porto!!

Flip NNunes disse...

eu so sei Q o braga mais cedo ou mais tarde perde a lideranca e o Benfica fica em primeiro!! ta QuaSeeee!!!

Flip NNunes disse...

Obrigado por todo o teu apoio na cotinuacao do meu blogue benfiquistaa!(...)
obrigando tambem por gostares do meu espaco dedicado ao benfica(...)
Obrigado por linkares o meu espaco no teu Blogue(...)
Obrigado por tudo (...)

Saudacoes Benfiquistas..

Flip NNunes disse...

O teu BloGue tamb Ja Ta "Linkado" no meu xD

Saudacoes Benfiquistas..!

águia_livre disse...

Mais um artigo fabuloso

Feliz Natal, caro amigo jotas, extensivo a toda a família
.

Tibi disse...

Vitoria justa do slb perante um fcp muito apatico e fraco muito por culpa do professor jesualdo medo ferreira que foi a luz jogar po empate e levou um baile!quando vi que jogava com 3 trincos ficou logo chateado e vi logo que nao havia ninguem para segurar a bola e transporta la para frente em condiçoes.falcao desamparado,hulk pensa que a relva é o circo e insiste no egoismo.e quanto a mim a pior injustiça foi deixar o melhor jogar do fcporto do momento no banco e apostar no boneco de banda desenhada!falo de varela(lourenço 2 segundo o jorge)que quando entrou viu se logo a injustiça do prof medo.enfim!quanto ao austilio ferrari batista nada a dizer teve no seu melhor!Ja dei os parabens aos meus amigos do slb!bom ano

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista