terça-feira, 6 de outubro de 2009

7ª JORNADA - Resposta categórica do Benfica pós Atenas.

---- Em primeiro lugar, quero dedicar esta vitória do Benfica a todos aqueles que passam a vida a sonhar com o Benfica, em especial ao Sr. José Eduardo Bettencourt, o qual vergonhosamente apelidou o "Stars Found" do Benfica como vergonhoso, ficando escândalizado que Javi Garcia valesse 17 Milhões, o que é no mínimo patético.
   É estranho, que enquanto o seu clube se afunda na liga, a sua preocupação seja os fundos do Benfica, mais uma vez digo, que o melhor se calhar seria olhar para dentro do seu clube, cujos problemas abundam, se calhar, devia preocupar-se com o alerta de Liedson, quando diz que "O sporting tem de agir rapidamente e mudar alguma coisa". O ridículo das suas declarações são por demais evidentes, numa pessoa, que sinceramente ainda não percebi o que anda a fazer hà 6 meses, exceptuando a apresentação de uma dúzia de sócios de vez em quando, pois as suas palavras em relação a mais um enorme encaixe financeiro do Benfica, deveriam ser mais no sentido de dizer, porque raio não consigo eu fazer entrar dinheiro no Sporting? Pura incompetência, digo eu.
  Como é possível, descrever como correcto e educado, uma pessoa que não tem feito mais do que o papel de mexeriqueiro de tudo o que de notável o Benfica faz em termos financeiros? Cuja a impotência do Sporting de atrair investimentos é gritante, a ele o conselho de que é melhor pensar naquilo que precisa para melhorar o seu clube, de imaginar formas de fazer entrar dinheiro no seu clube e de pensar o que seria o Sporting sem a Liga dos Campeões, se mesmo com essas receitas apresentam prejuízos astronómicos, essa sim, deveria ser a sua preocupação.
    Falando de futebol, foi uma jornada com muitos golos, em que o Sporting volta a marcar passo e os 3 primeiros vencem.
PAÇOS DE FERREIRA 1 BENFICA 3 - Mais uma entrada fortíssima do Benfica, numa importante vitória, após uma derrota e que serviu para demonstrar a todos, que este plantel tem mais que 11 opções, pois ninguém se lembrou de Aimar, Di Maria e Maxi, um Benfica que mais uma vez se mostrou letal nas bolas paradas, algo só possível, devido ao imenso trabalho nesse tipo de lances, que são cada vez mais importantes no futebol moderno.
   Logo aos 3 minutos, David Luíz dá vantagem ao Benfica e nada melhor que entrar a ganhar num jogo que se atevia complicado.
  Mas o melhor de tudo, é que a equipa não fica satisfeita apenas com um golo e procurou sempre marcar mais e mais, confundindo um adversário que no seu estádio é muito complicado e onde ainda não havia perdido.
  O domínio era acentuado e após Cardozo e Saviola, desperdiçarem duas situações eminentes de golo, com boas intervenções de Cássio, Carlos Martins, aprioveita o espaço concedido no meio campo pacense e dispara fortíssimo a 30 metros da baliza, aproveitando a defeciente colocação do guarda - redes adversário e fazendo um grande golo.
 Nem esta vantagem parecia satisfazer a equipa, a qual continuou na busca do golo e esse para mim, é um dos principais encantos do futebol encarnado e de livre directo, num lance em que deveria ter sido mostrado vermelho ao defesa do Paços, na falta sobre um Saviola isolado em posição frontal, eis que Cardozo, dispara uma bomba sem hipóteses de defesa, um grande golo, que praticamente arrumou a questão.
Na 2ª parte, o Benfica tentou gerir a partida, de modo a gerir também o natural desgaste de alguns dos seus jogadores mais influentes, não o fazendo sempre da melhor maneira e com isso cresceu o Paços.
   Os castores tiveram o grande mérito de acreditar sempre, mesmo com tamanha desvantagem no marcador, caíram em cima do Benfica, o qual, sem nunca me parecer desorientado, ía sentido algumas dificuldades defensivas e não conseguia fazer as necessárias transicções para desferir o golpe fatal, pelo que justamente, o Paços chega ao golo e 2 minutos depois Quim, faz uma defesa determinante, num lance de Cristiano que a ser golo, poderia colocar tudo em causa e obrigar o Benfica a ir novamente em busca do golo.
  Esse lance, teve ainda o condão de voltar a acordar o Benfica, o qual foi começando a impedir o adversário de jogar perto da sua baliza e com o tempo a correr a favor do Benfica, as forças começaram a faltar à equipa da casa e o marcador final saldou-se em 1 - 3, de inteira justiça, para a melhor equipa em campo.
Pela positiva, a demonstracção de qualidade de um plantel que não depende deste ou daquele jogador, os grande golos do Benfica e a atitude sempre boa da equipa pacense, pela negativa, alguma excesso de confiança com que o Benfica entrou na 2ª parte, julgando que o jogo já estava decidido.
Arbitragem negativa de João Ferreira, que tem pouca qualidade, sem lances de grande polémica, teve muitos pequenos erros que tiraram fluídez a um jogo aguerrido, mas muito correcto, perdoando ainda a expulsão a Ozeia por acumulação de amarelos, numa falta sobre Cardozo.
SPORTING 0 BELENENSES 0 - Um jogo marcado por mais um despedida ao ritmo de uma sinfonia de assobios, porque de facto, a jogar daquela maneira, não há santo que resista a este Sporting, algo que parece não preocupar o seu Presidente, sempre muito mais perspicaz e atento ao Benfica.
   A equipa leonina, joga a 2 tempos, devagar e parada, isso permite a um adversário que se organize bem, anular com alguma facilidade este Sporting, a quem falta fluídez e velocidade de jogo, com muitos jogadores em claro défice psicológico e de forma física.
É óbvio que nesta 1ª parte, foi o Sporting que causou mais perigo na baliza adversária, outra coisa nem seria de esperar, o problema é que esse perigo é feito a espaços e de forma atribulada.
Na 2ª parte, houve uma ligeira melhoria do Sporting, que até teve oportunidades para vencer o jogo, perante um Belenenses sólido, mas que à medida que o tempo passava, optava por se fechar cada vez mais e com isso, a equipa de Alvalade, conseguiu em alguns (pouco) períodos encostar o seu adversário bem lá atrás, sem contudo criar muitas oportunidades e com o tempo a passar, o nervosismo era cada vez mais evidente quer nos jogadores, quer no pouco público presente me Alvalade (outra coisa que não preocupa Bettencourt)., pelo que o nulo foi o resultado final a castigar a apatia deste Sporting.
Pela positiva, a boa organização de um belenenses que era fraco quando foi goleado pelo Benfica, mas que agora já deve ser uma grande equipa, pela negativa, a apatia de um Sporting sem ambição, conformado e triste, muito triste na sua forma de jogar.
   É caso para dizer neste Sporting, que Paulo Bento Forever + Bettencourt Together = a Champion Never.
  Carlos Xistra, teve uma arbitragem no geral muito positiva, ficando apenas dúvidas num lance de Diakité na área azul, mão na bola ou bola na mão, fica a dúvida.
OLHANENSE 0 PORTO 3 - Num vôo picado de Falcão, o Porto ganhou com uma facilidade que se calhar não esperava em Olhão, cuja equipa esteve longe, muito longe do futebol que já apresentou esta temporada.
    A equipa portista entrou determinada a vencer e quando assim é, mais fácil se tornam as coisas, o seu adversário apresentava-se algo macio e sem marcações aos mais influentes jogadores portistas, como se viu no 1º golo em que Falcão, no coração da àrea, incrivelmente não tinha ninguém a seu lado num raio de 10 metros, o que me parece um absurdo.
   Depois, o jogo partiu um pouco, mas exceptuando um remate ao poste do Olhanense, pareceu-me sempre masi evidente o 2º golo do Porto que o empate e esse golo acabou por surgir num momento chave, mesmo em cima do minuto 45, o que conferiu a desejada tranquilidade portista para o intervalo.
    Na 2ª parte, tentou reagir o Olhanense, mas continuava a dar muito espaço a um Porto que tirou o pé do acelerador, o jogo esse endureceu e Pedro Henriques não teve mão e quando parecia que o jogo ía ficar assim, uma transicção rápida do Porto desfez todas as dúvidas, com Hulk em velocidade a fazer uma assistência perfeita para Falcão, novamente sozinho no coração da área adversária a empurrar para o 3 a 0 final.
  Pela positiva, a veia goleadora de Falcão e a atitude do Porto em campo, pela negativa, a diferença de atitude dos jogadores do Olhanense em relação ao outros jogos.
Pedro Henriques teve uma actuação muito negativa, quer no capítulo disciplinar, quer no técnico, incrível a forma como apenas mostra amarelo em 2 situações semelhantes, de Álvaro Pereira a Miguel Garcia e depois Guga a Tomás Costa, aquilo é atirar o braço contra a cara dos adversários sem pensar em bola, logo, são agressões e a perdoar ainda o vermelho a um jogador do Olhanense por uma entrada feia e duríssima a Guarin. Técnicamente, incrível a forma como ignora o puxão de Bruno Alves a Rabiola, em que o tira da sua frente e o faz sentar no chão e isto tudo com Pedro Henriques a olhar para o lance a pouco mais de 10 metros, ou seja, ele viu, apenas não quis marcar, poderia ser o 1-2.
RESTANTES RESULTADOS: Braga 2 Setúbal 0; Nacional 2 Guimarães 0; Académica 2 Marítimo 4; Leixões 3 Leiria 2; Naval 3 Rio-Ave 2.

12 comentários:

carlos silva disse...

É caso para dizer neste Sporting, que Paulo Bento Forever + Bettencourt Together = a Champion Never.

Esta frase é mais po teu benfica que já nao ve a champions ha um tempito.Nos so este ano é que nao tivemos lá na fase de grupos.

Em relaçao ao jogo jogado, o Sporting jogou mal é verdade e tem jogado mal e porcamente devido aos baixos indices fisicos e à pouca motivaçao.A epoca foi mal planeada é um facto, mas nao percebo como uma equipa faz a exibiçao que fez contra a fiorentina nos 2 jogos e depois para o campeonato não faça sequer um jogo parecido a nao ser no dragao.Os jogos que citei foram jogos grandes e uma questão pode ter explicaçao a falta de motivaçao para os jogos denominados pequenos, e essa falta de motivaçao pode ter a ver com prémios de jogo.Todos sabemos que o Sporting está em crise financeira e que pode ter havido um abaixamento dos prémios e uma falta de motivaçao por pela primeira vez em 4 anos nao estar na champions, rampa de lançamento para os jogadores do clube.é apenas uma suposiçao que faço.

O jogo do Porto nao vi todo, porque estava em alvalade, e nao fui la para assobiar aliás nao percebo como se paga bilhete para ir assobiar, nao me cabe na cabeça e por isso digo que nunca vou assobiar num estadio nem que leve 10 a 0.eu inda sou dakeles que acredito que os jogadores querem ganhar mais que os adeptos.Mas também ha que dizer que nota-se uma grande diferença no publico de alvalade pois houve assobios no fim do jogo, mas houve apoio constante durante o jogo o que pelo que ouvi na sportv falou-se em adeptos fieis ao clube.O que noutros estádios nao acontece quando a equipa joga mal.O porto mereceu ganhar tem quanto a mim um grande avançado que nao precisa de penaltys para o ser, joga e faz jogar e sem dúvida para mim neste momento é o melhor avançado a jogar em Portugal a par de Liedson.O porto inda mandou 2 ao ferro, mas a olhanense também foi uma digna vencida.

O benfica nao vi porque fui a um espectaculo mas pelo que ouvi dizer foi uma equipa de contrastes, grande primeira parte, má segunda parte.

Quanto às afirmaçoes do meu presidente pecam pelo momento da equipa e por realmente ter de se preocupar mais co scp do que com os outros.Agora Jorge tas errado, o presidente so la tá ha 3meses e nao seis digo-te que já temos 100 000socios eu sei que voces tem 200 000, mas temos cada vez mais sócios pagantes, e além disso o presidente tem dado apoio Às modalidades ido aos nucleos, falando com os sócios e procurando estar com a equipa.E inda está a conhecer os cantos à casa mas já fez bastante pelo clube quanto a mim.Agora as afirmaçoes sao erradas, e nao se devem fazer, mas também te digo eu ainda nao sei sobre o assunto porque nao percebo muito de finanças, mas se ha quem percebe é o ex administrador do Santander curiosamente o nosso presidente, eles no Santander nao o queriam deixar sair, e concerteza deve perceber bem mais e saber bem mais o que dizer do que um simples vendedor de pneus.Se o assunto fosse pneus o JEB nem se metia a discuti-lo co vieira.Mas é finanças...

carlos silva disse...

Alias sabes que a formaçao conta muito...e o homem tive formaçao e trabalhou nessa área e foi um dos administadores mais bem sucedidos...

Jotas disse...

Tradução: Paulo Bento, mais Bettencourt juntos, igual a campeão nunca.
Para homem dos pneus, está a dar uma bailarico ao grande gestor, que tem tanta, mas tanta dificuldade em arranjar soluções que assusta.
Só para te dizer, que este fundo, careceu da aprovação da CMVM para poder ser posto no mercado e tem parceria com o Bes e não com um banco espanhol.

carlos silva disse...

Como te disse ainda não sei nada do assunto...quando estudar sobre a matéria porque até gosto de economia dou o meu parecer.mas a CMVM aceitar jogadores como o garcia avaliados nesse passe é ridiculo.Basta ver que o Huntelaar foi para o milan mais barato.Ou que foi o valor da transferencia do CR7 PARA O Manchester.

GIL VICENTE disse...

Caro Jotas

Excelente análise, bem esmiuçada, está tudo no devido lugar.
Parabéns.
Se me permites, uma palavrinha ao senhor sportinguista.
Com todo o respeito, tal como o senhor fez.

Eu não compreendo por que é que Bettencourt disse que era uma "vergonha". Trata-se de um fundo fechado, um fundo que é controlado pela CMVM, um fundo onde não são permitidas vigarices, cristalino.
Bettencourt não é obrigado, como ninguém, a investir nele. Só investe quem quer ... e quem o Benfica deixar porque se trata de um fundo fechado.

Logo, não lhe interessa minimamente, nem a ele nem ao clube que dirige, se há jogadores sobre ou sub avaliados. Isso só pode interessar aos investidores que queiram investir e que lhe permitam investir.

É perfeitamente lógico - e não estou a afirmar que seja assim, neste caso - que o dono de um bem tente pedir por ele, quando o vende, o máximo de dinheiro possível.
Não é isso que Bettencourt faz para vender, por exemplo, Moutinho e Veloso?
Pediu o que pediu e não lho deram, é porque quem queria comprar achou que era muito. Mas nem por isso este potencial comprador disse que o preço pedido era uma "vergonha".
E não se ouviu nenhum dirigente do Benfica também dizer semelhante coisa.

Se Bettencourt quer alertar algum dos potenciais investidores, acontece que nenhum deles certamente lhe pediu opinião nem o nomeou seu defensor.
Depois, é feio, muito feio, tentar denegrir uma coisa que pertence a outros com palavras, elas sim, vergonhosas. É a palavra "vergonha" a que o tornou ridículo, intrometido em coisas que lhe não dizem respeito.

Mas vocês, sportinguistas, ainda não deram conta de que Bettencourt não estava a falar para os outros, estava a falar para vós, sportinguistas, para aqueles que assobiam a equipa, para aqueles que não vão ao estádio ajudar, quer com apoio, quer com dinheiro, para aqueles que estão sempre a criticar a sua gestão, que dizem ter, diz ele, soluções para tudo mas que não têm solução para nada.

Metido numa posição difícil como está, sabe que só tem os adeptos com ele se falar mal do Benfica. Infelizmente para o futebol português e para os sportinguistas, se ele falar mal do clube - que não fala - que corrompeu e corrompe o futebol português, há até sportinguistas, e muitos, que aplaudem ou nem se importam.

Também não entendo o contentamento com a migalha do 2º lugar. Se o SCP é um clube grande, se aspira ao título, devia aspirar a muito mais. Em mais de 50 anos, ter ganho ou 7 ou 9 campeonatos apenas é uma miséria para um clube grande e que tem os pergaminhos de ter tido os cinco violinos de que ainda me lembra na minha meninice.
E, depois, o que fez o Sporting em competições europeias para estarem contentes com a simples ida à liga dos Campeões?
Contentam-se com pouco e isso talvez tenha sido o vosso mal, assim como foi o mal do Benfica durante muito tempo.

Jotas disse...

Caro Gil Vicente, fantástico este comentário e julgo que o meu afilhado, cujo único defeito é ser lagarto, vai perceber.
Se 17 milhões por Javi são ridículos, o que dizer então do valor que o teu clube avalia o Miguel e Yannikc?
Aliás não percebo o porquê de acharem o preço exagerado afinal só investe quem quer, até podia avaliar em 50 milhões

Bruno Venâncio disse...

Esses comentários do JEB nem merecem qualquer tipo de comentário. As respostas vão ser dadas em campo, tanto pelo seu Benfica como pelo seu Sporting (sim, porque eu acho que ele vive num conflito interior constante por não saber de qual dos clubes gosta mais).

Quanto ao panorama desportivo, destaco um jogador: Carlos Martins. E por aqui me fico (mais uma bicada aí ao Carlos Silva: nunca prestou o Carlos Martins, não é?)...

garanhão plus disse...

A inveja é muito feia e é disso que se trata e enquanto eles vão falando do Benfica, nós vamos ganhando e eles perdendo.
Ridículo é renovar com jogadores como o Pedro Silva, ou fazer de craque jogadores como Caneira, Abel, Grimi, André Marques, Adrien, Yannick, Caicedo, Fernandez, etc e já lá vai meio plantel, por aí se vê a vulgaridade, acho que o Braga, Nacional e Marítimo têm mais qualidade no plantel.
só concordo que é ridículo achar que Javí Garcia vale 17 milhões, pois acho que vale muito mais e o bentas vai ver isso quando ele for vendido pelo dobro do zé mimado Veloso.

carlos silva disse...

Ao garanhao nao respondo porque , aliás acho que nao vale a pena dizer porque...
Quanto ao Carlos Martins respondo, é um bom jogador sempre achei e nao tivesse tantos problemas com a 24 de julho, e com lesoes e talvez fosse um jogador para jogar constantemente no slb ou no Sporting.Agora como viste o ano passado a pré-época excelente que fez ,deu lugar às palavras que disse constantes lesoes musculares derivadas muito possivelmente da ida À 24 de julho.

Quanto ao comentário do gil Vicente é importante ir À champions porque dá receitas e para nós lagartos é importante já que nao criamos muitas receitas porque nao somos 6 milhoes, longe disso.Para além disso prefiro ir aos oitavos de final da champions onde passei num grupo que só tinha o Campeao Europeu, e o vencedor da taça uefa(mas era fraquinho o grupo), e levar 12 a 1 do bayern.DO que ter 1 empate na fase de grupos da Uefa.Critiquem-me se quiserem mas acho um trajecto melhor.E estou chateado por o Sporting ser pequeno demais para até com a fiorentina ser prejudicado e por isso tar fora da Champions que nos ia dar muito boas receitas e assim ficamos sem elas, e mesmo que levasse 20 a 1 do barça desde que ficasse com os oitavos de final e com o dinheirinho assegurado nao me importava nada...
se voces em 6 milhoes metem 45000 no estádio nós em 1,5 milhoes metemos 25000, se fizer a proporçao secalhar até consegue perceber que vai mais gente do sporting À bola.Além disso caso o senhor Gil Vicente nao saiba, existem 30 000 gamebox vendidas, os adeptos podem nao ir lá, mas os lugares estão pagos.Portanto mais de meia casa está sempre paga.Em relaçao aos comentários do Jeb inda nao me informei sobre o assunto mas hei-de faze-lo porque como já disse gosto de perceber de economia.

Blog do Vascão disse...

Parabéns por mais uma vitória do Benfica
Abraço
Jeferson

GIL VICENTE disse...

Caríssimo Carlos Silva

Se calhar já é tarde mas só agora consegui tempo para ler o seu comentário.
Em primeiro lugar, é muito importante, claro, ir à CL. Se não fosse isso, um certo clube condenado por corrupção há muito que tinha falido.

Mas agora só me quero refirir em particular á sua afirmação de o seu clube ter chegado aos oitavos da CL.
Foi bom para o Sporting, claro que foi bom! Em especial quando foi a primeira vez que alcançaram tal feito!
Só que as comparações não são as mais felizes. Dois anos antes, o Benfica tinha ido aos quartos de final. E não só encontrou o campeão europeu anterior como até o eliminou!

Claro que na época transacta o Benfica foi uma lástima. E isso não se renega.
Mas para que efeito fazer estas comparações?
Se começamos a fazê-las, nunca mais acabamos. E, se quisermos acabá-las, há-de concluir que o Benfica fica muito longe do Sporting, muito acima. Não se esqueça que, nesse aspecto, o Benfica foi o 9º melhor do século 20. Deve saber em que lugar ficou o Sporting.
Mas posso acrescentar-lhe que, antes da época anterior, o Benfica era dos 3 chamados grandes aquele que, nos últimos 5 anos (os considerados para o ranking) estava melhor classificado.
Claro que, com a desastrosa época europeia que fez o ano passado, isso foi-se.
Mas é apenas para lhe acentuar que essas comparações não devem ser feitas, em especial, por um sportinguista. No plano das conquistas desportivas, internas ou externas, sabe bem que não há comparação.
Por isso, para quê tentar comparar apenas uma secção muito relativa da realidade histórica?
Cordiais saudações.

Bruno Venâncio disse...

Não conheço a vida pessoal do Carlos Martins, portanto isso não posso comentar. Mas sempre defendi as suas qualidades como jogador, desde que o vi estrear-se na Académica. Por acaso (ou talvez não) a sua melhor época, fê-la no Huelva. É um grande jogador, tem técnica, tem pezinhos e tem muita garra, muita raça. Se lhe falta cabeça, isso é problema dele. Mas foi mais um deitado à rua pelo PB. Mandei essa bicada porque a maioria dos sportinguistas, desde que ele foi para o Benfica, deixaram de lhe reconhecer as qualidades que antes diziam que ele tinha para passar a denominá-lo de coxo. Obviamente apenas porque foi para o Benfica.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista