segunda-feira, 27 de abril de 2009

TUDO NA MESMA - Ninguém escorrega.

--- Nenhum dos grandes escorregou nesta jornada, onde o Benfica só matematicamente tem hipóteses do título e à medida que o final se aproxima, mais remotas são as sua hipóteses para o 2º lugar.
BENFICA 3 MARÍTIMO 2 - Num bom jogo de futebol, aquilo que parecia o céu, quase se transformou em inferno.
O Benfica entrou muito bem no jogo, um meio campo composto por Ruben Amorin e Carlos Martins, aliados a um Reyes endiabrado, davam a profundidade e a velocidade que se quer numa equipa, depois, lá na frente Nuno Gomes jogava com tremenda inteligência e Cardozo era o matador que se queria e ao longo desta 1ª parte, a única coisa que espantou, foi o Benfica chegar aos 25 minutos de jogo sem marcar, tal o seu dominio na partida.
Só aos 28 minutos surgiu o golo já merecido, embora com alguma sorte, através de um livre de David Luiz. A partir desse momento, o Benfica foi avassalador, resultando esse dominio em mais 2 golos, ambos apontados por Cardozo, o verdadeiro goleador encarnado, que não fora a lesão de Suazo e nem se quer jogava, a jogar desde a 1ª jornada, se calhar hoje, seria o melhor marcador da Liga, neste momento tem 13 golos, tantos como Liedson, e menos 280 minutos de utilização.
Esta 1º parte do Benfica foi o céu, apesar de na única oportunidade, a sequência de um livre indirecto, Marcinho de cabeça, ter reduzido para 3 a 1.
Na 2ª parte,o Benfica entrou pior no jogo e aos 58 minutos, aproveitando-se de uma certa apatia do seu adversário, Bruno reduziu de grande penalidade, por falta desnecessária de Maxi Pereira, sobre Baba.
Num jogo que parecia resolvido, de repente, ficou equilibrado, mas a verdade é que após o 2º golo dos madeirenses, o Benfica foi a única equipa a ameaçar o golo, pelo que se calhar 2 golos de diferença, espelhariam melhor o que se passou no terreno de jogo
Má arbitragem de Rui Costa, muitos pequenos erros para ambas as equipas e 3 cantos favoráveis ao Benfica, transformados em pontapé de baliza, assim com um critério disciplinar em claro prejuízo da equipa da Luz. No lance do penalti, ajuizou bem.
SPORTING 2 E. AMADORA 1 - Num jogo quase sempre mal jogado, venceu quem mais fez por isso. O Sporting entrou melhor no jogo, embora algo lento e previsível, tendo-se adiantado no marcador por Postiga. Depois, do nada, surgiu um dos melhores golos desta liga, o golo do Estrela, mesmo em cima dos 45 minutos, resulta de um pontapé fenomenal 30 metros da baliza, sem defesa possível, um grande momento em Alvalade.
Na 2ª parte, a equipa de Alvalade acelerou o jogo, ciente que só a vitória interessava, desperdiçando uma ou outra situação de perigo, até que Liedson, o suspeito do costume, resolveu. Esse golo deitou abaixo a equipa da Amadora e exceptuando um lance de Vidigal, foi a equipa leonina que esteve sempre mais perto de ampliar a vantagem, embora sem jogar bem, longe disso, talvez fruto das muitas e importantes ausências.
Péssima arbitragem, num jogo em que o árbitro conseguiu complicar o que os jogadores simplificaram.
PORTO 2 SETÚBAL 0 - Nada melhor que este pouco mais que inofensivo adversário, para um Porto muito Quanto Baste, notando-se claramente que as ausências de Lucho e Hulk, se reflectem no desempenho da equipa. a 1ª parte foi muito má, um Porto sem chama e lento, ante um adversário que pouco mais fazia que fechar os caminhos para a sua baliza, um adversário mais capaz e atrevido, podia ter feito mossa no Dragão.
Na 2ª parte, o Porto surgiu com outra velocidade, sabendo perfeitamente que só aumentando o ritmo, poderia marcar e assim foi, apesar da exibição algo desinspirada, surgiu a individualidade Lizandro, com um 1º golo de grande categoria individual e em seguida a dar o melhor seguimento a um bom cruzamento de Mariano.
Boa arbitragem.
Em jeito de nota de rodapé, dizer que esta comissão de arbitragem nada faz para se dignificar e evitar suspeições, numa altura em que se aproximam as grandes decisões, nomear 3 árbitros do Porto, para os jogos dos 3 primeiros classificados, é no minímo dar azo a suspeições, para não dizer estranho e já não é a 1ª vez que tal acontece em momentos chave da liga, é caso para perguntar, quem está por trás destas nomeações?

8 comentários:

Bruno Pinto disse...

Cada vez mais perto do tetra. Para a próxima temporada, proponho o FC Porto na liga espanhola. Estou farto de ver o meu clube, onde está a excelência, competir com clubes medíocres, onde reina a incompetência e a incapacidade para aprender com quem sabe...

Já li uma notícia de que o Celtic está interessado em actuar na Premier League. Como tal, não seria nada do outro mundo: FC PORTO na liga espanhola já!! Queremos concorrência à nossa altura.

Sou de um Clube Lutador disse...

Caro Jotas,
Ninguém escorrega e a porta começa a fechar-se. A próxima jornada é de fogo, vai ser complicado com o nacional.
O Tacuara é um goleador e tem sentido de baliza, mas nós só avaliamos o que se faz no jogo e não avaliamos o que se passa durante a semana e quando o Suazo estava disponível, não sabemos o comportamento do 7 nos treinos.
Abraços
..

Captain Kid disse...

na espanha os corruptos nao teriam a ajuda "divina", que ganha os títulos cá em portugal.

o celtic pelo menos ganha os seus títulos com mérito.

Maestro disse...

Este bruno pinto é um energumero completo.

É incrivel como o porto não consegue ganhar um jogo limpo, ou é um penalti contra eles que não é marcado ou então um bastante ridiculo que é marcado a seu favor, e se não é o apitador então temos os treinadores adversarios a tirar os melhores jogadores do campo.

É incrivel como ainda vêm para aqui estes atrasados mentais dizer o porto isto e o porto aquilo.

Será que esse palhaço tem olhos na cara?

Se calhar deixou-os no calor da noite...

carlos silva disse...

sem querer deixar suspeição porque o senhor treinador do setubal tirou os 2 melhores jogadores do setubal e que estavam a criar problemas ao porto aos 57?deixo a questão no ar, tanto leandro lima como bruno gama não gostaram nada de sair, e nessa altura o jogo estava a zeros.

Jotas disse...

De facto, em Portugal é fácil alguns ganharem, que o digam Bruno GAma e Leandro lima, que foram obrigados a sair antes dos 60 minutos com 0 a 0 no marcador.
Mas caro Bruno Pinto, não sei se na liga espanhola aceitam clubes comprovadamente corruptos, sabes, aquilo é um campeonato com princípios aos quais o Porto não está habituado. Mas sugiro o campeonato italiano, lá a máfia está perto e sempre podiam ter relações privilegiadas com os clubes da Sicília, ao fim ao cabo de idênticos princípios ao teu clube, mas atenção em Itália, os clubes são punidos com descida de divisão quando corrompem.

Maestro disse...

Tambem com uma carinha daquelas o bruno não pode ser um rapaz feliz...

Abraço Jotas

fernando disse...

oh maestro, mas doi-te alguma coisa? tas todo ressabiado???
tem calma que é para o ano....

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista