quarta-feira, 15 de setembro de 2010

LIGA DOS CAMPEÕES - Entrar a ganhar.

--- O Benfica iniciou ontem o seu percurso na maior e mais bela prova de clubes, vencendo de forma justa um oponente com mais qualidade do que o seu nome indica.
BENFICA 2 HAPOEL TELAVIVE 0 - Não foi uma grande exibição à do Benfica, longe disso, a equipa mostra estar nervosa, intranquila e com a necessária falta de confiança, a qual surge apenas com as vitórias, ciclo esse que não tem sido o do Benfica, com os normais reflexos exibicionais.
    Contudo, o Benfica foi quase sempre dono do jogo, embora não sendo o dono da bola, mérito da equipa israelita que tem bons executantes e mostrou ser a equipa que Jesus já tinha alertado, disciplinada tacticamente, bons tecnicamente e com uma postura táctica assinalável, embora longe de serem uma grande equipa.
    Nos primeiros 20 minutos, o Benfica não conseguia acelerar o seu jogo, a equipa do Hapoel posicionava-se atrás da linha da bola, com a máxima preocupação em evitar que o Benfica cria-se perigo, lançando ténues contra ataques e foi num desses lances, que Luisão, faz falta para grande penalidade, é verdade que o avançado do Hapoel força a queda, mas Luisão impediu com os braços a sua progressão, valendo ao Benfica não ter um Benquerença.
     Quase de seguida o Benfica chega à vantagem, com um grande golo do mesmo Luisão, num pontapé de primeira sem hipóteses de defesa para o guardião nigeriano do Hapoel.
  Na 2ª parte houve mais Benfica, a equipa entrou com maior dose de confiança fruto da vantagem no marcador e mais consistente no seu meio campo, já que as linhas estavam mais próximas e por esse motivo, o Hapoel raramente conseguiu sair em contra ataque, sendo Roberto um espectador, quando na 1ª parte foi decisivo com 2 intervenções de enorme valia.
   Perante esse domínio e embora ainda sem a intensidade de jogo a que esta equipa nos havia habituado, adivinhava-se o inevitável, o segundo golo do Benfica, numa fantástica iniciativa do recém entrado Maxi Pereira, que numa combinação com Amorim surge isolado e Cardozo factura numa recarga após remate do Maxi, segundo-se uma atitude lamentável do atacante paraguaio e que não pode ser esquecida pela direcção do clube. Eu detesto quem vai ao estádio para assobiar, não concordo com eles e acho que pessoas dessas só fazem mal ao clube e deviam era ficar em casa, para nos tratar mal já chegam os nossos adversários, mas são eles quem paga os ordenados do Cardozo e por isso o jogador só tem de ouvir, calar e jogar mais para não ser assobiado.
   Com esse golo deu para perceber como a confiança numa equipa é fundamental, o Benfica passou a gerir a bola com mais facilidade, os jogadores saiam a jogar com muito mais qualidade de passe e exceptuando um grande remate ao poste da baliza do Roberto, o Hapoel foi pouco mais que inofensivo, enquanto o Benfica poderia perfeitamente ter chegado ao 3 a 0.
  Em suma, vitória justa do Benfica, por números adequados ao que se assistiu no relvado, sem deslumbrar, mas cumprindo com o mais importante e não se esqueçam que este foi um jogo da Liga dos Campeões.
   Pela positiva: A seriedade com que a equipa encarou a partida, com atitude e a exibição de Aimar, com espaço é um terror e um jogador que dá gosto ver.
   Pela negativa: A atitude Cardozo em primeiro lugar e a atitude de alguns adeptos, que só sabem desestabilizar e falar mal, para mim, esse tipo de adeptos não fazem falta ao Benfica, uma vergonha a forma como assobiaram uma equipa que vencia por 2 a 0 e geria a bola e o jogo, sendo tão burros, que não sabem interpretar o futebol e perceber que este Benfica, não sendo ainda igual ao da temporada passada, adoptou em vantagem a atitude mais inteligente, gerir a bola e o jogo para não ter calafrios, por isso não percebi o que alguns energúmenos queriam.
  Arbitragem, muito boa do árbitro russo, mas manchada por um erro grave e que obviamente poderia ter dado origem a um jogo diferente. Contudo, nunca mostrou tendência para favorecer uma equipa, sendo coerente nas decisões e a excepção desse lance, não teve mais erros graves, o que vem confirmar o que tenho dito, errar aceita-se, pois todos o fazemos, suspeito é ter vários erros todos para o mesmo lado, felizmente nada disso se viu na Luz e o Benfica mesmo não jogando muito, venceu.
   No outro jogo do grupo o Lyon venceu 1 a 0 o Shalke.  

3 comentários:

troza disse...

Só deixar uma nota: este início de época parou a onda encarnada. Só 30000 na Luz graças ao que se viu... enfim

Anónimo disse...

LIGA DOS CAMPEÕES - Entrar a ganhar.

Mas para ganhar a esta equipa de amadores foi preciso que lhes fosse roubado 2 penaltis.

E agora, está tudo calado?

E agora, quem é o beneficiado?

Sobre isto, silêncio total da vossa parte.

Assim, ganham sempre.

Por aqui se pode ver a mediocridade mental vermelha.

Haja veracidade no que se vê e não no que se inventa porque isto, viu-se, foi real e assim, lá cantam 3 pontos com esta roubalheira descarada.

Bimbosfera disse...

Ó Anónimo, e antes desse suposto, do Luisão, não viste um a nosso favor? É que as repetições... não aconteceram, e até «lagartos» ao meu lado disseram que era, mesmo nas barbas do árbitro de baliza, quando atacávamos para a esquerda. É uma vergonha.
Sobre o Cardozo, e aqui é que é o sítio para eu responder ao caro Jotas, que já li os seus comentários por aí, bom, sou contra os que assobiaram, e totalmente de acordo com Cardozo. Já o disse, no ínicio da época, que o pessoal é mal-agradecido. O pessoal tem, pela primeira vez desde 92, o melhor marcador do campeonato, desde o Rui Águas, que o Jotas conhece bem, e o que fazemos é assobiá-lo. Pergunto o que acharia Rui Águas disso. Dá para sabermos? Já agora, para assobiar vale mais não irem. Para assobiar jogadores é no outro estádio da Segunda Circular, ehehehhe! Vão lá, assobiem, que por lá é habitual. Ok, eu sei que o Benfica aconselhou os adeptos a não irem aos jogos fora, ehehheheh!
Tirando isso, no ano passado não começámos com o fogo todo, mas ganhávamos, não éramos, tirando o Marítimo na Luz, roubados de forma tão descarada! Era só na pré-época, era só até ao Natal, era só até ao Carnaval... Esquecem-se disso tudo, e depois eram túneis! Foi como os outros ontem em Londres, levaram da mesma medida que a casa-mãe lá levou há um ano! Meia-dúzia!
Isto não é como começa, é como acaba! Vamos a eles!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista