quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

LIGA EUROPA - Apurados com distinção.

--- O Benfica acabou de carimbar na gélida Bielorrússia, ante o Bate Borisov, o apuramento para os 1/16 avos de final da Liga Europa e o 1º lugar de um grupo, que atendendo ao nível das equipas presentes, era certamente dos mais complicados e por isso, defino apurados com distinção, porque mesmo num grupo nivelado por cima, o Benfica, carimbou o passaporte e a liderança, com apenas 5 jogos, com uma exibição de contrastes, entre as 1ª e 2ª parte do jogo.
BATE BORISOV 1 BENFICA 2 - Começo por dizer que foi uma 1ª parte irreconhecível do Benfica, com muito pulmão e entrega, mas com a pior qualidade de jogo que vi esta época no meu clube, ante um adversário, que não sendo de grande qualidade, é muito aguerrido e soube tirar partido das condições atmosféricas que lhe são favoráveis, pesse embora, a felicidade de não haver neve, mas apenas frio, mas com um relvado, que me pareceu bem razoável, mas algo pesado.
   Como disse, uma 1ª parte de muito mau futebol, em que se lutou muito, mas jogou pouco e a partir dos 20 minutos, altura em que Cardozo falhou a 1ª oportunidade de golo, houve mais Bate e menos Benfica, apesar da única oportunidade de golo dos bielorrussos, ter sido um remate à trave e uma recarga a cheirar o poste, pois de resto, apenas um cheirinho de perigo, sem grandes calafrios, quer numa, quer noutra baliza, enfim, chegou-se ao intervalo, sem um futebol digno de registo.
Na 2ª parte, houve muito mais Benfica, facilitado é certo, por um golo de Saviola logo a abrir, mas que nasceu de uma jogada fantástica de futebol colectivo e uma primorosa assistência de Filipe Menezes, para mim, um dos melhores em campo.
   Esse golo deu natural confiança ao Benfica e despedaçou por completo as esperanças do seu adversário e o domínio do Benfica era agora mais constante e a bola chegava com mais facilidade à baliza adversária, pelo que não espantou o 2º golo, com mais uma bonita jogada em tabelas do ataque benfiquista, que culminou com um remate cruzado de Fábio Coentrão para o fundo das redes. O Mais difícil estava feito, o Benfica punha-se teoricamente a salvo de qualquer surpresa de maior, até porque estava muito mais forte na partida.
    Quando nada o fazia prever, num lance de grande infelicidade de Miguel Vítor, em que uma bola cabeçeada por um adversário lhe bate no rosto e só parou no fundo das redes, o Bate chega ao golo, sem nada ter feito nesta 2ª parte para o merecer e com isso, voltaram a acreditar, que pelo menos o empate era possível.
   Num entanto, as melhores e mais perigosas situações de golo eram do Benfica, com Aimar a desperdiçar o golo, naquela que foi a jogada mais bonita do jogo, ao invés, o Bate, só em bolas paradas causava perigo e aí se viu que a presença de Luisão é muito importante.
  O jogo terminou com uma vitória muito justa do Benfica, que atendendo ao volume de jogo produzido na 2ª parte, pecou por escasso, mas já jogou de acordo com o seu nível, num terreno em que poucos vencem, mas com uma 1ª parte que não se pode repetir.
Pela positiva: O futebol da equipa produzido na 2ª parte, num terreno complicado e a exibição de um menino a ter em conta, chama-se Filipe Menezes e ainda vão ouvir falar muito nele, pela negativa, a péssima 1ª parte do Benfica, o pior Benfica que vi esta temporada.
Arbitragem sem influência, mas algo irregular
   Agora, o que me indigna um pouco, é que parece que o Benfica tem a obrigação de aniquilar qualquer adversário que lhe apareça, que tem a obrigação de marcar sempre muitos golos ou jogar sempre muito bem, que devia por exemplo, chegar a Alvalade e ganhar facilmente, etc,  mas eu pergunto, há alguma equipa no mundo que o consiga? Não me parece, até o Barcelona, a melhor equipa do mundo a jogar, por vezes claudica.
  Como disse Jesus e bem, anormal é golear sempre e o normal é isto, ter de se trabalhar, correr, lutar e jogar bom futebol para vencer, seja qual for o volume do resultado e não tenho dúvidas, que este Benfica, vai ganhar mais vezes e vai dar mais uma ou outra goleada, mas também terá jogos em que a margem mínima darão os mesmos 3 pontos e no fundo, isso é que importa. Dizem que só goleou os fracos, ok, goleou o Leixões, o Setúbal, Belenenses e o Nacional para a 1ª liga, o Everton e o Poltava na Liga Europa e os outros, quem golearam? Quais foram os seus resultados com estes adversários ou de idêntico valor? Essas goleadas e essa fase muito boa já ninguém nos tira, venham agora, com ou sem goleadas as vitórias, que apenas o que exijo, nada mais.
  No outro jogo do grupo, o Everton venceu na Grécia e com isso, o Benfica até podia ter perdido que garantia logo o apuramento, mas assim, com esta classificação e o Everton a 3 Pontos, o Benfica, mercê do confronto directo, garantiu matematicamente o 1º lugar:
1º Benfica 12 pontos
2º Everton 9 pontos
3º Bate      4 pontos
4º Aek      4 pontos

7 comentários:

forteifeio disse...

Considero que a análise está correctissima na sua totalidade ainda assim eu salientaria a exibição do Fábio Coentrão que está na tabela do primeiro golo e marca o segundo, por sinal um golo bem mais dificil que outros que tem falhado, mas que estou em crer que será factor de motivação para os próximos.

Bernardo disse...

Boas,
O Benfica fez um jogo q.b, sendo a vitória o mais importante com consequente apuramento á fase seguinte e com a possibilidade de poder rodar a equipa no próximo embate!

Desculpem este comentário neste post, mas não podia deixar de passar; árbitro para o guimarães-Porto? Jorge Sousa. Claro que depois de prejudicar e muito o Benfica tem como prémio apitar os seus amiguinhos corruptos num jogo que seria complicado. Vou já ao Bwin apostar uns 50€ na vitória do Porto, é dinheiro em caixa!!!

FONIX QUE FALSIDADE ESTA ARBITRAGEM!

Pablo Aimar disse...

Gostei do Coentrao, muito bom jogo!

Menezes tambem provou qualidade!

carlos silva disse...

uns apurados com distinçáo e outros como o meu sporting apurados sem distinção nenhuma.Felizmente sou um Sportinguistas mas sei ver futebol.Duvido que isto pudesse sair da boca de qq outro adepto.

O Benfica mereceu o apuramento e O Sporting nada fez, em outros anos normalmente funciona ao contrário.

carlos silva disse...

falando dos anos mais recentes obviamente...

troza disse...

O Sporting não mereceu? Teve um grupo mais facil e passou. Também faz parte do futebol. Mereceu mais que as equipas do seu grupo

pedrove disse...

caro jotas, concordo inteiramente com as análises que fazes, em relação à euforia lagarta, somos mesmo a razão da existência deles, agora até o "esfomeado" quer abandonar o barco, não vá os adeptos no futuro dar-lhe umas "pedradas".
grande abraço

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista