segunda-feira, 18 de maio de 2009

BENFICA VENCEU BEM - Quando não há vedetas...

--- De facto é isto, quando não se olha a nomes e não há vedetas a passear em campo e toda a equipa trabalha, vencer torna-se mais fácil, foi o que sucedeu com o Benfica em Braga.
BRAGA 1 BENFICA 3 - Vitória categórica e justa do Benfica, o qual entrou forte e decidido no jogo, aproveitando muito bem os falhanços defensivos do Braga, essencialmente de Eduardo, para se colocar com 2 golos de vantagem, Cardozo, voltou a mostrar que é o ponta de lança que o Benfica precisa, lutou, marcou, driblou e pasme-se, fartou-se de correr em toda a linha ofensiva do Benfica, muito bem secundado por Di Maria, mais prático e eficiente e Urreta, que é um jovem de 19 anos, cheio de talento, tanto que se levanta a questão da razão de tão poucos jogos de utilização, quando afinal o extremo direito tão reclamado se encontrava intra-muros, o seu golo logo no início da 2ª parte, é um hino à classe e talento, um golo de certo para mais tarde recordar.
Este jogo ficou marcado pela enorme dualidade de critérios do árbitro da partida, que mostrou amarelos a qualquer falta dos encarnados, ignorando as constantes provocações de Paulo César e de Luis Aguiar, que numa entrada duríssima sobre Katsouranis, não só não lhe é exibido amarelo, como ainda por cima é Ruben Amorin o premiado com tal cartão, uma vergonha a actuação do árbitro presente no jogo do título portista e que foi apenas o 13º arbitro do Porto a apitar o Benfica em 29 jogos, ele há coisas fantásticas, não há?
Mas não satisfeito com a sua miserável dualidade de critérios, ainda expulsou Quique, por indicação do 4º árbitro Carlos Duarte, que por coincidência, triste, mas coincidência, é apenas protagonista por ser advogado de defesa de vários arguidos do processo apito dourado, posto isto, tirem as vossas conclusões. Realmente como disse e bem Quique Flores, já não há vergonha, principalmente, quando quase semanalmente se assiste a treinadores que ameaçam, ofendem e gesticulam constantemente contra os homens do apito e nada ou quase nada lhes acontece, mencionando a realidade que esta época, o Benfica acabou por ser impedido de lutar por mais, ou por marcar golos e não valerem, pelos vários golos sofridos em fora de jogo, pela facilidade com que se mostram cartões aos jogadores encarnados, etc, etc, a verdade é que nos momentos chave da época, foi construído um campeão, numa liga sem decoro e com um super défice de verdade desportiva.
A última imagem é normalmente a que fica, é também verdade, que muitas vezes o futebol do Benfica foi medíocre, mas também é real que o Benfica foi impedido de assumir a liderança no Dragão, com toda a moral daí decorrente e estando à frente depois de um jogo daqueles, a moral seria imensa e se calhar hoje estávamos a falar de uma liga e de um Benfica diferente.
Sabia-se de antemão, que afrontar o poder tem elevados custos, que a perseguição seria impiedosa, pois bem, ficou à vista de todos essa realidade, uma autêntica batalha de descredibilização do Benfica, com arbitragens muito mais vezes nocivas do que favoráveis, que de certa forma foram contribuindo para que o Benfica ficasse sempre a correr atrás do prejuízo, essa perseguição movida por autênticos tentáculos de um polvo mais vivo que nunca, funcionou muito bem e com a impunidade reinante, a falta de coragem da manipulada comunicação social em denunciar factos concretos e evidentes, não tenho dúvidas, que esse polvo vai continuar a crescer e que o penta será facilmente atingido pelo Porto, pois o Padrinho já definiu esse objectivo e aí de quem desobedeça a tal ordem.
Por estes motivos, não me espanta que se fale tanto do antes 25 de Abril, pois quem nisso fala, tem a consciência clara, que nessa altura, os criminosos e mafiosos, não só era bem punidos, como eram erradicados da sociedade, enquanto que agora, brincam e gozam com a impunidade da justiça portuguesa, uma VERGONHA.
Este jogo foi o único que vi, torna-se por isso complicado comentar o Marítimo 1 Sporting 2 e o Trofense 1 Porto 4, mas gostaria aqui mais uma vez de destacar Liedson, é de facto um jogador com uma disponibilidade fantástica, com mais 2 grandes golos e sempre a dar um trabalho imenso aos defensores contrários, é para mim, juntamente com Cardozo, o melhor ponta de lança da liga nacional.
Para terminar, quero aqui dar os Parabéns ao Olhanense, que ontem carimbou a promoção à 1ª liga, numa lição de querer e humildade, num grande trabalho de Jorge Costa. O Algarve, volta a ter um representante na liga principal, o que é na minha opinião, muito positivo, quer para esta região de forte turismo, quer para o nosso campeonato. Falta agora apurar a equipa que vai acompanhar o conjunto algarvio, se o Santa Clara, se o Leiria e quem desce, se Setúbal, Belenenses ou Trofense, eu, que me perdoem os benfiquistas, vou torcer pelo Belenenses, clube que marcou muito uma determinada fase da minha infância e pelo qual tenho uma enorme simpatia, FORÇA BELÉM.

8 comentários:

Maestro disse...

Acho que nunca concordei tanto contigo companheiro, este país é uma vergonha, e enquanto o polvo estiver instalado não vamos a lado nenhum.

Ja agora gostei de saber dessa situação do 4º arbitro.

É mesmo a serio?
Se for é uma autentica vergonha...

Abraço amigo

Garanhao plus disse...

uma barbaridade, isto tá tudo comprado, enquanto os corruptos passearem à vontade, o nosso futebol será uma eterna mentira.
As melhores aquisições que o Benfica pode fazer é o Vitor Pereira para director desportivo e o Artur Soares Dias, o Pedro Proença, O Benquerença o Paixão, etc, etc, só assim se consegue ser campeão em Portugal, o Porto sabe do que falo.

águia_livre disse...

Artigo SOBERBO

Concordo na íntegra

PS: A partir de hoje, está linkado no belo voar da águia.

Um abraço, amigo jotas
.

águia_livre disse...

Não se encontrava linkado por GRAVE erro meu

Um abraço
.

fernando disse...

meu caro amigo Jotas.
Fazes-me lembrar uma história que o meu avô me contou uma vez.
Havia 2 vizinhos que tinham um quintal um ao lado do outro. Todos os dias de manhã ambos iam cada um ao seu quintal para apanhar os ovos. Um trazia sempre ovos , o outro nada. No fim o vizinho que não trazia nada acusou o outro de lhe roubar os ovos. Fez um escandalo na aldeia toda e difamou o outro vizinho. No fim e após toda a aldeia ir verificar a veracidade dos factos depararam-se com uma sorpresa.... o vizinho que se dizia roubado não tinha galinhas mas queria ter ovos como o seu vizinho que realmente as tinha.
Agora explica-me como é que tu estás ai a cantar de galo......
Um abraço Jotas.
P.S. - quando quizeres uma omelete não precizas chorar tanto, basta pedires.

Maestro disse...

Oh fernandinho

Se houvesse justiça popular hoje em dia, provavelmente o teu clube ja não existia e o pinto da costa ja tinha sido morto.

Deixa la essas historias para quem tem moral pá, quem recebe arbitros em casa não pode vir com moralismos.

fernando disse...

oh maestro, ainda me ás de dizer qual é a orquesta que tu diriges.
Da mesma forma que o teu clube quer ter ovos sem galinhas tu deves querer musica sem instrumentos.
Justiça popular?????????
tu não vês que somos do norte carago!!!!!
Nem te queiras meter nisso.
Pensa só no apoio que o teu presidente está a dar àos NNboys.
Já les-te o relatorio da policia???
Abraços.

Bruno Pinto disse...

Quando o FC Porto foi ganhar a Matosinhos, aí sim, de forma categórica, Beto foi denegrido na sua integridade profissional. Curisoso que agora não se ouviu grande coisa acerca das ofertas de Eduardo, que entregaram a vitória ao Benfica de mão beijada... É bastante curioso mesmo... Será que Eduardo está a caminho da Luz? E que dizer de o Benfica ter andado a aliciar Jorge Jesus precisamente na semana do Braga-Benfica? devem ser tudo coincidências...

O FC Porto é Tetracampeão, não se esqueçam. E ainda há a Taça para conquistar. Para o ano tentem dar alguma luta.

 

SEMPRE BENFICA

Loading...
Adaptado por Blogger Benfiquista